Resenha #441 - Big Rock - Lauren Blakely

Livro cedido em parceria com a editora.

Título: Big Rock
Autor(a): Lauren Blakely
Editora: Faro Editorial
Páginas: 224
Nota: 4/5
+18
Meu instrumento é simplesmente sensacional.
Você não precisa acreditar no que eu digo. Apenas considere todas as qualidades que ele exibe.
Vou começar com a mais óbvia: o tamanho.
Olá pessoas, tudo bem?

Hoje eu venho com mais uma resenha em parceria com a Faro Editorial e minha primeira experiência com a escrita de Lauren. 

Para quem ainda não sabe, este ano, a Faro terá um estande próprio na bienal e vai trazer a Lauren Blakely para Sampa e também ao Rio de janeiro. Para quem curte romance hot, é uma boa pedida e uma ótima oportunidade de ter mais um autógrafo ou o primeiro em seus livros.

Spencer Holiday. Lindo, bem sucedido, bem dotado e principalmente: sabe do que as mulheres gostam. Ele não é só um playboy conquistador. Na verdade ele é sempre bem sincero com as mulheres e gosta de aproveitar os prazeres que a vida lhe oferece. Então ele não é de perder tempo. 

De uma boa família, Spencer nunca foi de ficar dependendo dos pais. Ele conseguiu desenvolver um aplicativo de relacionamento e o vendeu, garantindo um bom dinheiro para começar o seu negócio. Dono de um dos bares mais badalados da cidade. Ele tem sociedade com a sua melhor amiga Charlotte e os dois se dão muito bem.

Ele preza pela verdade, faz o que elas gostam, sem mentiras, sem amarras e sem criar falsas expectativas. Ele sempre olhava a forma como ele vivia suas relações como uma troca. Assim ninguém sairia magoado e cada um seguiria com suas vidas. 

Só que o pai de Spencer, o homem que ele admira mais que tudo e o qual lhe ensinou valores fortes que o tornou o que ele é hoje, está envolvido em uma venda milionária dos negócios da família. E para que isso possa vir à acontecer de maneira mais tranquila, ele terá que deixar de viver sua vida de playboy e mulherengo por uns dias e parecer um empresário de sucesso que ele já é, mas recatado e completamente voltado para a família. 

Em um almoço, tentando agradar o futuro comprador da rede de joalherias da família, Spencer fala demais e acaba se envolvendo em um confusão e para não ter que prejudicar o seu pai diante do conservador Sr. Offerman, segue em frente  e coloca a sua melhor amiga e sócia para fingir ser a sua noiva, até que este contrato seja assinado. 

Mas o problema, é que Spencer, nunca olhou para Charlotte desta forma, talvez por isso se dessem tão bem como amigos e a sociedade desse certo. Mas agora, tendo que viver esta mentira - uma que ele não queria, mas por falar demais, se viu obrigado.- Nunca tinha parado para reparar nos detalhes em Charlotte até aquele momento.
[...] Charlotte e eu jamais teríamos um relacionamento amoroso. Eu preciso muito da amizade dela e, a julgar pelo número de vezes que ela riu comigo ou chorou no meu ombro, ela também precisa de mim como amigo.
Eu curti a história. Confesso que não esperava gostar tanto. Inicialmente Spencer pareceu um homem completamente fútil, porque só falava de ser super dotado e que tamanho era documento sim, mas no decorrer da história, ele se mostrou um homem divertido e que queria aproveitar a vida da melhor maneira possível e eu não vejo nada de errado nisso. Eu queria que ele me mostrasse mais e de um jeito que só é dele, ele mostrou. Mas, foi muito engraçado todo este processo. 

O relacionamento dele com a família é muito bonita e isso é um lado que eu gostei da história. Eles se dão bem e se respeitam. Seus pais são pessoas admiráveis que o ensinou valores pra vida. E ele é um bom filho, mesmo metendo os pés pelas mãos. 

Eu amei o relacionamento que ele tem com Charlotte. Ele pode ser ele mesmo e vice-versa. Eles se dão muito bem, entendem um ao outro e essa história de fingir ser a noiva, rendeu boas risadas e envolvimento. 

Lauren, fez uma história simples e sem muitos aprofundamentos. Uma história que tem cenas quentes e que te envolve. Uma história que você consegue ler em algumas horas e depois de uma ressaca literária. 


A diagramação do livro é bem simples, mas confesso que esta capa dá calor. As folhas são um pouco grossas e amareladas, o que dá a impressão de ter mais páginas, mas o livro não pesa. A fonte é de tamanho médio e a leitura é de total fácil entendimento. Encontrei raríssimos erros de revisão, o que não atrapalha a leitura e que poder ser corrigido lindamente em uma próxima edição. 

O ponto forte do livro pra mim, foi a narrativa em primeira pessoa  sob o ponto de vista de Spencer. Eu gosto de narrativas masculinas, elas são divertidas e os homens são crianças grandes, podem acreditar rs.

Eu curti cada momento. Ri e até me emocionei com as partes finais. Eu recomendo muito para quem curte um belo romance, com personagens que parecem tão reais quanto nós.
Afinal, preciso me preparar para encarnar um personagem esta noite.
Porque isso tudo não passa de encenação.
É só encenação e nada mais.
Um xero!

4 comentários

  1. Ainda não li esse livro e pela sua resenha fiquei curiosa :D

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oie
    Este tipo de enredo não chama mais a minha atenção, mas ainda sim parece ser uma boa história.

    Beijinhos
    https://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Dih
    Eu curti muito a trama mas ainda não li porque Mister O, outro livro da autora, não me agradou e eu acabei abandonando, então fiquei com aquele pé atrás.
    É uma pena que a autora vá estar em São Paulo nos dias que eu não poderei ir, mas boa sorte pra quem for ver ela.
    Beijos!
    http://www.suddenlythings.com/

    ResponderExcluir
  4. Oi Diana
    Eu li mas n curti muito!
    N consegui gostar/me conectar com os personagens principais!
    Mas qro mt ler 'Mister O'

    Bjooooos
    muitospedacinhosdemim.blogspot.com

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!