Resenha #326 - Em um Bosque Muito Escuro - Ruth Ware


Título: Em um Bosque Muito Escuro
Autor(a): Ruth Ware
Editora: Rocco
Páginas: 288
Nota: 4/5

Em um bosque muito escuro havia uma casa muito escura;
E na casa muito escura havia um quarto muito escuro;
E no quarto muito escuro havia um armário muito escuro;
E no armário muito escuro havia um... esqueleto.

Eu comprei este livro por puro impulso, porque o queria demais desde que vi esta capa. Porém ele estava na lista de compras bem futuras... mas a pessoa aqui, foi viajar e esqueceu os livros que levaria em casa, resultado de quem não sai sem um livro, comprei esse lindo e foi uma das melhores coisas que fiz. 

Eu o li no caminho de ida e volta,  então eu pude prestar atenção em cada detalhe e embora seja um livro com uma quantidade razoável de páginas, é um livro de suspense e mistério, então a autora brinca com você o tempo todo.

Leonora, um escritora reclusa de romances policiais, que não sai de seu apartamento para nada, a não ser que seja estritamente necessário. Ela é conhecida por alguns como Lee e por outros como Nora.

Só que Clare, sua melhor amiga da época de juventude, resolve do nada  lhe convidar para sua despedida de solteira. Elas perderam contato e de repente ela recebe este convite. A princípio, Nora (ou seria Lee?) Pensa em deletar o convite, pois acha tudo muito estranho, mas depois volta atrás e resolve aceitar.

Mas por quê? Por que Clare Cavendish estava me convidando para a sua despedida de solteira?
[...] Mas era só doze pessoas... o que indicava que a minha inclusão não devia ser engano. Certo?

Quando chega ao local marcado, ela fica chocada com a "cabana" que encontrou. Uma mansão estranhamente feita de vidros. Com pessoas que ela nem conhecia direito com exceção de Clare e Nina.

Nora (ou seria Lee?) Fica apreensiva com este reencontro com Clare, pois as duas haviam perdido contato a mais de 10 anos e nunca mais se falaram. Ela ficou imaginando o porque desse convite, porque agora? E porque não foi convidada para o casamento?

Depois de 48 horas que chegou à casa, Lee (ou seria Nora?) acorda em um hospital, toda machucada e com a certeza de que alguém está morto. Ela não sabe o que aconteceu, pois não se lembra de nada. Apenas que está ali naquele hospital e com uma policial de guarda na porta de seu quarto. 

Tudo dói. A luz nos olhos, a dor na cabeça. Tenho odor de sangue nas narinas, minhas mãos estão pegajosas de sangue.

Para encontrar as suas respostas e saber o que realmente aconteceu, Lee (ou será Nora?) terá que reviver lembranças de uma parte de si, que ela não queria ressuscitar: seu passado.

Inicialmente eu achei a narrativa arrastada, mas entendi, que tudo aquilo que foi narrado pela protagonista seria necessário, para que eu pudesse compreender os acontecimentos futuros.

O que posso dizer, que mesmo que você sinta isso quando começar a leitura, continue, porque as coisas começam a ficarem tensas e a autora monta uma verdadeira teia de aranha para nos prender e nos enganar. 

O que me faz gostar de suspense é exatamente isso, o mistério. A forma como a história é contada e como isso pode mexer com a nossa mente. Eu me senti desesperada para descobrir o desfecho e fiz várias suposições e a autora ainda conseguiu me surpreender no final. Eu bati o pé do quanto Ware conseguiu me enganar. 

Ela me fez entrar em um círculo de suposições e desconfianças e me enganar e jogar aquele final surpreendente na minha cara e dizer, consegui te pegar e principalmente te prender.

Curti demais essa narrativa. Lee ou Nora, só lendo para saber quem ela é, realmente é uma mulher marcada pelo sofrimento e por uma passado que ela faz questão de manter enterrado e só pra ela. Pois viver sozinha e escrevendo os seus livros foi a melhor forma que ela encontrou de se manter sã. Eu a achei bem sensível e bem solitária. Fiquei tentando ter empatia por ela e entender o porque dela ter ficado assim. Ver a sua situação e o desespero de descobrir o que realmente aconteceu, me fez sentir mais conectada a ela e tentando lembrar junto com ela cada passo dado durante a sua estadia na casa.

Os personagens secundários foram essenciais para a composição da obra. Cada um com a sua personalidade e excentricidade. Todos foram bem desenvolvidos. O cenário também foi bem detalhado, e eu pude desenhar tudo perfeitamente na minha mente. Senti até frio na barriga, coisa que não tem acontecido com tanta frequência nos suspenses que leio.


A diagramação do livro está perfeita. Não tenho o que reclamar. Por dentro da capa, temos um fundo em vermelho cheio de corações. Nossa eu achei isso lindo e fiquei babando por um tempo. A capa tem uma espécie de veludo ao toque e a imagem bem condizente com a história. As folhas são amareladas e a fonte em tamanho pequeno, mas que não foi desconfortável para a leitura. Acho que isso se deve ao fato de ser papel pólen. Não encontrei erros de revisão. A Rocco tem vindo com livros maravilhosos e eu querendo praticamente todos!

As nossas escolhas faz de nós quem somos, mas viver em uma completa solidão não é saudável para ninguém. O que posso dizer, é que gostei muito desta leitura e a cada página que eu lia, eu queria saber avidamente o que realmente aconteceu. Eu sofri com a protagonista, tentei saber que espécie de teia era aquela que ela se meteu. Se ela era inocente ou não, só lendo para descobrir, mas prepare-se, porque quando você começar, não vai querer mais sair. E o bosque é realmente muito escuro e não conhecemos realmente ninguém.

Recomendo a leitura para quem gosta de suspense, mistério, drama, investigação, relação de amizade e angústia. Este livro tem tudo isso descrito de maneira que você só consegue parar de ler, quando o livro acaba!

Não sei quanto tempo levei. Já escureceu. As horas parecem se deixar levar, sem definição, toldando a neve que cai sobre a lama congelada. Estou cansada, tão cansada que não consigo pensar, e meus olhos lacrimejam quando ando contra o vento que começa a soprar.

Xero no coração de todos!!!

26 comentários

  1. Resenha maravilhosa, consegui entender a trama mesmo sem ter lido!
    Não conhecia a obra, mas me chamou bastante a atenção. Adoro suspenses com protagonistas bem desenvolvidos, e esse parece ser o caso, né?

    Abraço!
    http://lupiliteratus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabio...
      Obrigada! A protagonista é bem desenvolvida mesmo... ela é ingenua, mas é maleável... eu gostei muito da escrita da autora... Xero!

      Excluir
  2. O livro parece muito bom e instigante Fiquei querendo sentir a textura da capa por causa da sua descrição hahaha
    Sobre seu comentário la no blog, ainda não vi Orphan Black não, mas vou procurar depois pra dar uma olhada.
    Ah, e minha mãe também reclama do horário que H5-0 passa! hahaha


    Beijinhos
    Pryh
    *~Lírios Ao Mar~*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pryh...
      É muito gostoso ficar tocando na capa rsrrsrs.
      Assim que você tiver a oportunidade assista, você ficará viciada rs.

      Excluir
  3. Oi, Dih. Juro que não esperava nada do tipo assim que vi essa capa. Fiquei com preguiça de ler algumas resenhas mas resolvi parar e fiquei louca para conhecer o livro. Parece até que ela tem distúrbio de personalidade. Faz anos que não leio um bom suspense e eu adoraria começar a voltar por este livro.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi... se tiver a oportunidade volte sim com este livro... a autora me pegou de jeito e eu me senti presa em tudo... a história rende e prende eu recomendo demais!

      Excluir
  4. Oi, tudo bem?
    Eu já tinha lido uma resenha sobre esse livro e cara, fiquei mega curiosa. Essa coisa de mistérios e acontecimentos não lembrados, é demais. E pelo jeito a escritora conseguiu criar um bom enredo, né? Ai, vou ler assim que der. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,
      Isso mesmo a autora criou um ótimo enredo e bem construído, assim que tiver oportunidade leia! Xero!

      Excluir
  5. Oi Diana, tudo bem?

    Eu não conhecia a obra mas me envolvi em todos os sentidos com a sua resenha, a narrativa conseguiu prender a minha atenção. Eu adoro livros com essa carga de suspense e mistério, e essa curiosidade para saber quem realmente a personagem é, deve ser bem interessante. Seria uma leitura que realizaria, com toda certeza! Excelente resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice,
      Nossa muito obrigada, fico feliz por ter gostado da resenha, sempre faço com muito carinho. Quanto a narrativa ela é maravilhosa... eu amei cada linha que li... espero que você curta a leitura assim que a fizer. Xero!

      Excluir
  6. Oi Di! Li esse livro assim que foi lançado e adorei! Ao contrário de você, não achei arrastado no início, o começo já me deixou tensa e fiquei grudada na narrativa do início ao fim, me viciei na história. E fui muito surpreendida pelos acontecimentos, nunca que eu ia desconfiar daquele desfecho, embora depois eu tenha conseguido perceber que tudo se encaixou perfeitamente.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ju...
      Depois tudo se encaixou, mas assim como aconteceu com você eu jamais imaginei aquele desfecho e foi isso que fez adorar a leitura do livro, porque a autora conseguiu me enganar com maestria! Xero!

      Excluir
  7. Eu não conhecia o livro, ou se vi pelas bienais da vida, não prestei atenção. Ai, que arrependimento kk Adoro um suspense. Acho legal que mesmo que tenha sido arrastado no começo, a autora conseguiu te prender e, mais importante, surpreender. Adoro autores assim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatty foi isso mesmo... a autora conseguiu me prender e me surpreender o caminhos finais do livro trouxe uma densidade fora do comum... Xero!!

      Excluir
  8. Olá!

    Já tinha lido outras resenhas desse livro, mas no momento to começando a me afastar dos suspenses... Uma coisa que não curti foi essa capa, não sei, não parece que foi feita pela Rocco, sinceramente não gostei...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Ka, como assim mulher?? A capa está ótima haha que pena que está se afastando do suspense, eu menina estou doida por livros dessa temática... Xero!

      Excluir
  9. Oi Dih! Vou ler! Você me convenceu bastante! Amo um bom mistério e pelo que percebi tem bastante nesse livro! Estou curtindo bastante leituras assim, e as vezes fico doida procurando por um. Amei sua resenha, você apontou os principais pontos e me deixou bastante curiosa, beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Su... eu recomendo demais esse livro, menina fiquei viciada nele e não me arrependo de tê-lo comprado... a autora brinca com o leitor a todo o momento... se tiver a oportunidade leia! Xero!

      Excluir
  10. Também me apaixonei pela capa desse livro e depois e ler uma resenha dele, até fico transpirando por ainda não tê-lo comigo! Amo suspenses, desses que a gente fica tentando entender, adivinhar e quebra a cara! Esse faz bem meu estilo! Agora to mais curiosa ainda pra saber se foi Lee, Nora ou se nenhuma das suas (ou seria uma?) ;)

    ResponderExcluir
  11. Oiii
    É sempre bom quando a gente faz um compra satisfatória, né! Fico feliz que o livro tenha te agradado. Eu sou apaixonada por livros de mistério, principalmente os mistérios policiais rsrs
    Dica anotada. bjoo

    ResponderExcluir
  12. Oiee
    Eu não conhecia esse livro e para ser sincera esse gênero não me agrada muito, mas sua resenha ressaltou pontos tão positivos que fez ficar curiosa em relação a essa leitura.

    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Olá!
    Esse livro é um daqueles que eu não tenho vontade de ler pela capa e que nunca despertou minha vontade de ler. Entretanto, achei muito legal os personagens secundários serem importantes pra historia.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Olá, não conhecia o livro e de cara não me interessou, mas sua resenha le instigou muito, sou fascinada por livros de mistérios com passados esquecidos e aquela tensão e sensação de estar desvendando tudo, mas na verdade estamos presos numa grande armadilha! Fascinante tudo e quero pra ontem, valeu pela dica

    ResponderExcluir
  15. Oooi, tudo bem?

    Caramba! Que bagunça !
    Se eu visse esse livro na loja provavelmente não me interessaria, ainda mais por essa fonte vermelha, RS. Mas adoro histórias assim, sua resenha me fez querer ler, de verdade. Quero descobrir quem a personagem é, rs.

    Beijos

    ResponderExcluir
  16. OOi!
    É a primeira vez que leio sobre esse livro, mas já despertou meu interesse. Parece ser uma leitura repleta de mistério, inclusive esse mistério em relação a Nora ou Lee deve deixar a leitura super envolvente.
    Dica anotadíssima!
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Me encantei por essa capa! Ela é simplesmwnte linda e rica em detalhes. Se fosse pra eu adquirir pela capa eu iria correndo pra livraria, mas a sinopse não me ganhou. Achei a premissa dele um pouco clichê, mesmo você tendo gostado da obra.
    Dessa vez vou deixar a dica passar.
    Abs e parabéns pela resenha ^^

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!