Resenha #334 - Silo - Hugh Howey


Título: Silo
Autor(a): Hugh Howey
Editora: Intrínseca
Páginas: 512
Nota: 3/5

**Resenha por Verônica Nielsen**

Olá tudo bem com vocês?

Esta resenha faz parte do #Desafio12MesesLiterarios, e o desafio do mês de Março foi ler um Romance escrito por homem.

Resumindo este livro em duas palavras sem sombra de dúvidas as palavras que vem na minha mente são: decepção amorosa.

A qual vocês podem estar se perguntando:

-É um livro de drama? 
Não galera não é...

-É um romance daqueles bem romântico?
Também não...

A decepção amorosa foi na verdade minha com este livro. Digo isso porque quando eu li a respeito do mesmo eu fiquei completamente apaixonada e desesperada por ele, o comprei fora de promoção e em época de lançamento - ou seja - ele foi bem caro, mais eu paguei cada centavinho com muito gosto.

Eu demorei muito pra começar a leitura porque soube que o segundo não tinha previsão de sair e na minha concepção da época, eu não iria sobreviver sem ter o próximo para ler.

Passou se um tempo e outros amores surgiram e Silo foi ficando esquecido na estante, até que um certo dia bati o olho nele e a paixão novamente voltou a tona.

Uma paixão em vão...

Silo é uma distopia, narrada em um mundo pós-apocalíptico em que o ar é extremamente nocivo a humanidade - por motivos que não foram explicados nesse livro. Para sobreviver, as pessoas moram em um Silo enorme, com 144 andares, separados por setores, como por exemplo - A maternidade, o TI, a Mecânica, Prefeitura, Delegacia, entre outros. Esses que eu citei são os mais abordados. E tudo que se precisa para viver está dentro dele.

Para ter acesso a esses setores você tem que ter muita disposição e perna, porque o acesso é feito por escadas que fizeram o meu sedentarismo me deixar cansada só de ler.

A história começa com uma limpeza, que é o mesmo que uma pena de morte. Os condenados devem se retirar do Silo para fazer a limpeza dos sensores e acabam se sufocando com o ar tóxico e é exatamente o que acontece com o atual xerife do local - o Holston. Porém, o que o difere dos demais "limpadores" é que ele não foi condenado, na realidade ele foi por vontade própria.

Devido a esse fato a prefeita Jahns, desce até o setor da mecânica, para recrutar a pessoa que ela considera apta para ocupar o novo lugar de xerife e esta pessoa é Juliette. 
Para começar, tinham conseguido seu xerife: uma garota intrépida das profundezas que parecia tão confiante e inspiradora quanto Marnes havia prometido.
Porém essa "descida" em busca de Juliette durou exatamente noventa e uma páginas para acontecer, e o livro ficou muito chato.

Juliette aceita o desafio proposto pela prefeita, porém ela não estava pronta para as mortes suspeitas que começaram a ocorrer após sua posse.
Levou um instante para que ela se desse conta, de que estava diante do segundo cadáver que via na vida. Então, quando se sentou, suando, à espera do médico, ela se perguntou se aquele seu novo emprego não seria o último.
E assim Jules se viu presa a uma rede de corrupção, mortes, trapaças e intrigas.
Juliette abriu a mensagem na tela e leu rapidamente, sem acreditar no que via. Com certeza aquela não era a rotina do empregado. Com certeza as pessoas não morriam com tanta frequência. Ou será que ela apenas não sabia disso antes, quando ficava com o nariz enfiado em engrenagens ou embaixo de depósitos de óleo?
Não foi a toa que Jules foi escolhida para o cargo, ela tem realmente no sangue a curiosidade de ir atrás de respostas e de justiça. Mas, ela não é forte suficientemente em questões de poder, para resolver tudo sozinha, e acaba sendo direcionada para a limpeza também.

Mas, esse não é o fim de Juliette, é apenas o começo de tudo.
Estamos vivendo um levante.
Eu posso dizer que Silo, é um livro com um enredo muito bom, mas que em diversos momentos se torna extremamente cansativo. São mais de 500 páginas que se o autor não  enrolasse tanto, poderia ser reduzido para umas 300 páginas e o livro ficaria maravilhoso. Eu por muitas vezes tive vontade de abandonar a leitura, mas aí ocorria algo muito bom em algum capítulo e me motivava a continuar.

Porém, mesmo assim teve partes que eu simplesmente tive que pular porque eram totalmente desnecessárias e me faziam ficar desconcentrada imaginando se tinha algo bom na geladeira, ou se algum capítulo das séries que eu gosto já estava disponível. E isso é muito frustrante, mas infelizmente eu não consegui me conectar a esse livro como eu queria. Decepção amorosa das grandes hahahaha.

Silo é uma trilogia, aonde o próximo se chama Ordem e não é uma continuação. Nele é explicado o começo de tudo e resolve as pontas soltas deixadas neste livro. Vi alguns trechinhos de resenhas que falaram muito bem dele, e que ele é infinitamente melhor que o Silo, mas eu vi também muitas resenhas positivas do Silo e eu não consegui sentir nem uma virgula do que alguns sentiram, e sendo assim não tive ânimo sequer de ler a prévia que contém no meu livro.

Um dia lerei? Não sei. Talvez, se o encontrar em e-book bem baratinho.



Em relação a diagramação, eu acho a capa desse livro super chamativa, com cores fortes em vermelho, amarelo, preto e laranja que me remetem a fogo e destruição  (e usei post it laranja para combinar - sou dessas hahahaha). As páginas são amareladas, as letras são de um tamanho normal e não localizei erros de revisão.

Por hoje é só, e fico aguardando mensagens de incentivo do tipo: "não fica assim", "outro amor virá", "ele não te merecia" e afins, enquanto sofro minha decepção amorosa em um pote de sorvete - se quiserem me enviar brigadeiros, ficarei muito feliz.

Até a próxima resenha!  


29 comentários

  1. Oi Verônica, tudo bem?
    Menina, não fica assim não... Logo um outro vai despertar seu interesse e desta vez o amor pode vir com tudo! hahaha
    Eu não sou muito chegada a distopias, por isso com certeza não irei sofrer lendo Silo e nem os outros da série. Fico muito brava quando os autores começam a enrolar nos capítulos e nos deixam extenuados ao tentar acompanhar a história. Devo dizer que você foi uma guerreira por ter lido até o final.
    Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Lia

      Muito obrigada pelo apoio,hahaha como sou volúvel,já estou em um relacionamento serio com o Luz de Inverno e esse tenho certeza que não vai me decepcionar kkk. Eu amo distopias, e esse foi mais um dos motivos que me deixou decepcionada com a leitura, pois eu nunca tinha lido uma distopia que fosse cinco estrelas.

      Beijos

      Excluir
  2. O livro pode não ser lá essas coisas, mas sua resenha ficou ótima. Ri horrores.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhhhh muito obrigada, fico feliz que você tenha gostado

      Bjosss

      Excluir
  3. Oi, Verônica!
    Mirmã, só essa descida de 91 páginas eu já desisti desse livro. Não sou obrigada.
    E esse Silo aí... só de pensar nessas pernadas meu sedentarismo ataca.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Sorteio Literário de Carnaval
    Sorteio Três Anos de Historiar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lu minha filha, eu to tentando entender até agora pq eles não tem um elevador hahahaha

      Bjos

      Excluir
  4. Oie amore,
    Não tinha visto o livro, nem nada a respeito até então... mas já me instigou um cadinho pra ser sincera.
    Gostei de sua resenha, e ainda mais do livro, dica anotada por aqui!
    Excelente resenha, adorei a sinceridade!
    Beijokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Grazi

      Fico feliz que você tenha gostado da resenha, e mesmo não sendo uma resenha digamos que positiva, tenha de qualquer forma instigado na sua leitura. Espero que com você seja diferente.

      Bjoss

      Excluir
  5. ahh! É uma pena quando acontece essas decepções com livro ainda mais quando compramos assim que lança e sai caro, pela sinopse realmente parecia bem interessante.
    Bjs
    https://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Lu, mais é sempre assim, sempre estamos sujeitos a este risco, em contra-partida eu já li livros que gostei tanto da capa, que sequer li a sinopse e fiquei super satisfeita, mais emfim, outros amores há de vir hahaha

      Bjosss

      Excluir
  6. Eu ri com o começo da resenha, confesso!
    Com certeza Silo não está entre minha lista de leituras, ainda mais depois da sua resenha, tenho certeza que acabaria abandonando o livro!
    Narrativa enrolada não serve para mim, porém como você disse, se a história fosse reduzida, eu daria uma chance, pois o enredo em si é bem chamativo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Ana, fico feliz que você tenha gostado, por mais que não tenha sido uma leitura feliz, tentei realmente fazer uma resenha que exponha meus sentimentos,mais sem ser agressiva.E é muito bom ver comentários como o seu!!


      Bjoss

      Excluir
  7. Olá, Verônica!
    Nossa, minha história com esse livro é a mesma que a sua. Comprei logo no lançamento (choro até hoje pelas 55 pilas), e acabou ficando esquecido na estante. Pretendo pega-lo para ler ainda esse ano, mas aquela animação já passou, sabe? Triste...
    Mas vamos seguindo rsrsrs

    Abraço!
    http://lupiliteratus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Migo, eu divido o sorvete e lencinho de papel com você se rolar a mesma decepção amorosa com você kkkk. Mais espero que não!

      Bjoss

      Excluir
  8. Olá Verônica,
    Posso dizer que brochei demais com sua resenha. Sempre tive vontade de ler esse livro, pois sempre ouvi inúmeros elogios para ele, que ele é isso, é aquilo,que o povo ama e etc, mas vi, agora, que o livro não é perto disso :(
    É horrível essa sensação de que o livro poderia ser reduzido, que o autor enrolou. Eu não vou arriscar essa leitura tão cedo rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Bruna

      Então ... é questão de gosto, quem aprovou a história e ler a minha resenha pode me considerar uma louca kkkk. Se te der vontade leia, pois você pode ter uma percepção totalmente diferente da minha.

      Bjoss

      Excluir
  9. Oi, Verônica, tudo bom?
    Nossa eu ouvi falar muito bem de Silo e é uma pena que seja meio chato e que você teve essa decepção hahaha, esta na minha lista de leitura e fiquei com um pé atras agora. Mas amei a capa (que foi o que mais chamou minha atenção), espero realmente que você encontre novos amores e que eles não te decepcione.
    Beijos!!!!
    http://infinitomundodoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    2. Pois é, não rolou química com esse hahahaha. Mais realmente as opiniões sobre o Silo são bem divididas, então quem sabe com você será diferente não é mesmo?

      Amores literários sempre vão existir.

      Bjosss

      Excluir
  10. Que pena que não foi uma boa leitura para você. Eu também não sei se leria depois do que você disse na resenha, pois gosto muito quando o livro de fisga e não solta mais até que chegue ao final sabe? De qualquer forma vou deixar separado aqui porque ele tem um enredo bem interessante.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Camila

      Reserve e leia sim, pode ser que você tenha uma impressão totalmente diferente da minha.

      Bjoss

      Excluir
  11. Oi Verônica, tudo bem?

    Uma pena que esse livro tenha sido uma grande decepção para você. Eu já tinha visto muitos posts sugerindo-o para a leitura, mas não tinha parado para ler uma resenha. No início da sua resenha, eu estava bem atraída pelo contexto da obra, pois distopias são meu fraco. Mas, saber que o livro tem muita encheção de linguiça, me desanima bastante, pois não gosto de leituras assim. Uma coisa que me soou como absurdo é a mulher gastar 90 páginas para descer até o local, cerdo!
    Espero que a sua próxima relação amorosa seja muito positiva e que vocês se entendam muito bem. Estarei torcendo! haha

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Alice

      Já estou recuperada com DOIS novos amores hahahaha

      Bjoss

      Excluir
  12. Oie amore,
    Até então não conhecia o título, mas já me chamou a atenção, seja pela capa muito amor, ou ainda pela sua resenha - parabéns.
    Beijokas!
    www.facesdeumacapa.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Grazi

      Fico feliz que tenha gostado

      Bjosss

      Excluir
  13. Olá, tenho os dois primeiros livros da trilogia, mas ainda não consegui um tempinho pra ler...

    Adorei a resenha e fiquei com vontade de tirar o meu da estante e iniciar a leitura agora mesmo, kkk

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oieee

      Fico feliz que tenha gostado da resenha e espero que você tenha mais sorte do que eu em relação a suas impressões sobre o livro.

      Bjoss

      Excluir
  14. Olá!!
    Já conhecia o livro, mas não sabia do que se tratava,na verdade, eu acho que a capa não me chamou a atenção por isso não fui atras para saber. é muito chato quando um livro que queremos muito acaba nos decepcionando, mas não fica assim você vai encontrar um outro amor (kkk). Eu adorei sua resenha pela sinceridade que você teve em expressar tão bem sua decepção.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Karol tudo bem?

      Então comigo foi contrário referente a capa, eu adorei o impacto que ela causa, porém ... já sabe né? O impacto ficou só na capa kkk

      Já estou no quarto ou quinto amor após esta decepção e felizmente por enquanto fui feliz em todos eles kkkk.

      Fico feliz que tenha gostado da resenha, eu realmente tentei transmitir de uma forma irreverente a frustração sobre uma leitura que não atendeu as minhas expectativas, mais de uma forma respeitosa, e feedbacks como o seu me fazem ver que estou no caminho certo.

      Bjoss

      Excluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!