Resenha # 443 - Paraísos Selvagens - Camila Dornas

Livro cedido pela autora

Título: Paraísos Selvagens
Autor(a): Camila Dornas
Editora: Amazon
Páginas: 334
Nota: 5/5

Eu não conseguia mais me mover, estava flutuando em uma espécie de limbo onde meu corpo não me pertencia. Uma névoa negra ameaçou me consumir, e por mais que eu lutasse contra ela, era mais forte que eu.
Olá pessoas, tudo bem?

Hoje eu venho com uma resenha nacional que eu amei demais ler. Foi uma surpresa pra mim o quanto eu gostei desta leitura, e ainda me lembro dela com muito carinho.

Este é mais um lançamento da Camila Dornas, que gosta de romances de época e que retratam sempre o poder feminino. Ela foi uma de minhas primeiras parceiras de livros nacionais assim que o blog entrou no ar. Não é atoa que amei A Linhagem e a Sandra gostou de Subconsciente. Todos seus livros tem capas lindas que amo babar.

Olívia uma garota de 20 anos que faz faculdade de medicina, filha de um jornalista rebelde e polêmico em plena ditadura militar, é uma jovem revolucionária e que mete as caras pra enfrentar seus problemas de frente e sem medir muito as consequências. Ela olha para o próximo e luta pela liberdade das mulheres, para que elas consigam direitos como merecem ter. 

Mas Olívia tem seus fantasmas, algo muito forte que aconteceu no passado causando a perda de alguém que ela amava muito, lhe traz culpa e sentimentos ruins, mas mesmo assim ela segue em frente. 

Só que não bastasse soldados andando pelos corredores das universidades e os livros proibidos, o ex namorado violento de Olívia volta a cidade para atormentá-la e fazer com que o passado que ela lutava para esquecer, viesse a tona com mais frequência. Ela tinha medo, mas a sua coragem era mais forte. Ela temia pelas pessoas que ela amava, mas não podia ceder aos caprichos de seu ex namorado mimado, manipulador e doente.


Ainda dentro de seu próprio caos particular, Olívia conhece um homem misterioso. Um homem que mexe com seus sentidos, que apenas com uma troca de olhar, faz sua mente girar e que faz com que ela se sinta segura e protegida. Quanto mais o conhece, mais tem certeza de que era pra ser, que juntos podem ser mais fortes. E mesmo diante das dificuldades, eles poderão se salvar, porque terão um ao outro e o sentimento que os unirá: o amor. Será possível? 

Camila vem com uma história que acontece nos anos 70 e isso por si só me chamou atenção. Ela não foca com muita profundidade a ditadura militar, mas coloca informações pertinentes que acontecem, pra que a nossa imaginação possa rolar solta. E foi o que aconteceu comigo. 

Olívia é filha de uma mãe rígida e um pai sonhador e mesmo não se dando bem com a sua mãe e a admiração que sente pelo seu pai, ainda assim ela é uma mulher revolucionária e que fala o que pensa. Seu quarto é um verdadeiro tesouro, carregado de relíquias. Pois ela gosta de boa música e dos livros proibidos. 

Eu gostei muito da amizade de Daniel e Olívia. Fiquei completamente apaixonada pela cumplicidade deles e pela força que ambos se dão sem ficar apontando dedos e cheios de julgamento. A amizade deles era bonita de se ver e eu me sentia como se fizesse parte de tudo aquilo que estavam vivendo e descobrindo.

A vida naquela época não era fácil, principalmente para as meninas. Os militares ditavam as regras, as coisas tinham que ser como eles queriam e o que fugisse disso, era permeado de castigo e até a morte.  Que época senhores e senhoras. Mas mesmo diante deste caos, podíamos viver histórias intensas tanto de amizades como de amor. A revolução era enorme, os atritos grandes, mas a esperança diante de todo o caos era tocante.

Camila desenvolveu o relacionamento de Olívia com o misterioso desde a primeira troca de olhar, as coisas aconteceram gradativamente e de uma forma, que suspirar foi inevitável. Eu gostei de todo o desenvolvimento do casal e da cumplicidade que eles tinham um com o outro e isso foi tão crível que a vontade de estar vivendo aquilo era muito forte também. 

Eu gostei muito da história, das reviravoltas, da coragem da personagem e de seus pensamentos. Eu admirei Olívia do inicio ao fim e pra mim ela é uma personagem girl power!


Não tem como falar da diagramação porque li em E-book. Encontrei raros erros de revisão, que não atrapalham em nada a leitura e que pode ser corrigido facilmente. Os espaçamentos estão bons e a leitura é de total fácil entendimento. Eu recomendo demais a leitura. 
Uma parte de mim queria ir embora e se curvar em uma bola e me afogar  na raiva e no luto. A outra  queria estar ali, com ele. Queria rir novamente. Queria estar em seus braços.

1 comentários

  1. Parece ótimo!

    Se quiser participar, estou sorteando alguns livros lá no blog: http://www.cobaiaamiga.com/2018/05/sorteio-de-livros.html

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!