Resenha #259 - Inverno Negro - Stefano Sant'anna

Livro cedido pela editora

Título: Inverno Negro
Autor (a): Stefano Sant'anna
Editora: Empíreo
Páginas: 348
Nota: 4/5

Pensando bem, essa situação não me era nova. Desde criança, descobri que as pessoas te desprezam por não conseguirem te atingir.  
Desde o lançamento da capa deste livro tive vontade de lê-lo e fiquei intrigada comigo, porque era algo que fugia de minha zona de conforto, mas eu queria arriscar, quando surgiu a oportunidade, apenas mergulhei na leitura sem muito o que pensar ou esperar, afinal, eu estava entrando em um mundo diferente, mas de escritor nacional. Quer coisa melhor? 

Leonan, tem apenas 16 anos. Mas é completamente invisível. Aliás ele tenta ser quando ninguém zoa com a cara dele ou joga bolinhas de papel na escola. Ele sempre foi muito sozinho, pois a relação com sua mãe não era das melhores e ele preferia ficar escondido em seu quarto, lá ele se sentia em casa, mesmo que algo que ele sentia lhe faltasse. Ele sempre sentiu falta do pai. Nunca o conheceu, até onde sabia ele havia morrido em um acidente. 

Certo dia, mais uma vez ele passa mal na escola e mais uma vez é motivo de zombaria entre os alunos e até mesmo dos superiores, que dizem estar ali para educar. No fim, algo estranho acontece. Sua mãe que nunca lhe deu a devida atenção, de repente aparece na escola para buscá-lo de moto. Aquilo o deixa surpreso, porque ele jamais imaginou que ela fosse buscá-lo qualquer dia na escola e muito menos em uma moto.

Sua infância não foi das melhores, ele apanhava, ficava de castigo por qualquer coisa e sua mãe mal lhe dava atenção e tinha seus mistérios, várias vezes ele ouviu seus soluços. 

Quando chegaram em casa, ela estava mais misteriosa do que o normal, dizendo que ele corria perigo e que eles o acharam, mas não deu maiores explicações. Algo aconteceu e a porta de sua casa foi abaixo, um caçador apareceu e ele estava ali atrás dele. Leonan, descobriu algo que sua mãe guardava no quarto e o caçador pediu que ele colocasse uma espécie de bracelete em seu braço e depois descobriu que era o Invólucro Alfa. Uma especie de bracelete com poderes que iam além da magia, mas isso, só será bem explicado e entendido se você ler o livro.

De súbito, a porta da sala foi escancarada por um homem de quase dois metros de altura. O barulho assustador ecoou pela casa. O homem invadiu, apontando uma espada enorme em nossa direção.
Leonan descobriu de forma muito confusa que era um príncipe e do nada foi jogado no Império Velho, um mundo completamente diferente da terra, onde tinha seres mágicos e a essência do Éter. Em sua chegada em Ungrol, ele repara nos seres quase humanos, mas completamente estranhos. Na hora ele chama atenção até conhecer Pittsonn, que o tira dos olhos curiosos e o leva para uma taverna, onde está acontecendo uma comemoração completamente indevida.

Lá as coisas não melhoram, pois parece que Leonan, não consegue controlar o poder do bracelete e ele começa a se iluminar de uma forma causando uma enorme confusão no local e eles tem que fugir de lá de uma forma que até ele desconhece.

Ele se sente perdido, porque todos ali parecem saber sobre ele bem mais que ele mesmo e aquilo o deixa irritado, mas sua paciência e bondade não deixa que isso o afete tanto. Aliás, nunca vi personagem tão bonzinho como ele. Claro que o fato dele ter sido criado longe de seu reino, o faz ficar perdido, mas ele é corajoso e mesmo sem saber muito das coisas, ele consegue se safar dos perigos ainda que saia muito machucado.

Uma guerra está por vir, em quem você pode confiar? Quem são seus verdadeiros amigos? Será que o poder do Inverno Negro irá sucumbir a luz? Leiam.

Eu confesso que fui pega de surpresa nesta narrativa. Achei que não fosse gostar da história. Mas, me senti presa em alguns momentos, e confesso mais, principalmente na parte das ações. O leitor vai descobrindo do que Leonan é capaz junto com ele. A narrativa em primeira pessoa, ajuda muito a compreender seus pensamentos e sentimentos. Ele descobriu tudo muito rapidamente. Que era um príncipe, que pertencia a outros mundo e que toda a sua vida anterior não passava de uma mentira... e mesmo com toda a sua insegurança de um jovem de 16 anos, foi pulando os obstáculos e não se entregando facilmente. A sede de conhecimento e descobrir as suas origens era mais forte que ele. As amizades feitas ao longo do caminho também foram essenciais.

Eu gostei da escrita simples de Stefano. Ele descreve bem seus personagens e coloca os secundários com bastante precisão para que a história não fique monótona e a aventura siga deixando aquele frio na barriga. O enredo tem um bom desenvolvimento e a descrição do ambiente é simples, sem muitos detalhes, assim a leitura flui de maneira mais rápida. Claro que quero a continuação, porque pelo que percebi não é um livro só, ficaram algumas pontinhas para um próximo livro, tem algumas coisas que ainda precisam ser explicadas. Se tiver mesmo, espero que não demore a sair. #ficaadica. 



A diagramação está muito bem feita. A capa é condizente com a história. Temos um mapa no inicio do livro (adoro), no final temos um glossário, onde explica algumas palavras e significados. Eu achei essa parte bem legal, para melhor entendimento e confesso que algumas vezes fui lá para definir melhor meu entendimento, vale a pena. O livro é de um tamanho menor que o normal. É leve e de folhas amareladas, com fonte de tamanho médio. Encontrei raros erros de revisão, com letras a mais em algumas palavras, mas nada que atrapalhe a leitura. 

Para quem curte fantasia, amizades verdadeiras, mistério, busca do auto conhecimento, confiança colocada a prova e um final meio que bombástico (não esperava por aquilo haha) o livro é super indicado, para que não tem costume de ler (assim como eu) pode se aventurar sem medo de ficar cansado, porque a leitura é rápida. Li em 3 dias. Se tivesse mais tempo, teria lido em menor tempo.

Quero agradecer a editora Empíreo, por acreditar em nosso autores nacionais. Muito precisam apenas de uma oportunidade. Apenas uma chance. E a editora faz isso dentro de suas possibilidades, porque ela é exclusiva de livros nacionais, por isso tenho um grande amor por ela. 

A pressão não aliviava. A visão começou a falhar. As forças foram embora e, quando não havia mais ar dentro de mim... abri os olhos para a vida real estremecendo por dentro.

Espero que tenham curtido e deixem seus comentários, falando se gostaram, se já conheciam ou se pretender ler. Obrigada pelo carinho de sempre leitores queridos!!! Xero!

9 comentários

  1. Oi, Di!
    Segunda resenha que leio desse livro e ela me deixou bem mais curiosa.
    Eu amo fantasia e faz tempo que não leio uma nacional.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Tenho visto muitos livros bacanas lançados pela Empíreo. Essa capa é realmente linda, o livro parece ser cheio de ação e aventura, tem uma história bacana e gostei bastante de saber que há um mapa e um glossário (essenciais em fantasia, não é?!). Sua resenha está bem completa e mostra como você e o livro se deram bem!... XD Beijo!!!

    ResponderExcluir
  3. Oi, não conhecia o livro ou o autor, mas achei a premissa bem interessante e como gosto de fantasias e é um nacional, é mais um motivo para me incentivar a lê-lo. Quero muito saber o que aguarda Leonan nesse mundo fantastico e o desenrolar de sua historia e sua trajetória nesse novo mundo.
    Dica anotada.
    bjus

    ResponderExcluir
  4. Oi Diana, eu vi esse livros por esses dias e achei a capa meio estranha mas tinha gostado dela. Adorei ver a sua resenha e saber mais sobre essa obra. Fiquei curiosa com o desenvolvimento da trama, mas não sei se é algo que eu leria.

    ResponderExcluir
  5. Oi,
    Muito bom quando somos surpreendidas com a narrativa do autor, não esperava nada e aí gostamos!! Muito bom. Parabéns para a editora que acreditou no autor e na história.
    Fiquei curiosa para saber como o personagem vai lidar com toda essa descoberta. Um menino que vivia tão as escondidas e se vê em uma situação tão inusitada.
    Beijos e obrigada pela dica

    ResponderExcluir
  6. Oi Diana!
    Menina estou surpresa com tamanho talento nacional que tenho descoberto através do blog!
    Nunca em toda minha vida, achei que tivéssemos tantos autores maravilhosos, por isso que amo indicar livros, as pessoas precisam conhecer mais nossos divos e divas!
    Adoro livros de fantasia com aventura, onde o personagem vai se descobrindo junto conosco, é maravilhosa essa jornada, super me animei em ler!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  7. Oi Dih, é a segunda resenha positiva que leio sobre esse livro. Sou fã de fantasia e fico contente com cada novo título que é lançado. Gostei bastante da premissa, gostei de saber que ele vai para um reino/dimensão, onde ele vai se encontrar e se tornar forte. Fiquei imaginando a cena de ação quando li o quote, deve ter sido emocionante. Sua resenha está linda, beijos!

    ResponderExcluir
  8. Olá, tudo bem?

    Adorei a sua dica sobre o caso de se for ter continuação, que não demore a siar. Que todos os autores que pretendem fazer ou já fazem histórias com continuações e as editoras também: te ouçam! hahaha.

    Já tinha lido uma resenha hoje mesmo sobre esse livro e já estava curiosa, agora fiquei ainda mais. A premissa me conquistou e fiquei curiosa (li por aí) que a a mamy adotiva de se... pois - risos - quero ler pra saber se o que ela faz se encaixa no contexto. Enfim, indicação entrando pra listinha de desejados. Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Olá Diana, acho que ainda não li nenhum livro da editora, mas sempre vejo ótimas críticas. Adoro fantasia então estou certa que a leitura me agradaria bastante, sem contar que acho muito bacana livros com glossário para explicar alguns termos que o autor decidiu utilizar na obra, ainda mais se os mesmos foram criados pelo próprio autor. A capa está incrível também, aumenta ainda mais a vontade de ler.

    Super beijo

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!