Resenha Coletiva #15 - Deadpool parte 2 de 3

Olá, pessoal. Hoje trago alguns números de um dos personagens da Marvel que mais amo: Deadpool, espero que gostem... Tive que dividir em três partes, pois ficou um pouco grande em apenas duas postagens. Mas antes vamos relembrar o que rolou na primeira parte?


Deadpool parte 1 de 3

Dados Gerais dos Volumes Apresentados:

Títulos: Deadpool vol. 4 ao 7
Editora: Panini Comics
Coleção: Marvel Comics
Páginas: 148
Formato: HQ


Título: Deadpool Vol. 4 - Pior que a Morte?
Roteiro: Daniel Way / Jimmy Palmiotti
Desenhos: Salva Espin / Alé Garza / Liam McCormack-Sharp
Arte-final:  Sean Parsons
Cores: Dommo Sanchez Aymara / Guru EFX / Marie Javins
Classificação: 5.0



Essa é uma das melhores revistas, não coloquei a sinopse por causa do spoiler e exatamente por isso que não posso falar muito. Mas sem dúvida esse volume vai te deixar de queixo caído, são muitas reviravoltas e surpresas que te aguardam, as histórias estão completamente insanas, além do lado cômico do Mercenário Tagarela estar nas alturas, para vocês terem ideia de como não estou mentindo encontrei logo na primeira página o Wade no banheiro, de calças arriadas, lendo jornal quando de repente, ele percebe que está na mira da arma de um de seus grandes inimigos. Entretanto, o "Lança-chamas Humano" vence em disparado nas cenas non sense dos quadrinhos. Na revista encontramos também, algumas capas do Deadpool em participações especiais e a mais sensacional foi ele dançando Gangnam Style, surreal!



Título: Deadpool Vol. 5 – A Guerra de Wade Wilson
Roteiro: Duane Swierczynski, Fred Van Lente e Mike Benson
Desenho: Janson Pearson, Dalibor Talajic e Carlo Barbieri
Arte-Final: Janson Pearson, Dexter Vines e Juan Vlasco
Cores: Paul Mounts e Marte Gracia
Classificação: 5.0


Sinopse:
O governo investiga os responsáveis por um sangrento massacre onde dezenas (ou milhares, depende da fonte) de inocentes foram chacinados. E a principal testemunha é ... Deadpool! O depoimento do Mercenário Tagarela pode revelar muito mais do que um simples trabalho que deu errado, e muita gente não vai gostar nem um pouco dessas revelações. E ainda: histórias inéditas de Deadpool ao lado de Hércules e dos Irmãos Zapata!


Essa foi de longe a melhor história de todas! Além de nos dar algo no qual pensar, ela nos monstra um dos planos mais complexos que Wade já elaborou. E o final é do peru!!!

Título: Deadpool Vol. 6 – A Tropa Deadpool
Roteiro: Victor Gishler
Desenho: Rob Liefeld, Phillip Bond e Paco Medina
Arte-Final: Juan Vlasco e Kyle Baker
Cores: Matt Yackey, Tomislaw Tikulin e Edgar Delgado
Classificação: 2,5

Sinopse:
Cansado de ser rejeitado por grupo de heróis como os Vingadores, os X-men, os Defensores, e os Campeões (dentre outros), Deadpool decidiu criar sua própria equipe, composta do melhor que ele conseguiu encontrar: versões multidimensionais dele mesmo! Afinal de contas, o que poderia dar errado num grupo com cinco Deadpools diferentes? É uma pergunta retórica.


Nessa revista temos a criação do Dogpool (denominado Capeto), as aventuras de sua versão criança (Tito) com os X-men também pequenos, as aventuras da cabeça falante (Pouca Sombra) e de sua versão feminina (Peitão). Além de se tratar do multiverso, - que eu não suporto - a última história é da Tropa no universo em meio à aliens – que eu também não curto nem um pouco – e para mim a revista inteira foi arrastada e super chata.


Título: Deadpool Vol. 7 – Para salvar o Universo: Tropa Deadpool
Roteiro: Victor Gischler e Frank Tieri
Desenho: Rob Liefeld e Matteo Scalera
Arte-Final: Adelso Corona
Cores: Matt Yackey e Matt Wilson
Classificação: 2,0


Sinopse:
Para salvar nossa realidade da extinção, os Anciões do Universo, entidades de sabedoria infinita, decidiram convocar um exímio combatente, um herói excepcional capaz de realizar a missão mais importante da qual já se teve notícias! Para isso, este valoroso indivíduo reuniu uma equipe de versões dele mesmo vindas de outras dimensões, a Tropa Deadpool! E estas são as desventuras galácticas de seu líder, Deadpool, o Mercenário Tagarela, e sua destemida força-tarefa!
Tudo isso faz a gente questionar bastante aquela história de “entidade de sabedoria infinita”, não?


Essa é a pior dentre todas as histórias que li até agora! Realmente foi um porre terminar essa revista. O que salvou a revista de ir para o descarte foi a história de Frank Tieri, que fala apenas do Deadpool e sua ida ao psicólogo! Espera, “psicólogo”? Está certo isso? Só posso dizer que é simplesmente hilária essa parte!!!


De forma geral, não curti nenhuma das histórias com os personagens do universo alternativo, mas teve algo que eu realmente odiei foi a arte de Rob Liefeld!!! Tudo bem que foi essa pessoa que criou o Deadpool em conjunto com o Fabian Nicieza nos anos 1990 e eu agradeço imensamente a eles, pois eu amo esse personagem. Mas fala sério, ele desenha muito mal, tem vários quadros toscos nas histórias que ele fez, coisas sem sentido e outras completamente deformadas.

Recomendo para quem goste de: comédia, suspense, ação, Deadpool, Marvel.

Não recomendo para quem: não goste dos itens acima, de anti-heróis, histórias sanguinolentas e completamente piradas.

Pessoal, gostaram? Deixem seus comentários, se já leram essa obra e o que acharam dela, etc.


1 comentários

  1. Oi, Ninah!
    Nunca li nenhum dos livros/quadrinhos/revistas da Marvel, mas amo os filmes <3
    E só semana passada que assisti Deadpool e tipo, adorei.
    Quase morri de rir :P
    Espero que eles lancem mais filmes dele, porque é a única forma para eu embarcar no mundo do Deadpool.


    BEijos!
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!