Resenha #274 - Os Sonhos de Rita - Gislaine Oliveira

Livro cedido em book tour pela autora.

Título: Os Sonhos de Rita
Autora: Gislaine Oliveira 
Livro Independente
Páginas: 154
Nota: 3/5

Rita acordou sorrindo. Quem era aquele garoto? Ele era lindo. Moreno, alto, com um sorriso no rosto. E ele parecia amá-la. Não. Ele a amava, ela podia sentir isso no próprio sonho.
Olá pessoas!!!

Hoje eu venho com mais uma resenha nacional. Estou adorando essa fase de curtir as duas tendências como se fossem uma só. Estrangeira e Nacional, caminhando comigo de mãos dadas. 

Hoje contarei para vocês a história de Rita, mas antes de começar a resenha devo dizer que esperava um pouco mais da narrativa. Não é o primeiro livro que leio da Gi, mas confesso que criei muitas expectativas. A leitura foi boa, deu para distrair, mas eu esperava algo mais desenvolvido e detalhado. Na resenha explicarei melhor.

Nesta narrativa em terceira pessoa, onde o contador de história sabiamente fala sobre os sentimentos de Rita, seus desejos e ansiedades. Conta sobre seus amigos e suas descobertas e incertezas também.

Rita, é uma adolescente, que está no final de ensino médio e logo virá a tão sonhada formatura. Tem amigos leais. Um namorado maravilhoso, que a ama muito. Ela não poderia estar mais feliz, até que tem um sonho premonitório, onde sonha que irá se casar, mas o noivo não é Felipe, o seu atual namorado.

Rita tem sonhos do futuro e até então sonhar com isso não era problema nenhum. Seu namorado Felipe sabia do segredo e os melhores amigos de Rita também. Eles sempre andavam juntos e sempre estavam unidos. Mas a vida de Rita virou de cabeça para baixo, quando ela passou a sonhar constantemente com seu próprio casamento. Ela parecia bem feliz, mas mesmo o rosto do noivo estando meio embaçado, ela tinha certeza de que o noivo não era seu grande amor.

Após esse sonho,Felipe começou a ficar tenso, chato e mais ciumento do que já era. Um namoro que parecia bem saudável, passou a ser meio sufocante. Felipe não conseguia pensar em mais nada, apenas em ajudar sua namorada a se safar deste casamento. Embora sendo muito novos, eles já tinham tudo planejado e este casamento infundado não estava nos planos deles.

Felipe e seus amigos sabiam que, os sonhos de Rita aconteciam, mas mesmo assim não perdiam a esperança de que eles conseguiriam algo para contornar a situação. Foi isso que eles fizeram. Os amigos de Felipe e Rita tentaram ajudar o casal a se desvencilhar desse destino que eles não tinham planejado.

Rita também tentou, ela foi até uma cartomante, mas nada adiantou, a cartomante não quis lhe dizer muita coisa, mas ficou óbvio que ela sabia dos dons de Rita. Um namoro que era lindo, passou a ser sufocante... e as mentiram que não existiam entre o casal, começaram a brotar de todos os lados. O temperamento de Felipe ficou mais explosivo. Rita apenas chorava com a situação e tudo ficou pior, quando Rita finalmente sonhou e viu o rosto do noivo, alguém totalmente desconhecido e que Rita não tinha a menor ideia de quem era até chegar um aluno novo na escola, Thiago. O noivo.

A história foi bem legal, mas sinceramente me senti muito irritada com Rita, pensa numa menina chorona. Depois que ela sonhou com este casamento, ela não sabia fazer outra coisa a não ser chorar. Gente, confesso que eu não me irrito fácil com personagens e busco entendê-los da melhor forma sempre. Mas essa Rita ultrapassou dos limites de chorar, achei que ela não fosse parar nunca. 

Felipe, de bom namorado e compreensivo, passou a ser um grude. Não fazia mais nada a não ser ficar com a namorada e aguentando ela se lamentar pelo o que poderia acontecer. Ele perdeu a noção de quem era e passou a viver exclusivamente para o namoro.



Poxa, achei que fosse gostar mais da leitura. Como eu disse ela não foi ruim, mas me irritou com os choros de Rita. Fora que a história por ser curtinha, pareceu que tudo corria sabe. Não teve tempo de sentir os acontecimentos. Os personagens mereciam um desenvolvimento maior, até para que os acontecimentos fosse mais verídicos. Confesso que mesmo gostando do final do livro, que foi muito fofo, eu me senti frustrada pela correria com que a história foi contada. 

Eu fico com receio de ler livros curtos por causa disso, eles sempre me deixa com a sensação de que faltou algo a ser contado.



A diagramação do livro é bem simples. A capa retrata bem o casal e o local que eles gostavam de ficar, aliás essa capa é bem condizente. As folhas são amareladas e a fonte de um tamanho bem confortável para a leitura. Nas folhas tem uns desenhos de arabescos dando um charme maior ao livro. Não percebi erros de revisão. 

Para quem curte romance adolescente e sobrenatural de maneira bem leve, pode curtir o livro. Lembrando que esta é apenas a minha visão da história. Aconselho que leiam e tirem as suas próprias conclusões.

 Não conseguiam se conformar com aquilo. O futuro devia ser o presente. Juntos. Nada poderia separá-los. Um amor tão puro, tão verdadeiro. Que futuro seria este? Separados? Isso era impensável.

Xero no coração de todos!
Não deixem de participar do top comentarista!



24 comentários

  1. Oi, Di!
    Eu tenho muita vontade de conhecer esse trabalho da Gi.
    Eu também não tenho paciência com personagens chorões... Desisto logo ahahhahahah mas a história aqui parece que compensa esse lado.
    Beijos
    Balaio de Babados
    Participe da promoção de aniversário do blog Crônica sem Eira

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lu, tudo bem??
      Ela chora demais... mas história tem seu encanto, só gostaria que o livro tivesse mas história, porque tinha muito potencial para crescer... Xero!

      Excluir
  2. Oi Dih.
    Não fiquei animada em ler 'Os sonhos de Rita'. Achei interessante a Rita ter sonhos premonitórios, mas a sua atitude chorar compulsivamente e de Felipe ter ficado paranoico com o namoro, não me agradou.
    Mas, achei a capa bem bonita.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Pamela... essa parte do livro irrita sim... mas acho que é a questão de ponto de vista mesmo... eu gosto de livro mais grossinhos, pode ser birra minha, sinto sempre falta de algo mais... Xero!

      Excluir
  3. Oi.
    Muito boa sua resenha, mas deixo passar essa dica. Não sou muito fã do gênero romance, tem que ter uma premissa muito especial para me conquistar e essa obra não me chamou a atenção. Mas com certeza será sucesso para os fãs desse estilo literário. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Márcia,

      Entendo perfeitamente... gosto é algo complicado mesmo, mas tem muita gente que gosta... li muitas resenhas empolgantes... Xero!!!

      Excluir
  4. Pena que você não gostou muito, a história parece promissora apesar desses "choros" todo da Rita. Bem, gostei da sua sinceridade, resenhistas que só elogiam o tempo inteiro acabam não sendo sinceros e a gente não sabe se a obra é boa mesmo ou se elogiaram só por elogiar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alessandro...
      Eu costumo ser bem sincera nas minhas resenhas... se me agradou eu falo se algo me irritou também haha... aqui a personagem chora muito... cheguei a ficar muito irritada, mas a autora me disse que ela também é assim, então talvez tenha algo dela... a história é boa... só senti falta de algo mais... Xero!

      Excluir
  5. Olá! Sei bem o que é sentir essa sensação de poderia ter acontecido algo a mais ou então de que o livro correu um pouco. mas gosto de histórias curtas. acho que o autor quando consegue escrever bem uma história em poucas palavras merece aplausos. rsrs

    Adorei sua resenha, super sincera e me deixou com vontade de ler o livro pra saber mais detalhes. Tu escreves muito bem!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vanessa, tudo bem??
      Muito obrigada... que bom que gostou da resenha... eu tentei falar exatamente o que senti no decorrer da leitura... Sim eu também concordo quando o autor escreve uma história curta merece aplausos... a Gi merece... quero sempre ler algo que ela escreva... só que nesse senti falta de algo e achei que a história poderia ter se desenvolvido um pouco mais... Xero!

      Excluir
  6. Oi, não conhecia o livro e nem a autora, mas a premissa do livro não me agradou muito, não sei porque, talvez a personalidade da Rita não me agradou, por ela ser chorona e por seu namorado passar a ser um grude. O livro parece ter essa pegada meio adolescente com a personagem principal tendo poderes de ver o futuro, e eu sinceramente, achei a premissa fraca e sem sal, por isso, não leria.
    bjus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá... Thatyane,

      Entendo a sua opinião e respeito... a livro é curtinho, por isso da correria... senti falta de um desenvolvimento maior, porque sou a louca que gosta de livros com muitas páginas e detalhes... mas de longe achei a história sem sal, foi muito boa para descontrair, mas é assim mesmo né... Xero!

      Excluir
  7. Oi, Di!
    Pior que quando eu li a sua introdução com a premissa da história eu já tava empolgada, achando que seria um bom livro, mas gente... eu detesto, de-tes-to personagem chorão. E puxa vida, ficar se lamentando por algo que nem aconteceu ainda? Tudo bem que são adolescente, que rola uma insegurança e tal, mas assim é exagero. Agora to em cima do muro sem saber se leio ou deixo passar... aiaiai....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nu...
      Então pensei o mesmo que você... são adolescentes e eles costumam ser muito intensos, mas a Rita chorava demais e isso chegou num ponto que me deixou irritada... mas eu curti a leitura... só achei que ela poderia ser um pouco mais desenvolvida... tinha história para isso... enfim... Xero!

      Excluir
  8. Oi Di, tudo bem?
    Demorei um pouquinho para aparecer por aqui, pois estou trabalhando em alguns projetos :3 Mas aqui estou =D
    Di, muito obrigada pela sua sinceridade. É disso que eu gosto na blogsfera sabe? Estou sempre defendendo essa bandeira. Acho que isso é que é bacana. Todo mundo poder expressar sua opinião :)
    Pena o livro não ter ta agrado taaaanto assim. Mas são coisas que acontecem não é mesmo?
    Mas confesso que a Rita é supeeeeer chorona, hahah, mas eu também sou :3 Muita gente fala sobre isso, mas só porque não me conhecem pessoalmente hahhaha. Eu choro até quando durmo kkkk
    Enfim... quero agradecer por sua atenção, pela resenha, pela sinceridade e pelo carinho que você sempre teve comigo. Espero que você possa ler outras histórias minhas, mais longas (ando trabalhando nisso) e com personagens mais sorridentes =D
    Um beijão
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Gi... sempre vou querer algo que escreva... essas são as experiências da vida... eu agradeço por ter aceitado a minha sinceridade na resenha, eu gosto de ser sincera sempre... claro sem ofender ninguém... a Rita me irritou com seu excesso de choro, mas se tu és assim... então tá rsrsrs... já fiquei aqui ansiosa com esses futuros trabalhos e pode contar comigo sempre... se tiver ao meu alcance... Xero!

      Excluir
  9. Oi Diana!
    Achei a premissa bem interessante. Mas uma personagem chorona é algo realmente irritante. Tenho lido ótimos nacionais recentemente e acho muito legal ver novos autores nacionais conquistando seu espaço. É uma pena que a leitura tenha sido um pouco corrida, mas acho normal já que o livro é cutinho. Acho que mesmo assim vou conferir a obra e tirar minhas próprias conclusões.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Vania...
      Sim acho válido você... dar uma conferida na história para tirar suas conclusões... depois me fala o que achou... A Rita chora em excesso, por isso me irritou... os nacionais já fazem parte da minha vida... as vezes quando leio um livro, tenho que voltar na capa para ver se é nacional ou estrangeiro de tão bom que é e quando me deparo com nacional... fico mais feliz ainda... Xero!

      Excluir
    2. Oi Vania...
      Sim acho válido você... dar uma conferida na história para tirar suas conclusões... depois me fala o que achou... A Rita chora em excesso, por isso me irritou... os nacionais já fazem parte da minha vida... as vezes quando leio um livro, tenho que voltar na capa para ver se é nacional ou estrangeiro de tão bom que é e quando me deparo com nacional... fico mais feliz ainda... Xero!

      Excluir
  10. Eu achei bacana a premissa do livro! Creio que vou gostar, apesar de Rita chorar tanto hahaha

    ResponderExcluir
  11. Realmente, deixa a desejar esse livro. Não gostei da história, parece ser meio sem noção. Sinceramente não me encheu os olhos nem um pouco.

    ResponderExcluir
  12. Não conhecia esse livro mas vendo aqui fiquei com a impressão de que iria me irritar muito com essa personagem. Tem umas que não dá, fico torcendo a cara a leitura toda e acabo odiando o livro. Não gostei dela e por isso acho que não leria =/

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Ainda não li nada da autora e lendo a resenha gostei muito da historia que tem potencial, mas acho que se ler esse livro irei me irritar muito com os personagens pois ao longo da resenha nem a Rita nem o Felipe me conquistaram !!

    ResponderExcluir
  14. Olá..
    Nunca li nada da autora mas não leria esse tipo de livro.
    Eu gosto de romance sim, mas não gosto de personagens fracos e choroes o que parece ser o caso desses aqui..
    Vi que você não gostou muito do livro e me sinto mal por isso, portanto espero que as proximais leitiras sejam melhores.
    Beijuh

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!