Resenha #300 - Arma de Vingança - Danilo Barbosa


Título: Arma de Vingança
Autor (a): Danilo Barbosa
Editora: Universo dos Livros
Páginas: 240
Nota: 4/5

Já vou lhe avisando: esta não é uma história de amor. Pelo menos não como a maioria delas. Haverá paixão, calor, fogo, juras de amor e lágrimas derramadas por corações machucados. 

Caramba, eu tinha muita vontade de ler este livro, ai a Juliana (Blog Entre Palcos e Livros), me presenteou com essa preciosidade, super bem cuidado e parecendo que ela nunca tinha lido. Aproveitei para conhecer o autor em um evento e fiquei mais ansiosa ainda para ler... porque o Danilo é uma pessoa incrível, de um ótimo bom humor, alegre, sorridente e completamente cativante, como não se apaixonar por uma pessoa dessa?

Falamos de Ana, uma mulher romântica e que mesmo não tendo um passado bonito no amor, ainda sonhava em viver uma história. Seu passado foi nebuloso e carregado de marcas e embora ainda tenha algumas cicatrizes que a deixa perturbada, ela ainda acredita que consegue viver um grande amor.

No entanto, não vou me lamentar mais. São apenas memórias. Apenas tristes lembranças que a névoa do tempo se esqueceu de cobrir. Por mais que sejam teimosas, querendo reviver, não vão voltar.

Ana conheceu Ricardo, um homem lindo, tinha um bom papo e no decorrer do tempo estavam apaixonados. Ela acreditava que tinha achado o amor da sua vida e mesmo que o fantasma de seu ex namorado tivesse reaparecido, ela não se deixou abalar, pois ter o amor de Ricardo era tudo que ela precisava e queria naquele momento.

Ele era super atencioso, cuidava dela, fazia surpresas, era um verdadeiro príncipe encantado. Mas não seria muita perfeição para um homem só? Do jeito que eu sou desconfiada, iria achar tudo muito estranho, mas estamos falando de Ana, que não teve um bom relacionamento e queria muito viver uma história. 

As coisas estavam caminhando rápido demais e Ricardo foi se mostrado perfeito demais, até para os melhores amigos de Ana, que apoiavam o relacionamento dos dois. Só que algumas coisas estranhas começam a acontecer. Um dos melhores amigos de Ana morre em um acidente e muitas outras coisas acontecem, inclusive Ana sofre um acidente e perde a memória, ela esquece de alguns fatos, mas com tudo isso veio uma mudança drástica. Ana se torna uma mulher, fria, calculista e vingativa. Ela se transforma em alguém completamente irreconhecível e é capaz de cometer atrocidades, para se vingar. Do que ela seria capaz? Só lendo mesmo para descobrir.

Minha cabeça só pensava em uma coisa: sobreviver. Tinha consciência de ter me arrastado pelo mato. A claridade do dia se iniciava sobre meus olhos, que mal se abriam. A boca seca com o gosto ferruginoso de sangue. Moscas sobrevoavam minhas feridas, formigas caminhavam pelo meu corpo, mas eu não pensei em desistir. Não terminaria daquela forma.

Eu gostei muito da leitura, principalmente das partes finais, Danilo conseguiu me surpreender com o desfecho, eu não esperava por aquilo. Sério! Confesso que esperava um pouco mais do enredo central. Porque fiquei muito ansiosa pela sinopse e pela frase "Esta não é uma história de amor." Claro que Danilo teve que escrever toda a uma trajetória  da vida de Ana, para que chegasse até o ponto que ela chegou. Mas eu confesso que esperava algo mais. Talvez se ele tive aumentado mais o número de páginas, para trazer uma Ana mais fria e sem nenhum escrúpulo. 

Quero que saibam que é essa é uma opinião pessoal, vocês podem ler o livro para tirar suas próprias conclusões. Eu conheci um homem nessa história, cruel, sem sentimento e completamente egoísta. Suas ações neste enredo me fez pensar, em como um ser humano pode ser desta forma, como que consegue viver assim, sobre o efeito do sofrimento de outras pessoas. Nossa... fiquei chocada com alguns de seus diálogos internos. 

Danilo conseguiu me prender no enredo, ele conseguiu me surpreender sobre o lado humano. Eu sei que no mundo em que estamos vivendo atualmente, não possa ter espaço para surpresas, mas ainda assim sempre tem alguém que aparece para nos surpreender e de todas as formas que você possa imaginar. Este homem criado pelo Danilo, foi capaz disso. Não consegui enxergar seus motivos, presumi, que por causa de sua criação, ele se tornou assim, mas porque ele já tinha isso e apenas foi aflorado de maneira negativa, só que não justifica. Se existiu um personagem que o Danilo escreveu respeitosamente bem e com direito a palmas e tudo, foi este homem. Não posso citar nomes, para não perder o brilho da história. 



Quero dizer que a capa do livro está condizente com os acontecimentos na vida de Ana. Porque é ela nesta capa, tenho certeza. A diagramação do livro está bem simples. Fonte de tamanho médio. As folhas são amareladas e tudo bem organizadinho. Não me recordo de encontrar erros de revisão, acho que não teve mesmo. Temos mais de um personagem narrando no enredo, mas a principal é a Ana, por isso falei mais dela.

Eu recomento a leitura pra quem gosta de um suspense leve, vingança, egoísmo, relações entre pessoas e um pouco de violência. No todo a história é muito boa, dá para ler sem medo de ser feliz rs.

Foi assim que saí dali, sem ter ideia do que iria acontecer. Achava que dessa vez eu teria o controle de tudo, que não cairia em armadilhas. Iludia-me que não haveria mais jogos. Mas o verdadeiro jogo de sedução estava apenas começando.

Bom pessoas, espero que tenham gostado. Eu adorei resenhar este livro, porque a leitura foi muito boa, fora que é nacional, isso por si só já tem um brilho especial. Xero!

0 comentários:

Postar um comentário

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!