Resenha #444 - O que Restou - Alexandra Oliva


Título: O que Restou
Autor(a): Alexandra Oliva
Editora: Rocco
Páginas: 320
Nota: 2/5
Estou com tanta fome que mal controlo minha pernas. Não paro de me surpreender tropeçando em pedras e raízes. Eu as vejo e tento passar por cima delas, acho que estou passando por cima delas, mas meu pé prende e eu tropeço.

Olá pessoas, tudo bem?

Hoje venho com a resenha deste livro, que eu tinha grandes expectativas, mas no fim, foi um fiasco de leitura. Quase um mês lendo, entre paradas e vontade de desistir. Só que a curiosidade foi mais forte dentro de mim e segui até o fim.

É a minha primeira experiência com a escrita de Alexandra, na verdade a escrita dela, não é ruim. Mas acredito, que ela se perdeu durante a história, e sei lá o que passou em sua mente, ela acreditou que no fim convenceria. 

Um produtor de TV, resolve criar um Reality Show de sobrevivência numa floresta. Doze competidores são escolhidos e seus limites serão testados. Zoo e o 11 competidores são isolados na floresta, tendo provas de limites e conforme as coisas vão avançando, eles não vão percebendo o que vai acontecendo ao seu redor. 

Quando Zoe se vê sozinha, lutando a cada dia para vencer mais um desafio e chegar a final, ela vai repensando em tudo que a levou até ali. O que a fez decidir participar deste programa. Quais os seus limites seriam testados. O que ela deixou para trás para estar lá. 

O livro tem uma mistura de suspense com toques pós- apocalípticos. O país foi atingido  e destruído por uma catástrofe muito grande e como estão isolados ali naquela floresta hostil, eles estão alheios ao que vai acontecendo. Até que ponto eles conseguirão compreender sobre as coisas que estão acontecendo é real ou efeito de um programa de TV manipulado ao público? Porque os produtores, conseguiam fazer exatamente isso. Quem eles queriam que os participantes fossem, para que o publico pudesse se deliciar com os acontecimentos. Isso foi mostrado com maestria. Todos os efeitos que há por trás das câmeras, o que os produtores querem que o público acredite e tomem as suas decisões ou deem as suas opiniões.

A ambientação do livro, foi bem desenvolvida, consegui em algumas partes até sentir o cheiro de terra. A forma como a autora mostrou os lados positivos e negativos de visualizar a floresta, foi bem crível.

Zoo foi uma personagem que peguei antipatia assim que comecei a me entendiar com a sua narrativa. Pois o livro é narrado em terceira pessoa, mostrando o todo referente a participação dos concorrentes e em primeira pessoa, mostrando a visão de Zoo sobre tudo que ela sentia referente ao reality e sobre estar sozinha em uma floresta, que tudo parecia destruído e ela tinha certeza que tudo fazia parte do show. Mas não sabia discernir até que ponto era real ou fictício.
Agora eu sei o que é passar fome, e fico brava que tenham deixado tanta coisa se estragar só para dar um clima de catástrofe. (Zoo)
E foi exatamente nestas partes que eu me senti desanimada em continuar. Muitas vezes parava de ler o livro por dois dias, e voltava. Ai pensava se deveria continuar, porque estava muito parado. Sem muita ação e aquela expectativa que eu tinha da história estava se esvaindo aos poucos. Eu queria muito saber como tudo iria terminar e foi isso que me fez continuar a leitura aos trancos e barrancos. Para que no fim, eu terminasse frustrada e me arrependendo de não ter parado quando senti vontade pela primeira vez. 

Quero deixar claro que esta foi a minha experiência pessoal sobre a história. Na parte em que se falava do Rality eu gostava muito. O que quebrou a magia da leitura foram as partes em que Zoo narrava, talvez  a  autora achou que poderia prender o leitor nesta parte, pela forma mais detalhada com que ela via as coisas. Mas chegou num ponto em que estava claro que alguma coisa tinha acontecido ao seu redor e ela continuava cética e talvez de forma ingênua em acreditar, que ainda fazia parte do programa. 

Mas eu aconselho que se você teve curiosidade em conhecer a história. Que leia e tire suas próprias conclusões, porque pode não ter dado certo pra mim, mas pode fazer total sentido pra ti. Certo?


A diagramação do livro é bem simples. A capa é completamente condizente com o enredo. As folhas são amareladas e pouco grossas, mas o livro é completamente leve. A fonte de tamanho médio e confortável à leitura e não me recordo de ter encontrado algum erro de revisão. 

Se resolverem ler, boa sorte! E para quem já leu, me conte nos comentários à sua experiência.

Um xero!!!
Não quero ser muito mole. Não quero ser muito dura. Não sei o que quero ser. Eu passei no teste da trilha noturna. Passei no testo do rochedo. Passei no teste da cabana azul com o boneco. Passei no teste do coiote. Não vai ser esse o momento que vai me vencer. Não vou pedir para sair, não vou.

3 comentários

  1. Oi Di, tudo bem? Puxa que pena que foi um fiasco! Eu jamais faria parte de um reality show na floresta hehehe mas eu gostei da trama, pena que foi parada demais...

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  2. Oi, Diana
    Nada pior do que chegar toda feliz tentando ler o livro e descobrir que ele não vale isso tudo. Eu gostei tanto do enredo vendo você explicar, a autora tinha um grande enredo nas mãos mas não conseguiu desenvolver, infelizmente.
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir
  3. Oiii Di

    Quando li a sinopse desse livro achei meio Jogos Vorazes e fiquei mega curiosa, só que aí fui ler as resenhas no Goodreads e muitas eram super negativas. Acabei riscando ele da lista. Depois de ler a tua resenha vejo que fiz bem, acredito que seria uma leitura que acabaria abandonando... Uma pena que não funcionou, a premissa era bem legal.

    Beijos

    www.derepentenoultimolivro.com

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!