Resenha #323 - Garota Desaparecida - Sophie Mckenzie


Título: Garota Desaparecida
Autor(a): Sophie Mckenzie
Editora: Verus
Páginas: 235
Nota: 4/5

Nos últimos tempos, tenho pensado muito nisso. Na semana passada cheguei até a dar uma olhada em alguns sites com informações sobre adoções. Você daria risada se me visse: coração acelerado, mãos suando, nó no estômago.

Desde que este livro foi lançado, eu fiquei super curiosa para lê-lo. Conhecer essa história. Pois falar de uma garota desaparecida, parecia um suspense bem interessante. Claro que eu imaginava que seria algo mais juvenil por causa da capa, mas não deixou de ser angustiante em certos momentos e com muito nervosismo em outros. Fiquei bem satisfeita com a leitura, gostei demais e li rapidamente.

Laura tem 14 anos e sempre soube que era adotada. Ela mora na Inglaterra e tem seu melhor amigo Jam e eles tem uma cumplicidade super bonita de se ver.

Após uma pesquisa em seu passado, ela descobre que pode ter sido sequestrada de sua família americana ainda quando era bebê. A partir dessa desconfiança, Laura se sente perdida, pensando qual seria sua verdadeira história, que até ali tudo poderia ser mentira. 

Então não era possível.
Ou era?
A pergunta agiu feito droga e ficou girando na minha mente, virando meu mundo de cabeça para baixo e do avesso, até tomar conta de mim.

Com isso, Laura decide correr atrás e tentar descobrir a verdade. Ela quer saber quem são seus pais biológicos e fica desconfiada se seus pais adotivos fizeram parte deste sequestro. A aventura começa a partir daí, pois Laura convence seus pais a sair de férias em família e de lá ela foge para ir atrás de seu passado. 

Não conseguia parar de pensar nela. Antes, eu queria saber sobre o meu passado. Agora eu realmente precisava saber.

Laura estava com tudo planejado, até colocar tudo em prática e perceber que as coisas não estavam tão perfeitas assim. Foi um choque perceber onde ela podia estar se metendo, afinal ela só tem 14 anos, está longe de casa e o dinheiro ficava cada vez mais escasso. Será que ela vai encontrar seus pais biológicos? Será que seus pais adotivos participaram mesmo de seu sequestro? Só lendo para saber, mas uma coisa eu digo, o livro não para.

Eu gostei muito da escrita simples de Sophie, ela consegue ser detalhista sem exageros, ela moldou a personalidade de Laura tão bem, que senti realmente como se eu estivesse ali com os meus 14 anos e cheia de ideais. Laura é uma menina muito corajosa e por mais que sua insegurança batesse, ela corria atrás das pistas que tinha, ela se deixava levar pelo seu instinto. Eu gostei muito dela, essa força de ir atrás de seu passado até para se entender foi de grande coragem e total loucura. Os adolescentes costumam muito agir por impulso  e neste livro essa amostra é bem vívida.

Senti os dedos de Jam se entrelaçarem aos meus e deslizarem para longe.
-Boa sorte, cabeção - ele sussurrou.
Sorri para ele.

Os personagens secundários foram bem desenvolvidos também, e sustentaram a história até o fim, dando preenchimento em qualquer lacuna que tivesse. Eu preciso citar Jam, o melhor amigo de Laura. Ele é um menino doce, super amigo, acredita em Laura e a ajuda em todos os momentos, mesmo naqueles em que não concorda com ela. Um amigo assim é muito raro hoje em dia, então se você tem, cuide e dê valor.



A diagramação do livro é bem simples. Eu gostei muito da capa. Ela está bem condizente com o enredo, afinal laura está de olhos vedados até que começam as desconfianças e ela parte para buscar a verdade sobre quem ela é e de onde realmente veio. As folhas são amareladas e a fonte em tamanho médio. A leitura é de fácil entendimento e eu não notei erros de revisão.

Então os convido a conferir essa história simples, mas cheia de suspense, aventura e drama familiar. Eu curti muito ler este livro. Então, recomendo.

Deletei as duas mensagens e coloquei o telefone de volta onde estava. É estranho como uma coisa pode ajudar você a seguir em frente e, ao mesmo tempo, partir seu coração.

Xero no coração de todos!!!

16 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Nunca tinha visto esse livro, e gostei bastante!
    Anotei a dica, e vou ver se acho ele logo, um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Ray, assim que tiver a oportunidade leia, eu gostei bastante.

      Excluir
  2. Oi, Di. Que bom que gostou do livro. Tenho visto falarem muito dele mas não sabia muito bem sobre o que era, e confesso que gostei bastante da premissa. Em Um caso perdido da CoHo, tem uma história bem parecida sobre talvez ser sequestrada pelos pais adotivos, acho que seria muito legal conhecer a abordagem que a autora usa nesse enredo.
    Beijo! Leitora Encantada
    Promoção 4 anos de blog Minhas Escrituras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Mi... eu achei que não fosse curtir a leitura, mas eu gostei pra caramba... não é aquele livro que te enlouquece, mas te deixa presa nos acontecimentos, esperando quais as decisões que a protagonista vai tomar para continuar com a sua busca. Xero!

      Excluir
  3. Respostas
    1. Oi Lu,
      Sério??? Não acredito rs... bom eu gostei bem mais do que imaginava rs...

      Excluir
  4. Olha, pra ser bem sincera, eu achei a capa beeem feia, rs. Mas mais importante do que isso, é a capa fazer sentido com a história contada, então acho que ela conseguiu passar a mensagem, né?
    Pelo que você descreveu, a Laura me parece bem humana, e eu adoro personagens assim. Que, por mais que demonstrem coragem, têm momentos de fraqueza como nós. A premissa me conquistou, pois adoro um suspense, e saber que é uma menina de apenas 14 anos lidando com isso tudo e não sabendo se confia ou não em seus pais, é bem tenso. Quero ler um dia.
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatty, sério que acho feia?? Bom eu passei a gostar mais dela após a leitura do livro devo confessar, mas o que me chamou atenção para comprar o livro foi exatamente a capa.

      É bem isso mesmo que você descreveu e acredito que quanto tiver a oportunidade de ler... vai gostar. Xero!

      Excluir
    2. Oi Tatty, sério que acho feia?? Bom eu passei a gostar mais dela após a leitura do livro devo confessar, mas o que me chamou atenção para comprar o livro foi exatamente a capa.

      É bem isso mesmo que você descreveu e acredito que quanto tiver a oportunidade de ler... vai gostar. Xero!

      Excluir
  5. BOm dia, nossa que enredo! E que curiosidade eu estou agora de saber se os pais dela estavam ou não envolvidos, preciso desse livro agora!!!

    Bom dia!
    Que fevereiro seja um mês de muitas alegrias pra você!
    Beijos 😘
    Minhas Inspirações por Sara Menezes

    ResponderExcluir
  6. A capa condiz muito com o que o livro propõe. E no momento que vi a capa me lembrei daquele livro 3096, da caso real da Natasha Kampush.
    Bem faz tempo que não leio um livro assim. Mas me interessei, vou ver se mas pra frente leio.
    Parabéns pela resenha!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Diana!
    Nunca tinha visto esse livro, mas a capa já me despertou atenção. E sua resenha, então? Já está na lista de desejados haha

    Abraços!
    http://lupiliteratus.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi Dii
    Eu já tinha visto esse livro mas não sabia ao certo do que se tratava. Fico feliz que tenha sido uma leitura satisfatória pra mim, por isso já está na wishlist!!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá Diana,
    Acho a premissa desse livro muito interessante, pois gosto demais da ideia de a protagonista saber que é adotada e ter suas dúvidas a partir de pesquisas que fez e querer uma posição sobre isso, sabe? Fiquei contente por saber que esse livro mistura drama também e estou curiosa para saber quais caminhos a autora escolheu trilhar com essa obra.
    Dica anotadíssima.
    Beijos ♥

    ResponderExcluir
  10. Olá flor, adoro livros com essa temática, e ainda não tinha lido nada a respeito desse. Fiquei curiosa e vou anotar a dica.

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Olá Diana! Que resenha perfeita! Ainda não conhecia esta história e curti bastante conhecer um pouco mais sobre ela. Gostei do enredo e deste suspense que você deixou no ar!

    Anotei aqui!
    beijinhos!

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!