Resenha #189 - Histórias da Pré-história - Alberto Moravia

Livro Adquirido pela resenhista
Olá, Pessoal! Tudo bem com vocês? Como passaram o feriado? Bem, o Dia das Crianças passou, mas nosso especial não acabou...

Título: Histórias da Pré-história
Título Original: Storie dela preistoria
Autor: Alberto Moravia
Editora: Editora 34
Editora Original: Tascabili Bompiani
Tradutor: Nilson Moulin
Ilustradora: Cecília Esteves
Páginas 240
Classificação: 3.5

Sinopse: Uma girafa órfã que acredita ser um leão. Um pinguim professor de geografia que pensa que o gelo é eterno. Uma pulga que desafia um dinossauro a saltar mais alto do que ela. Uma morsa cujos pensamentos congelam no ar e um javali apaixonado por um peixe.Era uma vez um tempo antes do tempo, quando tudo estava por fazer e a História, por inventar. Neste livro, Alberto Moravia vira tudo pelo avesso, deixa as fábulas de ponta-cabeça e nos leva a olhar o mundo como ele é, sonhando com aquele que poderia ser.

Esse livro faz parte da Coleção 34 Infanto-Juvenil, que possui ficção brasileira, estrangeira, poesia e teatro como os títulos "A invenção do mundo pelo Deus curumim", "O flautista misterioso" e "Os Ratos de Hamilin" (Braulio Tavares), "Histórias para brincar" (Giani Rodari) e "Um deus chamado dinheiro" (Aristófanes). Esse livro traz uma coletânea de histórias divertidas e com lições de moral, algumas de forma discreta, outras de forma escancarada.

O autor retrata à sua maneira as peripécias de alguns animais, fatos científicos como a extinção dos dinossauros e até situações bíblicas de Adão e Eva no paraíso, claro que tudo em sua versão inusitada, para falar no mínimo do avesso.

[...] Jeh Oh Vah tivera a infeliz ideia de enviar um tal de Ah Dãoh e uma tal de Eh Vah para sua belíssima propriedade denominada  Eh Dehn, para ali descansar alguns dias. [...]Mas não contava com o fato de que Ah Dãoh e Eh Vah eram dois vagabundos sem eira nem beira, dançar, cantar e fumar baseados.

Não há uma ordem cronológica na disposição dos contos, e muito menos uma ligação ou continuação entre eles, o que transforma o livro em um multiuso:

·      * Você pode ler as histórias para as crianças.


·     * Você pode usar como instrumento de educação, por exemplo: após disciplinar a criança, pode-se ler uma história que mais de adeque à situação e assim mostrar de forma ilustrada e lúdica o porquê de não fazer algo, para  que assim a criança possa absorver o aprendizado de uma outra forma, também.


[...] Ping Guinzão tenha sempre afirmado que o gelo não poderia derreter; era como a pedra; e não tinha a menor vontade de admitir que se enganara. Além disso raciocinava, por que o gelo tinha de se dissolver? Tudo permaneceria idêntico, nada havia mudado.

·     * Você pode usá-lo para incentivar a pesquisa e a criatividade da criança. Pois como o livro traz diversos animais pouco conhecidos, como o arminho, o calamar, a cherna e o rola-bosta, entre outros, você poderá incentivar a criança a pesquisar sobre eles, ver as fotos, desenhos sobre o bicho em questão. E a criatividade: imprimindo o desenho, a criança colore e vocês podem fazer fantoches (como na dica do Ora Bolas) para que os pequenos possam recriar e criar suas próprias histórias e versões do livro.

Rola-Bosta - Escaravelho. Besouro de Hábitos coprófagos, da subfamília dos escarabeínos, cujas larvas de alimentam de bolas de excremento de herbívoros

No final do livro, há um glossário com um pequeno vocabulário de bichos, para ajudar o leitor a identificar os animais citados, tanto os extintos e raros quanto os mais conhecidos, com informações divertidas sobre os bichanos.

Serpentário Ou secretário. Sagittarius Serpentarius. Ave de rapina falconiforme, de grande porte que se alimenta de serpentes e de outros pequenos vertebrados. Ocorre na África.

A capa demonstra o humor das ilustrações que o livro contém, as páginas são brancas e a fonte é média. A edição de 2009 (2º) está de acordo com as novas regras ortográficas e não encontrei erros na diagramação.


O único porém foi na disposição das histórias, pois as melhores estão no começo, por isso as do final acabam parecendo sem graça e até chatas quando comparadas com as primeiras.

Para quem recomendo: Crianças acima de 6 anos.


Para quem não recomendo: para religiosos fanáticos - leiam o livro, porém desconsiderem a história "Ah Dãoh e Eh Vah".  

E aí, Pessoal, gostaram? Deixem seus comentários, se já leram essa obra, o que acharam dela. Um super ultra mega abraço a todos!


13 comentários

  1. Oi Ninah!

    Adorei! rsrsrsrrs
    Não conhecia o livro e gostei demais da sua resenha. Vou adicioná-lo a minha lista para um, dia, quem sabe, lê-lo para meu filho! rsrsrsrsrs

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Hello, nossa nunca vi esse livro, talvez leria para Bella, mostrei para ela e não gostou da capa kkk mas perguntou do que se tratava li sua resenha e ela achou até legal, palavras dela kkkk Bjkas

    ResponderExcluir
  3. Olá!
    Ainda não conhecia o livro ,mas adorei a dica! Vou procurar para meu primo, parece bem diferente =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Ola Ninah não conhecia o livro adorei essa ilustrações e o texto, vou procurar para comprar, como é para crianças acima de 6 anos vou esperar um pouco para ler com meu pequeno. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Não conhecia o livro mas estou sempre atrás de dicas de livro infanto-juvenil para presentear meu afilhado e minhas priminhas. Gostei da dica, pena que não sao todas as histórias muito boas e colocaram as "mais ou menos" para o final. Mesmo assim, gostaria de conhecer!

    Beijos

    Mari
    cantinhodeleituradamari.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Adorei!! Até eu ia precisar desse vocabulário de bichos, porque alguns que você citou eu nunca ouvi falar... Pena que não fizeram uma disposição legal das histórias, deviam ter guardado o melhor para o final. Quero ler, principalmente por causa da história da pulga que desafia o dinossauro, daquele tamaninho e tão petulante! hahaha...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  7. Oiee!!
    Adorei a proposta do livro!!
    Acho que é uma ótima leitura de incentivo para os pequenos, o que é muito necessário né a leitura tem que ser incentivada de preferencia desde de muito cedo!!
    Mesmo com todas as suas ressalvas acho que irei adorar!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oiee, tudo bem?

    O livro parece ser bem para o publico infantil mesmo. Deve ser super fofo, ainda mais por inserir os animais no contexto, criança adora. Vou recomendar para as minhas amigas que tem filho pequeno

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oláá
    Nossa, essa capa está uma graça, não conhecia o livro ainda mas gostei muito da ideia apesar de não curtir história, esse parece ser um livro tranquilo haha ótima resenha e dica.

    Beijos
    Reality of Books

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    eu não conhecia esse livro, aliás eu não conheço muitos livros infantis, mas o mercado literario infantil tem crescido bastante. Achei legal as histórias, parecem engraçadas mas acho que a capa poderia ter mais cores, acho que chamaria mais atenção para o livro.
    bjim

    ResponderExcluir
  11. Oie!
    Eu adorei o nome desse livro - e tenho certeza que atrai bastante crianças!
    Também curti as ilustrações. Com certeza seria um livro que eu pediria para comprar se tivesse na idade, apesar de não me interessar tanto hoje em dia.
    Beijos,

    Déia
    Own Mine

    ResponderExcluir
  12. Oi Ninah,

    Muito legal a dica que você deu e as formas de usar o livro, uma verdadeira aula! Dos bichos e animais mencionados eu conheço o rala-bosta, besouro comum no Nordeste do Brasil. Não conhecia o livro e anotei como dica para comprar para mim e para presentear.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  13. Ah, que livro mais fofo. Eu gosto de livros infantis que são educativos, assim fica muito mais fácil das crianças assimilarem as informações.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!