Resenha #345 - Dexter: A mão esquerda de Deus - Jeff Lindsay



Título:  Dexter : A mão esquerda de Deus 
Autor(a): Jeff Lindsay
Editora: Planeta do Brasil
Páginas: 272
Nota: 4/5


Olá! Tudo bem com vocês?


Hoje trago uma resenha referente a um livro que deu origem a uma das minhas séries favoritas. Que é essa lindeza aqui.


Geralmente eu prefiro ler o livro antes de iniciar uma serie, porém eu comecei a assistir Dexter sem muitas expectativas, pois já havia tentado assistir ao seriado antes e não tinha passado da metade do primeiro episódio, mais estava de férias e entediada e resolvi dar uma segunda chace a ela ... acabei assistindo as oito temporadas em menos de um mês.


Como o livro é sempre incomparável a adaptações, resolvi procurá-lo e mesmo sendo um livro um pouco antigo, além de ser caro, na maioria dos sites que procurei ele estava sempre esgotado, para vocês terem uma ideia, eu solicitei em um site que me avisasse quando ele estivesse disponível, e quando fui comunicada, do tempo de acessar o site e colocar o livro no carrinho, ele já estava esgotado de novo – e eu não consegui comprá-lo mais uma vez.

Em uma outra oportunidade acabei conseguindo fazer a compra e assim que ele chegou, já fui arrancando da caixa e começando a leitura. Para quem já viu a série posso dizer que a base para a primeira temporada foi mantida, mais ocorreram situações neste livro, que eu vi somente se não me engano na ultima temporada. E vai ter chuva de foto do personagem da série nessa resenha, porque eu sou apaixonada por elas.
Tenho certeza de que a maioria das pessoas finge bastante no convívio diário com os outros. Eu apenas finjo completamente. Finjo muito bem e jamais sinto nada.
A história gira em torno de Dexter Morgan, um homem educado, gentil, aquele tipo de cara de todo mundo gosta, tem um relacionamento sólido. Um cargo importante e muito interessante no departamento de homicídios em Miami – é perito forense de respingo de sangue (gente esse cargo é muito legal hahaha) e no seu tempo vago ... ele mata.
Havia três semanas eu sabia que era ele o próximo, nós (ele e eu) pertencíamos ao Passageiros das Trevas, Passei essas três semanas lutando contra a pressão, a crescente Necessidade aumentando dentro de mim como uma grande onda que encrespa e arrebenta na praia e não recua, só cresce mais a cada segundo do relógio da noite luminosa.
Dexter foi adotado ainda muito novo pelo policial Harry, que viu que seu filho desde pequeno, tinha um declínio a psicopatia, e tentou contornar o vicio por morte que seu filho tinha da melhor maneira que pode, incentivando seu filho a somente matar assassinos.

E assim Dexter, mesmo depois da morte do pai, se sentia no controle da situação.  Ele investigava minuciosamente sua vitima, antes de captura-la afim de ter certeza que ela era uma assassina.
O código de Harry, estava cumprido, junto com o Passageiro das Trevas
Para quem não conhece a história, Dexter chama de Passageiro das Trevas esse desejo incontrolável por matar.


Até que surge em Miami, um novo serial killer – o assassino do gelo, e quando Dexter chega em sua rotina habitual para avaliar a cena do crime, descobriu que não tinha nada a ser feito ali, ele não era útil – pois o corpo não tinha sangue.

E pior este assassino sabe de coisas sobre Dexter que nem o próprio imagina, e ai começa uma caçada aonde não se sabe quem é a caça e o caçador.

O livro traz revelações impressionantes e é um leitura que te prende no inicio ao fim, é claro que em sua maior parte, eu não me surpreendi tanto, porque as situações mais importantes já haviam ocorrido no seriado, tanto que acabei dando quatro estrelas. Porém, como já falei aqui, há momentos diferentes no livro que ocorreram na série, e eu estou louca para dar continuidade a leitura. Eu vi muitas criticas sobre esse livro na net, mais sinceramente eu gostei muito da leitura.
“Eu vivi nas trevas por um longo tempo. Ao longo dos anos meus olhos se ajustaram até que a escuridão ... se transformou no meu mundo e eu pude ver”
Em relação a diagramação, a capa é linda, chamativa e sangrenta e eu adorava lê-lo dentro do ônibus e flagrar alguém me olhando com cara de assustada. As páginas são amareladas e a letra é extremamente confortável para leitura.

“Não sei o que me fez ser como eu sou, mais o que quer que tenha sido, deixou um vazio em seu lugar. Meu nome é Dexter. E eu sou um serial killer."
Espero que tenham gostado e até a próxima resenha, eu agradeço e o Dexter também.




19 comentários

  1. Oi Verônica!!!
    Assisti alguns episódios do seriado, e desde então fiquei super curiosa para ler o livro que deu origem. confesso que acabei por desistir devido aos preços rsrs, mas fiquei toda empolgada em ler após sua resenha.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Bia

      Sim, os livros são caros, mais algumas vezes entram em promo, só assim que eu compro kkkk

      Fico feliz que tenha gostado da resenha

      Bjoss

      Excluir
  2. Oi Verônica! Ainda não assisti essa série, nem li o livro, mas a história é bem original, chama bastante a minha atenção.

    aboutbooksandmore.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Cassia

      Para tudo que você está fazendo e corre para entrar no mundo Dexter hahaha

      Bjos

      Excluir
  3. Oi!! Eu comecei a assistir a primeira temporada sabe, mas morro de preguiça de série e por isso parei, porém, sempre que quero ver algo de serial killer, recorro a Dexter porque acho a história super original e muito bem feita. Já ouvi falar do livro mas não sabia que ele era tão difícil de encontrar, que bom que conseguiu comprar. Tenho o desejo de ler livros que falam sobre psicopatia, mas ainda não tive oportunidade.
    Beijo! Blog Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Miriã

      Atualmente os livros estão mais fáceis de serem encontrados, inclusive na Amazon tem todos.

      Agora COMO ASSIM VOCÊ TEM PREGUIÇA DE SÉRIES ???? hahahaha eu sou viciada desde que nasci.

      Eu gosto muito de livros policiais, principalmente se abordam serial killers, então sempre que posso estou devorando as paginas.

      Bjosss

      Excluir
  4. Oiii
    Eu vi um ou dois episódios da série e achei fantástica... mas como estava com muita coisa pra ver, nem continuei... eu já sabia q a serie foi baseada em um livro e amei conhece-lo por vc.
    Bjoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Thami

      Eu sou fã do seriado - talvez até mais do que dos livros porque gosto muito do Michael, mais como não li os demais ainda não tenho opinião formada.

      Fico feliz que tenha gostado da resenha

      Bjooss

      Excluir
  5. Olá!

    Eu tenho uma amiga fanática pelo Dexter, com certeza vocês se dariam super bem! hahaha apesar de curtir seriados com pegada mais policial, acho que um perito assassino não faz muito a minha praia hahaha mas gostei de conhecer o personagem, quem sabe um dia eu arrisque a leitura...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee Ka

      Preciso conhecê-la urgentemente hahahaha, eu gosto muito de Dexter não só por ele ser o famoso "o perigo mora ao lado" já que ele trabalha dentro do setor de homicídios, como também porque a séria explica muito o que se passa na mente de um psicopata. Espero que arrisque na leitura e goste.

      Bjos

      Excluir
  6. Oi, tudo bem?
    Nunca assisti a série, mas Dexter tem fãs tão apaixonados que morro de curiosidade para conhecer essa história. Pena que o livro esteja tão difícil de encontrar, porque fiquei com muita vontade de ler depois dessa resenha tão incrível.
    Bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Nina

      Na época que eu comprei estava difícil, mais atualmente eu o vejo com mais facilidade (pode ser pq não quero comprar no momento hahahaha) Fico feliz que tenha gostado da resenha.

      Bjoss

      Excluir
  7. Eu vou dizer que gostei mais da série do que o livro, achei mais dinamica e o ator simplesmente encarnou o papel rs. Adorei a resenha e concordo que a capa é otima!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee

      Menina é difícil ler é não pensar no ator viu hahahaha, fico feliz que tenha gostado da resenha

      Bjoss

      Excluir
  8. Olá! Eu segui o caminho oposto do seu ao ler Dexter. Primeiro li o livro.
    Eu achei a série boa, mas o livro foi bem melhor, na minha humilde opinião.
    Assim como você eu amei a leitura hehe
    Abs e parabéns pela resenha ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Francine

      Eu já percebi que há bastante opiniões divididas entre o livro e a série e isso me anima bastante. EU vi toda a série primeiro e o maior motivo para não ter comprado os demais livros ainda e que a história ainda está muito fresca na minha memória e não quero fazer comparações.

      Obrigada e bjoss

      Excluir
  9. Oi Verônica!!!
    Mulher como você indica um livro que é quase impossível de comprar? kkkkkkkkkkkk Me lasquei né? Amei a trama, já vi Dexter na TV, mas nunca me senti tentada a assistir porque nem cheguei a entender como a coisa funcionava, mas agora que você explicou... Jesus do céu, um novo vicio para minha vida!

    Beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. FICA CALMA QUE HOJE EM DIA TÁ MAIS FÁCIL PARA COMPRAR HAHAHAHAHA

      Faz um tempo já que ele está na minha estante, e na época foi difícil, mais tenho consultado e hoje em dia está mais tranquilo. Venha para o lado negro da força Dexter e se vicie comigo kkk

      Bjos

      Excluir
  10. Olá, tudo bem?
    Nossa eu amo o Dex ♡♡♡
    Quero muito esse livro, amei a resenha, foi bom relembrar desse personagem maravilhoso!
    Um beijo.

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!