Tagarelando com Heloisa... Nosso Patrimônio...

Olá pessoal tudo bem?

Antes de começarmos quero dizer que a Coluna vai mudar de nome e se chamará Tagarelando com Heloisa, espero que gostem e podem opinar a respeito se quiserem. Pois, o nome Suas Escrituras é para qualquer pessoa que queira escrever algo e postar aqui. Aliás estou adorando a participação de vocês, continuem comentando! ;)

Hoje quero falar sobre um assunto que as vezes gera polêmica, discussões nas redes, etc.
Quero falar sobre NACIONAL X ESTRANGEIRO, expresso aqui meu ponto de vista.
Eu mesma só comprava livros estrangeiros até conhecer a literatura nacional e ver que temos excelentes autores aqui também. 
E que nem tudo que importamos vale a pena! Mas essa é só a minha opinião.

Bjs.

Imagem retirada do Google




Nosso Patrimônio
Por Heloisa Fernanda

Quando pensou que cada cultura tem o seu legado, suas tradições, sua representatividade. Reflito sobre o que nós somos ou o que nos representa. Pois, consigo ver claramente que não assumimos de fato nossas raízes e, é muito mais fácil importar tudo que é de fora.
Seja na moda, no cinema, na música, nas artes, na literatura!!! Principalmente a literatura...
É claro que lá fora tem muitas coisas boas, mas aqui também. Penso no por que da supervalorização do que é estrangeiro. Nós não somos patriotas, pelo contrário queremos a pátria alheia.
Um dilema que vejo inúmeras amigas escritoras viverem, conseguir se consagrar no mercado editorial nacional. Como pode isso? Um produto nosso, de qualidade, muitas vezes superior aos estrangeiros e está onde? No fundo das livrarias em um espaço mínimo. Pois os estrangeiros estão ocupando o restante da livraria com destaque e louvor.
E a culpa seria de quem? Ela é minha, sua, de todos nós, pois somos o país que tem vergonha. Vergonha do outro, de nós e dos que nos representam.
Voltando aos livros nacionais, nas redes sociais vejo a guerra que se forma em torno do tema.

NACIONAIS X ESTRANGEIROS

Acredito que coisas mal feitas têm em qualquer lugar, inclusive no velho mundo. Mas parece que o que vem de fora nos é mais bem quisto, talvez nos dê mais status ou, tem a ver com a moda do momento. Hoje quero ser mais cult ou geek. Percebo que até ser nerd hoje tem a ver com a modinha e não apenas o gosto, as atitudes (mas isso fica para outra conversa).
Pouco  a pouco vão inserindo em nossa mente o que nos é certo, apropriado, o que devemos ou não consumir. E dessa forma, vamos deixando de lado nossos próprios interesses e adotamos algo que nos foi incutido, no começo aos poucos, mas agora é uma enxurrada de coisas, ideias, vestimentas, músicas, filmes, livros. Querem nos enfiar tudo goela abaixo!
E nós simplesmente permitimos...






2 comentários

  1. Oi Fê,...
    Então, este é um tema bem polêmico, e bem atual. Acredito que esta adoração a tudo que é estrangeiros se deve a grande alienação que nosso país sofreu durante a ditadura militar, ficamos muito atrasados em relação aos países industrializados, justamente num período de grandes mudanças tecnológicas e culturais. Como não se tinha acesso a estas inovações, convencionou-se acreditar que tudo que vem de fora, é melhor.
    Acredito que melhoramentos muito. Um viva a nossa cultura...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ;) Vamos torcer para evoluirmos nessa questão.

      Excluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!