Resenha #440 - Poker com o Diabo - Ítalo Guimarães

Cedido em parceria com o autor

Título: Poker com o Diabo
Autor(a): Italo Guimarães
Editora: Garcia
Páginas: 106
Nota: 5/5 



Bora jogar uma partida de Poker com o Diabo?
- Meu velho amigo ... - sussurrava ao baralho. (...) - Ainda está bom para jogar? (...) - Sim, ainda está.
O livro que trago hoje para vocês, foi escrito pelo autor Ítalo Guimarães.

Eu já havia lido outro livro do autor em parceria com a Aberst que foi o Crônicas Capitais (Resenha), e fiz a leitura desse livro paralela a parceira.

Ambientado em nada mais nada menos do que no Inferno, temos como o personagem principal desse livro um ser conhecido por diversos nomes, o meu favorito é o primeiro que lhe foi dado : Lúcifer.

Ele convida algumas pessoas que já estão no inferno, para uma partida de poker, se ele ganhar, a alma daquela pessoa será eternamente dele, caso a pessoa ganhe, ela será libertada do inferno. 

O motivo? Resumidamente o capeta sendo o capeta. Ele está simplesmente entediado e resolve brincar um pouquinho para se distrair, e nada melhor do que fazer uma tortura psicológica.

Pessoas diferentes, com pecados diferentes, mas com algo que as torna iguais. Nenhuma delas acredita que fez algo de ruim em vida, a ponto de não ter direito a ir para o céu.

Mas o que mais intriga nessa estória, é que junto com os participantes tem também uma criança. O que essa criança fez para merecer o Inferno? Somente lendo o livro para vocês entenderem.

O Diabo vai chamando uma por vez, e as cartas do poker vão revelando as atitudes de cada individuo, fazendo com que a própria pessoa reflita sobre aonde merece ficar.
Temos um suicida, um agiota, uma parteira, um pastor, um policial e uma golpista.
Neste livro você vai perceber que o diabo não é o grande vilão da estória, ele só conduz com a ajuda das cartas, para que cada individuo determine se merece o Céu ou o Inferno, analisando seus atos em vida, e o que fez para merecer estar ali. Ele somente ajuda a guiar para o caminho que o próprio individuo traçou.

Mas vocês acham que é assim tão fácil? Não, não é! O orgulho impera soberano nas pessoas, pois é difícil para elas se aceitarem como são, meras pecadoras, porque acreditam que tudo que fizeram, foram por motivos necessários para sua sobrevivência, sem pensar nas outras vidas estavam em jogo. 
Isso não é verdade - apontou para o Diabo. O senhor está brincando conosco ... - sua respiração era curta e ofegante. - MENTIROSO! DISSIMULADO!
Será que algum deles conseguiu vencer o Diabo? 

Esse livro tem um estória bem curtinha, então não quero me aprofundar muito nos acontecimentos para não dar spoilers para vocês, mas posso garantir que ele é repleto de reflexões a serem feitas no nosso cotidiano, e acredito que a primeira é : Você jamais pode se achar bom o suficiente para achar que está livre das garras do inferno, pois todos nós somos pecadores em atos ou pensamentos, e somente na hora de nosso juízo final poderemos avaliar o nosso destino. E o Ítalo conseguiu transferir isso de uma forma fluida e de fácil entendimento neste livro.

A diagramação desse livro está impecável, fora sua capa que é super chamativa, temos cartas do baralho ilustradas no decorrer da leitura, que são as cartas tiradas pelo demo, no inicio do livro o autor dá uma breve aula sobre as jogadas mais importantes do poker, que nos ajudam a entender um pouco sobre o jogo, as páginas são amareladas, as letras são grandes e não me deparei com nenhum erro de revisão.



E você? Será que conseguiria vencer essa partida?
- Bem, vamos prosseguir com o jogo, falta apenas uma carta e seu destino será traçado. Liberdade ou pesadelo?
Até a próxima resenha.

2 comentários

  1. Que interessante, Veronica!
    Não conhecia o livro, confesso, não sei se teria coragem não de jogar assim hehe
    "Pessoas diferentes, com pecados diferentes, mas com algo que as torna iguais. Nenhuma delas acredita que fez algo de ruim em vida, a ponto de não ter direito a ir para o céu."
    Será que somos todos assim no final?
    Beijocas da Pâm
    Blog Interrupted Dreamer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee Pam

      Amei teu comentário, iguais as pessoas desta estória acredito que não somos, mas isso não impede que tenhamos outros defeitos que possam contrariar as nossas chances.

      Bjos

      Excluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!