Suas Escrituras - Navegando ao Teu Encontro (Parte Final) - Roby Marx

Olá meus amores, tudo bem com vocês?

Para quem acompanhou semana passada, na coluna Suas Escrituras, fizemos a divulgação da primeira parte deste texto, caso não tenha lido é só clicar AQUI e você será redirecionado.

Esta é parte final do texto, lembrando que ele narra uma real história de amor da Ana e do Roby. Neste texto tinha um gancho ótimo para fazer uma terceira parte, e o meu lado que curte umas torturas pensou seriamente em fazer, mas como ficaria muito curtinho, decidi não prolongar o texto.

E que o amor sempre vença...

Foto retirada do Google

  NAVEGANDO AO TEU ENCONTRO
Por Roby Marx

No final de 2008 fiz uma viagem para Palmas, em Tocantins, não saia da lan-house, usava celular, telefone público, só faltei fazer sinal de fumaça, tudo pra continuar falando com ela!
Então percebi...
Estava apaixonado!!!
Eu que havia prometido ser mais cauteloso nesses assuntos, totalmente envolvido! Fiz três canções, uma poesia e um site!
Muita informação?
Então, pela ordem: quando me descobri totalmente apaixonado, não demorou muito e eu tive que me revelar – caso contrário iria explodir!
Estava em Palmas, à mais de 1.500 km de distância e escrevi: “Eu estou totalmente apaixonado por você!"
Admito que nessa ocasião o corajoso fui eu!
O msn fez silêncio nessa hora... enquanto ela não respondia minha declaração.
Acho que o mundo todo fez silêncio naquela hora...
A resposta veio, cautelosa, mas não desconcertante, definitivamente uma porta entreaberta. E eu tive esperança! Uma verdadeira esperança...
O que ela respondeu?
Deixa de curiosidade e seguimos com a história...
Quando voltei para São Paulo – isso mesmo, ainda não desembarquei em minas – me sentia leve, pois não tinha mais o peso da “paixão solitária".
Fiz então a poesia e publiquei num site que montei pra homenageá-la!
Trecho final da poesia...


“Três letras...peço apenas três!
E farei inundar o universo de uma só vez
Com toda essa magia que de você emana...
Não a de Athena, nem a de Helena, ou a de Afrodite
A mais pura e bela magia vem de você!  Acredite!
Vem da beleza que há em seu lindo nome...”

A essa altura já devem saber o nome dela, caso contrário, eu digo no final, não é?
Bem, todo o empenho estava valendo a pena e descobri que a paixão tinha se tornado recíproca!
De repente fazíamos planos e mais planos.
Estávamos, ambos, naquela fase da conversa de “noite inteira".
Me sentia uma criança de novo, com todo o mundo pra conquistar!
E o momento de nos encontrarmos pessoalmente estava muito próximo!
Já estávamos em 2009, mais precisamente iniciando o mês de julho.
Havíamos combinado que ela viria para São Paulo. Eu já disse que ela é corajosa?
Pois é!
Mas uma semana antes dela chegar eu acabei aprontando mais uma das minhas...
Como disse, era músico, trabalhava cantando e tocando à noite e o visual é uma parte importante...
Então decidí fazer luzes no cabelo...
Ela já me conhecia por fotos e vídeo, eu estava com o cabelo curto e castanho.
Só queria dar uma impressionada, mudando o visual um pouquinho...
Fui ao salão. Uma distinta senhora, cabeleireira, ao saber da minha história e tal, não sei como, me convenceu a pintar o cabelo...
Eu nunca tinha feito isso, era virgem!
Ela prosseguiu, dizendo que iria “descolorir” meu cabelo pra poder pintar, e eu acabei ficando entusiasmado com a opção, falei: “manda bala".
E ela mandou...
A lágrima não desceu porque sou um homem decidido! Como ardeu aquela parada!
E tudo estava prestes a ficar ainda melhor...
Ela disse: “Eu deveria pintar seu cabelo outro dia, mas acho que você dá conta!"
Afinal, eu não havia chorado, não é mesmo?
E ela passou a maldita tinta...
Juro por Deus, por Buda e cia limitada que achei que tinha ficado careca naquela hora...
Como ardia aquilo! Labaredas do fogo do inferno açoitando minha cabeça! Mas a lágrima não caiu no chão, se me lembro bem, só escorreu pela minha face. Uma ou duas talvez!
Então ela lavou minha cabeça e a “obra” estava pronta:
Tinha ficado mais louro que a Xuxa em dia de seleção de paquita!
Como “Minha Deusa" reagiria àquele novo visual radical?
Ah! Ainda fui orientado a adquirir um caro xampu que tiraria o excesso da cor...
Balela!
Se o Belo me visse nas ruas viria cobrar direitos autorais pelo cabelo!
Bem, mas o dia chegou...

21/07/2009

Após cerca de 2 anos, várias cartas, incontáveis telefonemas, 3 canções, 1 poesia, 1 site e 1 lindo buquê de rosas, estava eu ali, totalmente loiro, vestido de preto dos pés à cabeça, esperando por ela na rodoviária tietê, em São Paulo...
Ela desceu do ônibus...
Me olhou, totalmente surpresa! Literalmente dos pés à cabeça... loiro!
Ela ria...
Eu ria...
Nos abraçamos bem forte, e entreguei-lhe um presente!
Subindo a escada rolante a puxei para os meus braços e dei meu primeiro beijo naquela boca...
Ela passou uma semana na minha casa...
Passeamos, nos conhecemos, nos entregamos.
No terceiro dia à pedi formalmente em namoro, ajoelhado, como tem que ser!
Ela sorriu e disse sim!
Namoramos...

E lembrar que tudo começou no Orkut...

Meu nome é Robiudison de Siqueira Marques e “Minha Deusa" chama-se Ana Paula Silva... Marques!


Pois é! Nos casamos em 2010 e estamos há 08 anos juntos, inseparáveis, amigos e amantes, mas esta... é uma outra história... 

Se você tem um texto, poesia, frases inspiradoras de sua autoria e queira dividir com o blog e os demais leitores, podem me enviar um e-mail, que irei postar com os devidos créditos. E-mail: diana.canaverde30@gmail.com. Assunto: Suas Escrituras.

2 comentários

  1. Oi, Verônica!
    Nada como finais felizes para deixar um quentinho no coração. Adorei acompanhar a história do casal.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!