Resenha #321 - Sussurros da Meia-Noite - Daniel Pedrosa, Juliana Velonessi, Leandro Reis e Stefânia Andrade


Título: Sussurros da Meia-Noite
Autores: Daniel Pedrosa, Juliana Velonessi, Leandro Reis e Stefânia Andrade
Editora: Pandorga
Páginas: 168
Nota: 4/5

Tranque as portas e janelas de sua casa. Acenda o abajur e boa leitura!

Olá pessoas, tudo bem??

Hoje a resenha será diferente. Será uma resenha conjunta com a Verônica e quem acompanha o blog, já sabe que ela está povoando o blog como resenhista e ela é a minha melhor amiga de todos os tempos!!! 

Conhecemos este livro na bienal de sampa. Um dos autores (se não nos enganamos foi o Leandro "Radrak" Reis) e ele foi tão simpático com a gente, que não resistimos e compramos. Ah também aproveitamos e pegamos autógrafos. Quando comecei a ler, dei a ideia para ela de que poderíamos resenhar em conjunto e ela abraçou a ideia e aqui estamos, então para diferenciar quem fala o quê eu Diana estarei na fonte lilás e a Verônica na fonte vermelha, tudo bem?

Este é um livro de contos de terror e horror, onde esses quatro autores se uniram formando um grupo chamado "O Vale Fantástico" e tiveram a ideia de criar este livro recheado de contos de terror. Ao todo são 10 contos, irei colocar os títulos aqui, mas eu e a Verônica iremos citar os que mais gostamos. 

Os contos são: Visões, O gato, Insônia, O Broche Azul,  A Pedra da Caveira, Tormento, Em Má Companhia, Criaturas, Terror na Escola e BR 116.

Logo de cara eu gostei do livro, devido a sua diagramação que vocês poderão ver nas fotos como é bacana e pela proposta do livro (contos de terror). Eles estavam também com atores caracterizados que eram sensacionais e assustadores e estavam chamando bastante atenção.

Não consigo me esquecer da menina, ela não ria por nada... nenhuma mudança de expressão, tentei fazê-la rir, fiz gracinha, careta e nada. A menina era uma excelente atriz. Eu gostei muito desta caracterização para chamar à atenção do leitor, confesso que foi um ótimo atrativo. 



Eu sinceramente gostei de todos os contos (e olha que eu sou chata com esse tipo de livro kkk), achei que todos foram bem escritos, tiveram coerência e boas finalizações.

Eu gostei muito dos contos também... achei alguns até interativos com o leitor. Senti um pouco de frio na barriga em uns e emoções em outros. Percebi finalização em todos e um ótimo desenvolvimento. Claro que por se tratar de contos, tem sempre uns que se destacam mais pra nós.

Em destaque os que mais gostamos foram:

Criaturas - Daniel Pedrosa

Bruno sentiu o odor apodrecido de morte antes mesmo de abrir os olhos. Seu corpo estava coberto de sangue e vísceras que formavam um mar de desespero em uma cidade invadida pelo medo e pela desgraça.

Foi o conto onde achei que foi para uma linha mais diferente dos demais, pois além de ter o terror, ele teve também uma pitada de distopia, outro estilo de tema que gosto muito e fiquei surpreendida com o final.

Visões - Daniel Pedrosa

O cheiro pútrido que exalava do galpão tornou-se quase insuportável e o frio do ambiente castigou minhas entranhas. Naquele momento um medo intenso invadiu minha alma e paralisou meu corpo.
Esse conto foi demais. Quando comecei a ler, já senti um gelo, achei que fosse ter medo, mas não, o frio na barriga foi apenas pelo desconforto citado pelo protagonista, então me senti envolvida com ele e fui seguindo. 

A Pedra da Caveira - Daniel Pedrosa

Eu gostei muito desse conto, aliás ele foi o mais simples, só que o mais intenso. Eu me senti conectada com a protagonista, a menina Rebeca, que se mostrou corajosa, mesmo tremendo todo o corpo de medo. Que foi capaz de sentir empatia a todo um sofrimento e maldição que acarretava uma grande família. Eu senti medo por ela, porque quando falou o que acontecia, ninguém acreditou nela, achavam que ela tinha enlouquecido, mas diante dos fatos não há argumento não é mesmo?

Por um instante, Rebeca ficou paralisada, entorpecida pelo susto que sofrera. Depois precisou procurar pelo jardim até encontrar o local de onde partira a voz. Um vulto estava estático sobre a grama. Parecia um menino e sua pele, mesmo sendo negra, brilhava à luz da lua.



Terror na Escola - Stefânia Andrade

Eu lembro do dia que pegamos o autógrafo na Bienal, e a Stefânia comentou que teve dificuldades em escrever, devido a ser medrosa. Se ela com medo escreveu um conto desses, quem dirá se não tivesse medo! Achei bem na linha terror/suspense, com um enredo super bem elaborado.

Ela conseguiu desenvolver bem os personagens dentro de seus limites e sim fiquei bem nervosa com uma cena que aconteceu e para onde ela caminhou, confesso que no final do conto, senti até um arrepio.

Seus olhos estavam abertos, paralisados de terror. A pele rasgada, o sangue fresco saindo do ferimento e a carne exposta formavam um cenário macabro.

Tormento - Stefânia Andrade

Ele dizia que o mal existia na mesma proporção do bem e que os espíritos das trevas podiam fazer atrocidades com quem desse a eles uma oportunidade.

E mais uma vez a "medrosa" do quarteto ganhou o meu gosto de leitora. Eu achei esse conto super bacana, devido a ter toda uma história por de trás dos acontecimentos macabros do dia.

Insônia - Leandro Reis

Poxa esse conto foi fabuloso, porque ele falou com o leitor, ele deu vários avisos, mas cabia a você e exclusivamente você, decidir se queria continuar ou parar no meio do caminho. Eu como uma pessoa curiosa, fui seguindo e meu estômago gelando. De todos os contos que citei, foi o que mais gostei. 

Aqui o rapaz é levado para o mundo dos sonhos, mas são sonhos que parecem reais e quando ele acorda, parece que realmente passou por tudo aquilo que sonhou e quanto mais ele tenta fugir, mais coisas estranhas vão acontecendo ao seu redor e mais pessoas vão morrendo perto dele. Parece uma contradição, mas quando ele percebeu que esses sonhos o deixava perturbado, ele simplesmente fez de tudo para não dormir. Para afastar esse mal que o perseguia.

Com o coração batendo como um tambor no meu peito, virei de lado, quieto. O relógio marcava assustadoramente três horas, a hora dos mortos.




A diagramação do livro está bem simples, mas bem trabalhada. Não me recordo de ter encontrado erros de revisão. As folhas são amareladas e a fonte em tamanho médio, completamente confortável para a leitura. Contamos com um sumário e um medidor de medo rs.  

Enfim para quem quer fazer uma leitura rápida, mais que seja super bem elaborada e melhor de tudo nacional, recomendamos este livro.

Obrigada a todos e até a próxima resenha!!! 

Xero!

31 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Que resenha mais detalhada, me prendeu do começo ao fim.
    Fiquei bastante interessada na história, dica anotada!
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.. Ray que bom que gostou... quando tiver a oportunidade de ler... leia e espero que goste... Xero!

      Excluir
    2. Oiee, Rayananni, fico feliz que tenha gostado da resenha, leia sim !!

      Bjoss

      Excluir
  2. Gosto bastante de contos e acho que essa obra deve ser bem legal!! Apesar de não curtir muito terror , estou começando a entrar nesse mundo, e tenho até gostando. Achei muito legal a ideia de vocês duas falarem, pois dá pra ver a impressão de cada uma. Vocês detalharam bem o que me deixou bem curioso para conhecer o livro. Estarei super anotando essa dica. Beijos do Wes *---*


    www.facesemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wesley...
      Eu não curtia também, mas tudo começou com umas séries que passava na record, ai comecei a ler contos e gostei, percebi que o medo está na nossa mente e não acontece, após ler, fica nos livros... rs... se você começar... comece pelos contos, eles são rápidos... depois que se sentir seguro, segue os livros se continuar gostando. Xero!

      Excluir
    2. Oii Wesley, tudo bem? Esses contos são tranquilos comparados a outros, acredito que para uma leitura inicial para ingressar no mundo terror, vai ser um bom começo.

      Bjoss

      Excluir
  3. Hey!

    Não sou muito fã de ler contos.Porém gostei bastante da temática que o livro impõe. vou dar uma olhada no skoob.
    Gostei bastante de como desenvolveram a resenha.

    beijos Bella

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bella...
      Que bom que você gostou. espero que você curta quando ler... Xero!

      Excluir
    2. Oie Bella.

      Espero que goste como gostamos.

      Bjosss

      Excluir
  4. Ahhh adoro resenha conjunta.
    Eu não sou muito de ler terror, mas daria uma chance sabendo que é um livro curtinho, dá pra ler um conto de cada vez, sem se desesperar. hahah
    Eu JAMAIS conseguiria ficar no lugar dessa garota. Qualquer besteira que falassem eu já ia tá rindo. kk Sou besta demais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Tatty,
      Eu sempre tive vontade de fazer uma resenha conjunta, então surgiu a oportunidade e até que eu achei bem legal a experiência. Acredito que a Verônica também gostou. Se tiver a oportunidade de ler, leia... pode ser mesmo cada conto em intervalos de tempo. Xero!

      Excluir
    2. Oiee

      Leia sim kkk, entre para o grupo de leitores fascinados por terror. No livro tem um medidor de medo, aonde você, pode iniciar pelas leituras mais leves. Fico contente que tenha gostado da resenha, eu realmente adorei e quando coincidir de lermos o mesmo livro, voltaremos com a proposta.

      Bjoss

      Excluir
  5. Olá meninas!
    Adoro livros de conto, ainda mais com essa temática, é uma pena que eu não tenha conhecido ele na Bienal também. O conto que mais chamou minha atenção foi Insônia, achei bem legal ele falar com o leitor.
    Claro que anotei a dica, aliás, não poderia ser diferente.
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bruna tudo bem?

      Espero que goste da leitura.

      Bjos

      Excluir
    2. Oi Bru...
      Insônia foi muito bom... eu gostei muito... tenho certeza de quando tiver a oportunidade de ler você vai curtir... Xero!

      Excluir
  6. Oi, meninas! A resenha dupla de vocês ficou ótima! É muito legal ver duas opiniões diferentes do mesmo livro! Adorei os contos escolhidos e o modo como o livro surgiu. Acho muito bacana autores unidos assim. E realmente, parece que a menina da foto não sorria por nada no mundo! rsrsrs....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nuccia !!

      Fico feliz que tenha gostado da resenha. E a atriz era sensacional kkk

      Bjoss

      Excluir
    2. Oi Nu... que bom que curtiu, nós adoramos a experiência... não sorria mesmo... adorei tentar fazê-la sorrir e nada rs.

      Excluir
  7. Ainda não conhecia esse livro, terror não é um genero que me chama atenção mas por ser de contos, eu anotei a dica.
    Adorei essa ideia de resenha conjunta, ficou super criativa e legal!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você gostou !! Espero que leitura lhe agrade também.

      Bjoss

      Excluir
    2. Oiiii Bárbara... os contos são mais simples e sim tem uns aterrorizantes, mas para um iniciante nessa temática, pode ler super de boa... Obrigada... que bom que gostou da ideia da resenha conjunta.

      Excluir
  8. Olá! Amo livros de contos <3
    Gostei muito da capa, me chamou a atenção. E pela resenha de vocês o livro parece ser muito bom. Estou incluindo na minha lista.
    E adorei as fotos haha
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Carine!

      Eu também adoro essa capa, fico feliz que tenha gostado da resenha e das fotos e espero que goste do livro também.

      Bjoss

      Excluir
    2. Oi Carine, que bom que gostou... eu adoro essa capa também...
      Espero que você consiga comprar e ler...
      E goste da leitura. Xero!

      Excluir
  9. Oii
    É muito bom ver livros nacionais e praticamente estreantes com um exemplar tão bem feitos, com boa diagramação e sem errinhos bobos, daqueles que a gente corrige durante a revisão. rsr Eu amo contos, mas não costumo ler contos de terror rsrs mas, me simpatizei pelo livro.. se tiver oportunidade gostaria de poder ler.
    Bjoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oii Thamires

      Fico igualmente feliz, com a nossa literatura nacional crescendo a cada dias, tanto em reconhecimento, como em qualidade. Espero que goste da leitura.

      Bjoss

      Excluir
    2. Oi Thamires... concordo com você... acho que eu estou quebrando meu paradigma de ler os contos. Porque não lia nem de terror... Agora estou tentando partir para outras temáticas..

      Excluir
  10. Olá!
    Acredita que nunca li um livro de terror?
    Mas ultimamente estou com muita vontade! Vou anotar a sugestão!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá. Natali, tenta... porque esse livro é bom e é ótimo para quem está iniciando nessa temática.

      Excluir
  11. Oi.
    Não conhecia esse livro, mas me pareceu bem interessante. Adoro contos, mas no momento não estou lendo nenhum. Vou anotar o nome do livro e esperar ter uma chance para ler.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  12. Oi Dih e Verônica, suas lindas, tudo bem?
    Eu não tenho o costume de ler livros de contos, gosto de histórias únicas. Mas como fã de distopia, criaturas chamou logo minha atenção e ainda apresenta um final surpreendente. E sabem, eu não resisto a uma boa história com maldição, risos... então, acho que A Pedra da Caveira iria me conquistar. Dih, por mais que eu seja curiosa também, acho que ficaria morrendo de medo do conto insônia. Já pensou na hora de dormir?? Acho que lembraria desse conto e não conseguiria, risos.... Vou anotar a dica para indicar e quem sabe, se um dia tiver oportunidade posso dar uma chance. Adorei a resenha de vocês, essa ideia foi ótima, ficou perfeito cada uma comentando um pouco.
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!