Suas Escrituras... Diana Canaverde... Amargo Engano...

Olá... pessoal, tudo bem??
Eis-me aqui com um conto ou texto que escrevi há dois dias e não resisti e trouxe para vocês, peço a opinião sincera e digam o que acharam?
Essa coluna está meio parada por falta de textos, mas espero que as pessoas que escrevem seus textos, contos e até frases possam se interessar e enviar para que possamos compartilhar aqui com vocês. E enquanto isso não acontece, aqui está uma produção exclusiva minha.


Amargo Engano
Por Diana Canaverde.

Neste dia que achei que jamais fosse esquecer e ele se tornou completamente necessário para o meu esquecimento, pois é impressionante como podemos sentir um verdadeiro encanto por alguém e esse sentimento ruir de maneira totalmente inesperada, porque simplesmente não conhecemos as pessoas e não queremos julgar e as suas atitudes se mostram tão falhas e tão nojentas a ponto de um embrulho surgir dentro de seu estômago todas as vezes que essa pessoa aparece em sua frente. 

Ontem meu olhar era diferente, era de aproximação, de envolvimento e de querer muito bem essa pessoa. Hoje eu o vejo como um ser que veio para o mundo de paraquedas sem nenhum tipo de vínculo emocional, apenas para trazer sofrimento e sentir prazer em causar isso. Esse tipo de pessoa tem uma máscara forte e completamente invisível e por mais que no momento eu estivesse cega, havia os pequenos sinais. Os pequenos detalhes. Eu sou observadora e mesmo envolvida por esse sentimento solitário, sentia que algo estava fora do lugar. Só não sabia ainda o quê exatamente, mas o tempo iria passar bem rapidamente. E por mais que ele fosse esperto ou se achasse, eu era mais. Eu sou mais.

Passei por quase todas as fases dos sentimentos – ainda que de maneira solitária – mas o pior não foi ter somente sentido ou apenas me iludido com a remota possibilidade, mas a decepção de saber que não chegou aos pés dos que meus sentimentos foram doados... Na verdade, senti sozinha e ainda bem que sim. Descobrir o que há por trás daquele rostinho bonito, simples e olhar profundo... Não foi exatamente uma decepção, talvez um pouco, melhor falar a verdade e dizer que foi muito, mas saber que seus olhares não eram para mim, mas sim através de mim e em outra direção, na direção do meu tudo, da minha vida e do meu verdadeiro significado de respirar, foi dolorido e nojento. 

Ainda sinto esse sentimento aqui dentro, forte, dolorido e cicatrizando lentamente, porque infelizmente o coração pode ser traiçoeiro e te enganar, faz você simplesmente gostar e as coisas fugirem um pouco de seu controle, mas consegui manter um pouco de minha sanidade mental e com o tempo de perceber, que os sinais não eram para mim e sim além. Como um homem que se diz homem de valores e princípios, age de forma madura, sincera e com troca de olhares intensos e no fundo, foi apenas um uso, um meio de chegar no seu verdadeiro objetivo, que é influenciar e subjugar alguém.



Ele... Não acredito que ele, teve esse tipo de olhar e não sei por que me surpreendo ainda com eles... Não sei por que ainda tenho esperança que boa parte deles seja de verdade, que mereçam o meu respeito e o respeito de seus familiares, porque eu tenho certeza de que nenhum deles tem a noção do que ele é capaz, do que ele pode fazer. Porque isso é totalmente cruel e nojento. 

Raiva é o que eu sinto neste momento por ter me deixado levar pela carência, pelos encantos, pela atenção, no fim fui um objeto de uso, uma peça em um quebra cabeça ou de um jogo qualquer e apenas por um objetivo, chegar além de mim. Passar por mim como se não fosse nada, como se não tivesse ali e além de me encantar – inicialmente sem esforço – e alimentar esse sentimento, simplesmente passou por mim, me deixou ali jogada e foi de encontro ao que ele queria desde o primeiro momento que nos viu e eu não fui capaz de perceber a tempo e agora uma parte de mim se foi e eu estou aqui nesse vazio que só se alimenta de culpa e vaga por ai na escuridão.


Se você tem um texto, poesia, frases inspiradoras de sua autoria e queira dividir com o blog e os demais leitores, podem me enviar um e-mail, que irei postar com os devidos créditos. E-mail: diana.canaverde30@gmail.com. Assunto: Suas Escrituras.

Esse conto ou texto foi escrito em cima de um sentimento de raiva que senti diante de uma situação bem chata... infelizmente não conhecemos as pessoas e podemos nos decepcionar com elas mesmo sem conhecê-las direito... tem um quê de realidade e ficção.

Espero que tenham curtido... xero no coração!!!


29 comentários

  1. Seu conto está muito bom. Nada melhor que esse drama psicológico, perceba como quase não há ação (tudo já aconteceu no passado), todo o problema se passa no conflito sentimental que a protagonista está passando, arte pura!

    Parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom seu texto e com certeza você conseguiu transmitir a raiva que estava sentindo... rsrs

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Diana, seu texto está lindíssimo e muito bem desenvolvido. Raiva... quem nunca sentiu? Realmente é decepcionante quando confiamos em alguém essa pessoa quebra a nossa confiança.
    Adorei a ideia da coluna e a oportunidade das pessoas apresentarem o seu trabalho. Muito sucesso ao blog!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Olá Diana,
    Nossa que texto mais incrível.
    Eu tenho o costume de escrever, mas não divulgo meus textos, tenho vergonha :(
    A raiva é um sentimento predominante quando nos deixamos levar pela carência. Espero que você escreva mais, pois o texto é incrível.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Diana, teu texto está bastante intenso, de sentimentos latentes e desesperados, quase um grito sufocado. Na vida às vezes aparecem vampiros seres que se alimentam das energias de quem os acolhe com carinho, acho que foi isso que aconteceu, então siga em frente e não deixe se desanimar, ninguém além de ti é responsável pela tua felicidade ou infelicidade, só você pode decidir isso.
    Beijos, quero ver um conto mais feliz da próxima visita 😙

    ResponderExcluir
  6. Oi querida.
    Tudo bom. No seu texto deu para sentir sua raiva, gostei muito do seu desabafo em forma de texto.
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Olá Diana,
    Gostei bastante desse post, ainda bem que você voltou e espero que tenha sempre <3
    Você conseguiu passar o que queria, deu para perceber a raiva e o seu desabafo, o sentimento está bem visível.
    Aguardo novos textos e sucesso!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi flor, através desse texto você conseguiu expressar todo o sentimento que estava sentindo no momento, sua raiva ficou bem clara diante das palavras aqui escritas, se era isso que você queria transparecer, conseguiu!

    Super beijo

    ResponderExcluir
  9. eu sinto todos esses sentimentos.
    Como pode a gente ter esse misto de coisas no coração da gente.
    Apesar de fazer meses que tive um termino, ainda sinto muito do que citou no texto.

    Beijinhos, Helana ♥
    In The Sky, Blog / Facebook In The Sky

    ResponderExcluir
  10. Oiee ^^
    Felizmente, acho que eu nunca conheci alguém como a pessoa que você citou ali em cima, sem sentimentos, e que trata os outros como se fossem nada. Conheci pessoas desagradáveis, mas foi só. Não sei se sou sortuda, ou se estou comemorando cedo demais. Sinto muito que você tenha passado por uma situação chata assim, espero que esteja tudo bem agora :)

    ResponderExcluir
  11. Seu texto me fez lembrar-se de um que eu escrevi uma vez, a raiva era tanta que eu não consegui segurar, tive que escrever pra não dar na cara da pessoa rsrs. Acabou que ele ficou esquecido em meio a tantos outros que eu já escrevi porque não tive coragem de postar. Vou considerar a ideia de mandar pra ti...Em anonimo rsrs.
    gostei bastante do texto, parabéns, beijão!!

    ResponderExcluir
  12. Oi, Di!
    Adoei seu texto, você consegue se expressar de uma forma muito leve. É como se o protagonista estivesse em uma fase de análise de perspectivas. Tudo já aconteceu, e você nos mostra os sentimentos que restaram. Só uma dica: na hora da revisão, pegue as frases grandes e reduza-as. Não fique com receio de ter muitos pontos finais em um parágrafo. ;)
    bj!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nuccia, muitissimo obrigada pela sua dica... vou levar em consideração nos próximos textos... :D

      Excluir
  13. Olá!

    Simplesmente adorei! Não sabia que você escrevia tão maravilhosamente! Já anotei seu email aqui para, quando eu tiver algo bacana, compartilhar com você e seus leitores!

    ResponderExcluir
  14. Oie
    que bom que voltou com textos haha está bem reflexivo e forte, sou suspeita pois adoro textos que me fazem refletir hehe parabéns

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá
    Gostei muito do seu texto, você consegui transparecer muito bem sua raiva e de decepção. Existem pessoas que são assim, que se alimentão do seu bem estar e assim que se fartam somem, pena que é muito dificil identifica-las e ainda por cima elas são tão carismaticas que a gente é que sai como vilão.
    Beijos.

    www.poyozodance.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Às vezes me dá uma louca e saio escrevendo loucamente e sai texto muito bons também. Adorei a intensidade com que expressou suas palavras. Parabéns!

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  17. Nossa Diana não sabia que escrevia.
    Bacana demais vc publicar aqui os contos, eu acho que toda arte deve ser manifestada.
    Eu gostei do conto, achei que o teor me prendeu a atenção.
    Nao sou profissional para fazer uma critica literaria, mas espero mesmo que tenha mto sucesso.

    Livros e SushiFacebookInstagramTwitter

    ResponderExcluir
  18. Oi, Diana. Tudo bom? Parabéns pela coragem em postar seu texto, não é todo mundo que faz isso. Raiva é um sentimento muito ruim e conhecer alguém assim é muito, muito triste. Espero mesmo que isso tenha passado e que você não alimente mais esse tipo de sentimento, pois ele só faz mal.
    A dica que posso dar é: revise uma, duas, dez vezes os seus textos. Eu sou uma maníaca por revisão e é incrível que às vezes, mesmo lendo inúmeras vezes, a gente ainda deixa passar algo. Outra coisa, não escreva frases tão longas como a do primeiro parágrafo. Se torna confusa e cansativa. Engraçado que nos parágrafos seguintes você já fez frases menores. Só o primeiro que foi confuso por ser tão grande.
    Beijo
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Bianca... tudo bem???
      Muito obrigada pelas dicas, claro que irei levar em consideração... mas sobre a revisão menina do céu sou louca com isso eu leio o texto umas 300 vezes, mas sempre escapa algo, não adianta... mas claro que é vivendo e aprendendo sempre :D Xero!

      Excluir
  19. Oi.

    Sinceramente, seu texto está ótimo. Infelizmente isso muitas vezes acontece, o que você escreveu é a mais pura verdade. Espero que continue escrevendo tão bem. Parabéns!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Oi, Di! Existem muitos sentimentos doloridos na vida e necessitamos deles para crescer, tanto espiritualmente e também para nós conhecermos melhor. Um dia tudo sempre passa e acredito piamente em Deus e de que tudo acontece por uma razão.

    Beijos da Fê
    As Catarina´s / Fanpage / Instagram

    ResponderExcluir
  21. Oie, tudo bem? Adoro textos, de qualquer tipo. O seu está bem profundo né? Achei forte. Mas a melhor forma de desabafar é escrever.

    ResponderExcluir
  22. Oie. Gostei muito do seu texto. Está maravilhoso. Eu gostei demais e achei bem expressivo. Escrever é maravilhoso e quando é desabafo é melhor ainda.

    Beijos
    http://casinhadaliteratura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Oi, tudo bem?

    Nossa, que lindo ficou o seu texto, parabéns <3

    http://mysecretworldbells.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Olá!
    Ótimo texto. Achei suas palavras muito intensas.
    Infelizmente existem pessoas assim. Aliás, pessoas que se aproveitam do sentimento alheio, apenas com o objetivo de se aproveitar e iludir o outro é o que mais vemos por aí.
    Como já disseram antes: a melhor forma de desabafar é escrevendo. As palavras são capazes de fazer com que a gente se expresse da melhor forma.
    Parabéns. Continue assim.
    Abraços!
    http://blogladoescuro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Oi, caramba que texto forte!!!!

    deu pra sentir o "desabafo"...

    muito profundo!!!!

    parabéns....acho né....hehe

    bjs

    ResponderExcluir
  26. Bem vinda de volta e que permaneça... Muito bom o seu conto. Deu para notar claramente os sentimentos nele presentes como a raiva e a angústia, mesmo tudo sendo descrito como ocorrido no passado. Parabéns pela sensibilidade e capacidade de escrita.

    ResponderExcluir
  27. Oii,

    Parabéns pelo texto. Ele é bem intenso e dá sentir os sentimentos contidos em cada frase!! Parabéns mesmo.

    beijos

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!