Resenha #350 - Caixa de Pássaros - Josh Malerman


Título:  Caixa de Pássaros
Autor(a): Josh Malerman
Editora: Intrínseca
Páginas: 272
Nota: 3/5


Olá! Tudo bem com vocês?

Eu estava de olho há bastante tempo neste livro que trago hoje para vocês, a premissa me deixou extremamente curiosa. Entretanto também ouvi comentários negativos sobre o mesmo, principalmente por ser um livro considerado, por muitos como "aberto", mas isso não me deixou ressabiada, pois em thriller psicológicos isto é comum, e um livro com uma história aberta bem feito, nos deixa livre para compor teorias, abrir nossa imaginação, e conclusões próprias e eu gosto de leituras assim.

Na verdade meu maior medo, foi a indicação que consta na capa do livro, feito por nada mais nada menos do que - Hugh Howey, autor de o Silo (para quem acompanha minhas resenhas aqui, sabe que tive uma forte desilusão amorosa, com o livro e consequentemente com este autor), ou seja, pensei: "AI MEU DEUS SE ELE GOSTOU, SERÁ QUE EU VOU GOSTAR??" - Sim, eu sei que sou louca hahahahaha.
Num mundo onde não podemos abrir os olhos, uma venda não é tudo que temos para nos defender?
Caixa de Pássaros é um livro pós apocalíptico, que mescla mistério, suspense e terror, onde um mundo passa por algo, perturbador, misterioso, letal e ... desconhecido.

Desconhecido pelo simples fato, que quem o vê enlouquece a ponto de se suicidar, das maneiras mais aterrorizantes. Esta praga digamos assim, não se importa, se você é homem, mulher, idoso ou criança, quem a vê se torna um suicida.
As pessoas estão começando a dizer que está relacionado com o fato de as vitimas terem visto alguma coisa (...) isso é a única coisa em comum em todos os incidentes.
Com isso, para se protegerem as pessoas começam a se habituar a viver de olhos fechados, em sua maioria vendados - resumidamente eles devem se tornar cegos para o mundo e se adaptar a viver assim em sua rotina. As casas são vendadas com cobertores, papelões, tábuas - ou qualquer outra coisa que possa proteger os moradores do suposto "mau" que assombra o universo. Se você é claustrofóbico se prepare para sofrer.

Como é comum em outros livros ou seriados pós apocalípticos que já vi ou li, os aparelhos eletrônicos não funcionam mais, milhares de pessoas morrem todos os dias, os comércios são abandonados e para se alimentar as pessoas sobrevivem apenas de enlatados (abençoados sejam esses enlatados americanos para histórias pós apocalípticas) e ocorre uma regressão comportamental e tecnológica.

A história gira em torno de Malorie, em uma narrativa que intercala o passado e o presente.

No passado ela descobre que está grávida logo no inicio do que a mídia chama de "Problema", mora junto com sua irmã Shannon, e não dá muita bola para tudo o que estava acontecendo, pelo simples fato que ela duvida que isto pode se alastrar e se tonar algo incontrolável.  Até que encontra sua irmã morta a tesouradas que deu em si própria. Sozinha e com poucos recursos para sobreviver, resolve se aventurar e seguir as coordenadas de um anúncio que viu no jornal, no qual uma pessoa afirmava morar em um lugar seguro e abrigava pessoas, e assim acompanhamos o decorrer da convivência dela com os moradores da casa e sua dificuldades diárias.
O menino usa terno. Encostado em uma cabeceira escura, o rosto está virado de forma artificial para Tom. Tem os olhos abertos. A boca escancarada. As mãos estão unidas no colo.
Você morreu de fome aqui, pensa Tom. No quarto de seus pais.
No presente Malorie, mora na mesma casa sozinha, com dois filhos - uma menina e um menino já com quatro anos, eles foram treinados para viver vendados, e estão de partida para um local desconhecido em uma viagem dentro de um barco, aonde percorreram quilômetros exaustivos e perigosos pelo rio, todos vendados, se mantendo seguros dos perigos eminentes, somente pelos ouvidos bem treinados de seus filhos.
Quando eram bebês, ela os treinou para que acordassem de olhos fechados. Parada sobre as camas coberta por arame, com um mata moscas na mão, ela esperava. Quando acordavam e abriam os olhos, ela batia com força no braço deles. Eles choravam. Malorie estendia a mão e fechava os olhos dos bebês com os dedos. Se mantivessem os olhos fechados, ela levantava a camisa e os amamentava. Recompensa.
Eu gostei muito da temática do livro, ele é muito angustiante, e o seu maior ponto forte na minha opinião é exatamente sua parte aberta, eu tive muita empatia pela história e me imaginei o tempo todo vivendo nesse mundo terrível, aonde somos extremamente frágeis a perigos que não sabemos o que é, e nossa unica defesa é viver na escuridão. 

Em contra partida, como podem ver eu dei três estrelas. Na minha visão geral, devido a ter muitas pontas soltas e em alguns momentos por serem um tanto óbvio - por exemplo Malorie no passado está grávida de apenas uma criança e na casa mora outra grávida, no presente tem dois filhos, ou seja, o final também ficou um pouco a desejar. Eu não sei se o autor pretende dar continuidade na história, mais ele acaba de uma forma que eu pensei: "- Sério que essa é a última página?" Mas, mesmo assim eu ainda recomendo a leitura, pois a ideia do autor foi bastante interessante e a leitura é bastante fluida.



Em relação a diagramação a capa desse livro é bastante simples, as folhas são amareladas, as letras pra mim são de um tamanho normal, e no decorrer da leitura encontrei somente um erro de revisão.

Caixa de Pássaros terá uma adaptação cinematográfica, ainda sem previsão de estréia e contará com a direção do argentino Andres Muchietti, do terror Mama, e com certeza que irei assistir, pois quero ver como eles trarão esse mundo para as telinhas do cinema.
É complicado. E você vai ter que abrir os olhos.
Espero que gostem da resenha e até a próxima.

24 comentários

  1. Oi Verônica!! Eu tenho séries duvidas se vou gostar desse livro, tenho uma amiga que ama, mas as críticas que geralmente não são muito positivas. De todas as formas gostei de saber que terá uma adaptação, quem sabe acaba sendo melhor que o livro hehehehe

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Mi

      Eu gostei muito do universo criado pelo autor, mais ele deixa bastante a desejar em alguns aspectos. Quero muito a adaptação hahahaha

      Bjoss

      Excluir
  2. Eu tenho curiosidade de ler este livro simplesmente porque me interessei pela capa e gostei do nome, nunca nem tinha lido a sinopse e muito menos uma resenha sobre ele. É a primeira vez que leio algo sobre ele e você me deixou com vontade de ler o livro, apesar de como você falou, ter pontas soltas, coisas óbvias me desagradam.
    Quero dar uma chance porque imaginar este mundo onde você têm que acostumar a viver no escuro (literalmente) deve ser bem fantástico.
    Adorei a resenha e agora quero mesmo dar uma chance para o livro.
    Magia é Sonhar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee

      Fico feliz que tenha incentivado a sua leitura, espero que apesar dos pesares você também goste.

      Bjoss

      Excluir
  3. Oooi!

    Eu li o livro bem na época em que ele foi lançado. Lembro que me deixou bem curiosa e interessada na leitura. Também achei um ponnto negativo isso de ter essas pontas soltas. Caaara, o final me deixou de boca aberta. Achei meio palhaçada... Ah, e não vejo como teria graça a adaptação do livro. Não tem picos de tensão. Nem dá medo. Tirando o fato que não dá pra gente ver nada, né... E Mama foi bem tenso, então... Vamos ter que esperar pra conferir né kkk Beijos,

    www.estranhoscomoeu.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá

      Diferente de você já acredito que o filme seria bastante interessante, realmente não causa medo, mais para mim foi sim um livro tenso. Infelizmente pecou em vários detalhes e se a adaptação seguir perfeitamente o livro será da mesma forma.

      BJoss

      Excluir
  4. Olá!
    Não tinha lido até agora uma resenha tão completa e tão bem escrita a respeito desse livro, e já estava com vontade de lê-lo! Imagine, agora!
    Parabéns pelo texto, muito bem escrito. =)
    Bjss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Andrea

      Vc não idéia de como elogios como o seu me deixam feliz, com sentimento de objetivo alcançado e com a motivação recarregada para sempre dar o meu melhor ❤

      Bjoss

      Excluir
  5. Olá ! Já faz tempo que li esse livro. Ele me prendeu do começo ao fim, mas o final pra mim foi muito decepcionante. E na minha opinião o autor deixou aberto pra dar continuação haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Carine

      O final foi bem tosco mesmo. Espero que tenha continuação.

      Bjoss

      Excluir
  6. Oi Verônica!
    Já ouvi falar muuuito desse livro... algumas vezes bem, algumas vezes mal.
    Assim como você também tenho curiosidade e gostaria de ler a obra para poder tirar minhas próprias conclusões a respeito do mesmo...
    Gostei muito da sua resenha e de suas impressões!
    Bjusss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico feliz que tenha gostada da resenha

      Bjoss

      Excluir
  7. Oi Veronica, tudo bem?

    Sou bem receosa com esse livro, pois algumas pessoas falam muito mal, já outras muito bem, então não sei o que pensar a respeito da obra. Eu gosto da ideia do mundo pós-apocalíptico, gosto da distopia, gosto de viver em um mundo vendada, gosto da forma violenta que as pessoas se suicidam. O autor teve ótimas ideias, mas não sei se funcionaram. Por hora, passo. Mas pretendo ler em breve e tirar minhas próprias conclusões!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Alice

      A idéia foi boa e funcionou, porém ainda ficou faltando rs

      Bjoss

      Excluir
  8. Olá, tudo bem?
    Eu não sei por que, mas eu gostei bastante do final, kkkk eu virei fã do livro do começo ao fim, me senti dentro da história em cada coisa que acontecia, eu adorei que a descrição, os dialogos, tudo aconteceu na medida, assim como o desenvolvimento, odeio coisa que enrola pra acontecer sabe, e esse livro eu senti que foi acontecendo naturalmente, foi como se tivesse assistindo a historia, e espero que saia a adaptação logo, que to louca pra ver hahah
    beijooos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee

      O fim eu não gostei, mais o restante do que você falou concordo plenamente

      Bjoss

      Excluir
  9. Oi Verônica! tenho vontade de ler esse livro, mas também já li resenhas diferentes por ai. Esse suspense e mistério é que me atraem bastante! E é isso que vai fazer eu ler rsrsrs Gostei da sua resenha e dos pontos que você abordou, beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Su

      Mesmo com os defeitos eu recomendo a leitura e espero que você goste

      Bjoss

      Excluir
  10. Olá, tudo bem?

    Assim como você, já li tantas resenhas sobre esse livro, tanto negativas quanto positivas, e também como a sua que indicam, entretanto, com ressalvas. A premissa me deixa curiosa, eu também costumo gostar de finais abertos, mas para o leitor aceitar um final assim, o livro tem que trabalhar para isso. Confesso que ser de "terror" me afasta um pouco, todavia, dica anotada!

    Beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Ana

      Em relação ao terror, ele não causa medo e sim agonia. Espero que você decida ler e goste da leitura


      Bjoss

      Excluir
  11. Olá!

    Eu tenho esse livro aqui e estou louca pra ler, mas admito que me assustei com essas pontas soltas. Espero gostar mesmo assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ka

      As pontas soltas irritam, mais em geral o livro é muito bom

      Bjoss

      Excluir
  12. Olá Veronica,
    Ganhei esse livro de uma amiga que leu e amou. Ainda não tive a oportunidade de pegar ele para ler e devorar, mas tenho vontade. Não tenho dúvidas que esse livro é angustiante, pois deve dar um negócio no coração não saber o que está acontecendo, mas achei bastante ruim você ter dito dessas pontas soltas. Odeio isso e acho que livros desse gênero não podem conter isso.
    De toda forma, vou ler para saber o que vou achar.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Bruna

      As pontas soltas nos trazem questionamentos, e dá a sensação de coisa faltando, mais mesmo assim vale a pena a leitura.

      Bjoss

      Excluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!