Resenha #431 - Dear Heart, Eu Odeio Você! - J. Sterling

Livro cedido em parceria com a editora

Titulo: Dear Heart, Eu Odeio Você!
Autor(a): J. Sterling
Editora: Faro Editorial
Páginas: 288
Nota: 5/5 - Favorito!
Não estava pronta para ele. Não tinha nem mesmo me planejado para ele.
Olá pessoas, tudo bem?

Este é o primeiro contato que tenho com a escrita de J. Sterling e fiquei completamente apaixonada. Sério. Eu me peguei completamente viciada pela escrita da autora e completamente louca de amor por esta história.

J. Sterling também é autora da trilogia Jogo Perfeito a qual eu ganhei em um evento mediado pela Faro Editorial e  agora, me sinto com mais vontade de ler os livros.

Jules, é uma mulher independente e completamente focada em seu trabalho. Sua principal meta era construir uma carreira sólida e de excelente reputação. Por isso ela trabalhava sem parar. Ela não gostava de perder tempo e o amor, sempre entrava em segundo plano em sua vida. 

Cal Donovan, era bem parecido. O foco na carreira e em seu crescimento profissional, era tudo que ele mais queria. Ele tinha uma meta de sociedade com os donos da empresa de finanças que trabalha atualmente e trabalhava sem parar para chegar aonde queria. O amor, era algo muito distante de sua vida. Não entrava em seus pensamentos e muito menos passava por sua cabeça ter este tipo de sentimento. Pois nada poderia atrapalhar a ascensão profissional que ele havia traçado.

Só que não somos totalmente donos de nossos destinos. Algumas coisas fogem do nosso controle, porque não há como fugir disso. O destino quando bate na porta, você não tem tempo de pensar no que fazer, porque ele já se infiltrou. Ou seja, na vida dos dois, um encontro ao acaso, poderia mudar tudo. 

De repente, o amor chegou, se instalou e eles se viram perdidos, sem saber exatamente o que fazer. Pois apenas sentiam, mas não sabiam que definição dar a este relacionamento. Como eles mesmos diziam, nem sabiam se isso era um relacionamento, pois estavam a milhares de quilômetros longe um do outro. Como viver tudo isso? Como eles poderiam viver um amor e abandonar tudo que haviam construído em suas vidas? Como poderiam seguir com algo tão forte, se cada um estava com sua vida estabelecida em suas cidades. Ele em Boston e ela em Malibu, como ficariam?

Pessoas, eu fiquei completamente apaixonada por esta história e digo mais, é uma história que realmente aconteceu. Quer coisa melhor do que você ler algo que realmente aconteceu? Minhas mente ficou pirada e as minhas emoções a flor da pele. 

Eu tive um misto de sentimentos de como as coisas foram acontecendo. O primeiro encontro, nada programado. Completamente inusitado. O olhar de Jules para os lábios dos sonhos de Cal. Em contrapartida, ele impressionado com a forma descontraída e alegre de Jules. E o que mais tinham em comum, os dois eram loucos por seus trabalhos e por suas carreiras. Eles não pensavam mais em nada do que crescer profissionalmente e das batalhas diárias para atingir seus objetivos. Talvez tenha sido isso, que os atraíram. O primeiro encanto.
Fazia muito tempo que não conhecia um cara cujos pensamentos fossem tão parecidos com os meus. Chegavam quase ser mais excitantes do que todo o resto. Queria fazer amor com a sua mente. Será que isso era possível? Eu me ofereço como voluntária. (Jules)
Cal me encantou desde o inicio. Ele me impressionou pelo o homem que é. No decorrer da leitura, eu estava toda apaixonadinha por ele. Fiquei imaginando como seriam estes lábios dos sonhos que tanto a Jules falou. Ele é um cara de atitude e quando ele fez a merda, desculpe a expressão da palavra, com a Jules, fiquei muito decepcionada e até saiu algumas lágrimas dos meus olhos, porque eu não estava acreditando naquilo. Mas como ele mesmo disse, somos seres humanos e somos falhos, acho que podemos dar uma segunda chance quando reconhecemos os nossos erros e os assumimos. Neste ponto ele conseguiu me reconquistar. 
Fiquei orgulhoso de apresentar Jules. Foi um sentimento estranho, ter alguém que eu queria que as pessoas soubessem que estava comigo, e não simplesmente porque era bonita. Jules era muito mais do que isso. (Cal)
Jules, é muito focada no trabalho, mas no fundo é uma sonhadora romântica. Ela ainda não sabia disso, pois ainda não havia tidos sentimentos tão fortes por uma pessoa. A partir do momento em que abriu seu coração, ela estava entregue aquela paixão que crescia a cada dia. A cada troca de mensagem, a cada telefonema. Ela já estava acostumada em viver aquilo, ainda que fosse inacreditável. Ela jamais imaginou que aquele encontro ao acaso, se transformaria em tudo aquilo que estava vivendo. Parecia um sonho e ela não queria acordar nunca.
Meu coração agora estava claramente destinado a querer. Estava destinado a sentir. Estava destinado a fazer mais do que apenas me manter viva. Ah, eu realmente tinha me esquecido de como era essa sensação. (Jules)
Acho que eu amei muito tudo que li, porque consegui me identificar completamente com Jules. Somos muito parecidas, em questão de sentimentos. Acho que ela é de libra haha. Somos muito românticas e a nossa imaginação rola solto. Eu nunca tinha me identificado tanto assim  com uma personagem, como foi com a Jules, fiquei impressionada. Algumas de nossas ações em momentos de conflitos internos eram tão iguais. Nossos pensamentos se conectavam  perfeitamente, acho que por isso terminei favoritando o livro. Até parece que a Sterling me conhecia e já tinha traçado a nossa personalidade.

A história não é apenas de duas pessoas que se encontram ao acaso. É a história de duas pessoas se conectam. Cal e Jules, me conquistaram como pessoas, como casal. Eles souberam viver os sentimentos com toda a sua carga. Eles demonstraram suas fraquezas e inseguranças. Eles souberam nos ensinar o valor do perdão e que quando o amor é verdadeiro, a distância é um mero detalhe. Eles foram reais. Porque a história foi real. Então construí-la da forma que foi, me deixou completamente envolvida e anestesiada.


A diagramação do livro é linda. Representa o amor em sua bela forma. Na capa tem corações desenhados. Em cada inicio de capítulos, tem uns desenhos que ficam em forma de corações. É muito coração para uma pessoa só gente. Eu amo coração, então imaginem meu amor incondicional por este livro. Ele ficará na minha mente e no meu coração para sempre. É o tipo de história que te conquista, desde as primeiras frases. As folhas são amareladas, com a fonte em um tamanho médio, bem confortável para a leitura. A Faro sempre arrasa. Meu vocabulário de elogios vai acabar, porque nossa!!! Não tem como não falar do excelente trabalho que eles fazem. Estão de parabéns. 

Então eu recomendo demais a leitura para amantes de romance, de fatos reais, de muitos corações, de amor e principalmente de vida. Este livro, foi o décimo que li este ano e foi o primeiro favorito!!!

Um xero no coração de todos!
Nem sempre nós podíamos escolher a quem amar. Ás vezes, era um impulso irresistível que nos guiava, uma força gravitacional, algo que não podíamos ver nem controlar, mas que nos arrasta com força na direção de outra pessoa. Claro que nós podíamos tentar resistir. Mas no final o amor sempre vencia, porque não se tratava de uma luta justa. O amor tinha uma arma secreta, um instrumento de poder incomparável para usar contra nós - o nosso próprio coração. (Jules)

6 comentários

  1. Oi Diana
    esse é um dos que quero muitooooooo!
    Ainda n consegui, mas qro lê-lo o mais breve possível hehehehe
    Sua resenha só me deixou mais 'desesperada' p conhecer a história!

    Bjooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Que resenha mais linda, fiquei com muita vontade de ler esse livro. Dica anotada :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Di!
    Se é favorito, entrou para minha lista de desejados automaticamente, rs.
    E super te entendo quando você diz que o vocabulário de elogios acaba, é o tipo de livro que vale a pena se jogar!!!
    E olha que eu amoooooo um romance, não posso não ler! HAHAHAH
    beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Diana!

    Já tinha ouvido falar em Jogo Perfeito, mas em Dear heart ainda não. Posso dizer pela sua resenha super empolgada e apaixonada pela obra que eu já fiquei mega curiosa pra acompanhar o romance do casal! A história parece ter vários elementos que eu adoro, então por isso mesmo já até adicionei nos desejados no Skoob hahahaha ótima resenha!!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Aaaaaaa não conhecia o livro mas amei super a premissa! Gosto demais de romances assim e já estou com saudades de me apaixonar lendo hahah

    Beijos
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  6. OI, DIh!
    Como amo enredos assim, são livros espirituosos, divertidos e encantam o leitor. Já li o primeiro livro da trilogia O Jogo Perfeito e apesar da escrita dela ser ótima, o enredo e os personagens não é lá essas coisas.
    Ainda assim quero muito ler essa obra, e espero gostar!
    Beijos
    http://www.suddenlythings.com

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!