Resenha #296 - Na tristeza e na alegria, o que mata é o dia a dia - José Francisco de Lara

Obra adquirada pela resenhista
Título: Na tristeza e na alegria, o que mata é o dia a dia – do matrimônio ao pandemônio
Autor: José Francisco de Lara
Editora: Cócegas
Páginas: 120
Formato: livro
Classificação: 3.5
Sinopse:
Passamos boa parte de nossas vidas à procura da companhia ideal e outra nos queixando de nossas escolhas.
De maneira simples, direta e despretensiosa, este livro analisa algumas das inúmeras falhas cometidas por homens e mulheres quando resolvem investir em um relacionamento afetivo.


Essa obra não tem pretensão de ensinar ninguém a manter um relacionamento. Entretanto mostra os erros mais comuns que culminam em separação, tudo de forma simples, prática e, na maioria das vezes, divertida.
O relacionamento é seu e você quer que EU lhe diga o que fazer?
Cai na real!
Não há uma fórmula para isso.
Um bom começo é não incorrer nos erros mencionados até então.
Apesar de ter uma visão machista em alguns momentos, ele equilibra com pontos de vista que defendem as mulheres. Isso torna a leitura mais leve e engraçada, principalmente quando ele dá os choques de realidade.
Para seu marido não acordar com a macaca... depile-se!!!
Nunca subestime a capacidade de um homem de subestimar uma mulher.
Todo homem tem quatro grandes sonhos:
Ser tão bonito quanto a mãe acha que ele é, ter tanto dinheiro quanto o filho pensa que ele tem, possuir tantas mulheres quanto a mulher dele acha que ele possui e ser tão bom de cama quanto ele acredita ser.
A leitura pode ser feita, tranquilamente, em poucas horas. Por isso, não dá para escrever muito a respeito do livro... as páginas são brancas com fonte grande e espaçamento entre as linhas é médio, o que torna a leitura agradável até mesmo na condução. Infelizmente, encontrei erro, felizmente foi só um!
Página 86: [...] pessoas que são protagonistas do problema e deixam de buscar a solução ele. Para exemplificar, vamos aproveitar a nossa antiga historinha.
Recomendo para todos, exceto para crianças devido ao tema.

Pessoal, gostaram? Deixem seus comentários, se já leram essa obra e o que acharam dela, etc.

2 comentários

  1. Olá! Eu não gosto muito do tema, principalmente do gênero, mas acho importante que esse assunto seja discutido, até porque hoje em dia vejo muitos casais se separando. 2016 tá que tá! Acho que com a leitura do livro, podemos entender melhor o que não fazer em um casamento, culminando-o a dar certo.
    Abraço!
    Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Oi Ninah!

    Achei bem legal a sua resenha, mas não sou muito adepta a livros tipo auto ajuda... rsrsrsrsrs Acho que leria esse para dar algumas risadas só!

    Mesmo assim, ótima resenha! Bjo bjo^^

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!