Literatura em Movimento - Tema de Agosto - Como o blog mudou a Minha Vida!

Olá pessoal, tudo bem??

Estamos aqui novamente para falar sobre o nosso projeto de blogagem coletiva chamado Literatura em Movimento, organizados pelos blogs Café com Livro, Da Literatura e Sacudindo as Palavras. Você não sabe do que estou falando? Basta clicar aqui .

Cada mês terá um tema diferente, voltado para a literatura, e cada blogueiro postará um texto sobre o tema, como uma forma de conversar com os leitores e potenciais leitores também. Ou seja, serão vários blogs publicando sobre a mesma temática, porém cada um com a sua interpretação.



Todos nós somos blogueiros e todos temos compromissos com o blog e compromissos fora do blog ao mesmo tempo, né? Então, conta pra gente como surgiu a ideia do seu blog, os motivos que levaram você a criá-lo, como é o seu dia-a-dia com o blog, como você faz para se conciliar o blog com as outras atividades, etc. Além disso, abra o seu coração: o que o blog representa para você atualmente? O blog mudou a sua vida?


"Eis o meu texto, sobre como o blog mudou a minha vida"

Eu sempre amei escrever, desde que me entendo por gente. Como eu não tinha muitos livros para ler e na cidade que eu morava não tinha uma biblioteca, eu curtia brincar com as minhas canetas e inventar histórias. Logo isso começou ir para o papel, então passei a escrever histórias que eu gostaria de viver, se fosse possível. 

Com 14 anos, durante minhas férias aqui em sampa - porque morava no nordeste -, fiz minha primeira história e depois não parei mais. Com 17 anos eu tinha mais de 22 histórias prontas, algumas eu sonhava em publicar e outras eu queria muito guardar, para ler sempre que tivesse vontade. Só que infelizmente um acidente aconteceu na casa que eu morava, quando eu tinha 19 anos e um incêndio roubou todos os meus sonhos. Todos foram queimados e não sobrou um para contar história... eu até tentei escrever de novo, mas minha mente de 19 anos estava mudada, afinal eu havia descoberto que estava grávida e com isso decidi vir morar em sampa.

Sempre tive vontade de ter os meus próprios livros. Não queria viver em bibliotecas e devolver os livros que eu amava ler, então quando comecei a trabalhar efetivamente aqui em sampa, após o nascimento de minha filha, eu disse: "o que sobrar do meu salário quando sobrar, vou comprar de livros", então desde 2007 eu venho comprando meus livros, mas não em muita quantidade, porque ou mãe solteira e naquela época, quase não me sobrava nada, mas a sensação de ter um livro para chamar de seu, é maravilhosa. 

Em 2012 fiz um grupo no Facebook para quem ama ler e escrever e lá eu postava e outros membros do grupo também, histórias e contos. Depois quando a fila de livro foi aumentando eu conheci o skoob e comecei a sentir a necessidade de falar sobre os livros que eu lia e gostava, queria compartilhar com outros leitores e até incentivar as pessoas a lerem mais, foi ai que surgiu a ideia de criar o meu blog.

Ele veio tímido e minhas resenhas iniciais eram péssimas rs, mas mesmo assim eu gostava muito. Quando o criei, era mais para resenhar, mas ai as coisas foram acontecendo. Eu tive minha primeira parceria com autor nacional e depois vieram mais autores e quando eu vi a literatura nacional tinha tomado conta de mim. Eu aprendi a resenhar melhor, a observar bem as história que eu lia e as coisas foram crescendo em proporções que eu se quer imaginava. Veio minha primeira parceria com editora e ai o blog não parou mais de crescer.

O blog hoje, faz parte de minha vida. É como um pedaço de mim, ele jamais pode se perder, porque se não algo dentro de mim se perde também. Não consigo imaginar a minha vida caminhando sem ele presente, para me deixar feliz e fugir as vezes dos excessos  que a vida no habilita a viver. Ele sempre será o meu refúgio e minha inspiração para continuar a escrever. Eu tenho alguns escritos aqui, que em breve irão ao ar. O blog sempre continuará com seu intuito das resenhas literárias e meus escritos... por isso esse nome Minhas Escrituras. 

O blog representa um crescimento pessoal meu. Onde eu fiz amizade a distância e pessoais. Onde eu conheci pessoas maravilhosas e que hoje fazem parte de minha história e eu da história delas. Pude conhecer autores que hoje são amigos e que sempre que dá nos topamos e matamos a saudade. O blog me fez enxergar a vida de forma melhor e mais ampla. Conseguiu me transportar para outros mundos, como distopias, romances policiais e históricos, suspense e terror. Coisas que eu não lia antes, por pura falta de conhecimento. Antes eu só lia romances e André Vianco rs.

Então galera é isso. Por mais que as vezes eu tenha vontade de desistir do blog, o amor que eu sinto por ele não deixa que isso aconteça. Posso passar um tempo com poucas postagens, mas ele continua sempre aqui. Junto com ele eu tenho mais quatro colaboradoras lindas que me ajudam nas resenhas e claro que a amizade foi se criando também, fazendo com que todas se tornassem  parte de minha vida também.

Espero que tenham curtido o texto  e saber um pouco mais dessa blogueira que vos escreve. Xero no coração!!!



26 comentários

  1. Bonito texto! É incrível ver como o blog mudou e continua mudando sempre nossas vidas; acho que só o fato de ter um cantinho seu para falar de algo que você ama é algo incrível e capaz de operar mudanças significativas. Novas amizades, possibilidade de ampliar o conhecimento e gosto literário, participar de eventos, enfim. Gostei muito da sua história, e concordo com você que é diferente ter na estante aqueles livros que a gente mais ama, do que apenas tomá-los emprestado e ter de devolver. Sou superciumenta com meus livros mais queridos, e mesmo não cabendo mais livro algum na minha casa, não resisto e acabo comprando mais, e da mesma maneira não penso em me desfazer dos meus preferidos.

    Beijinhos, Livro Lab

    ResponderExcluir
  2. Oiee.

    Nossa, me parece que sou a única que não pensou muito a criar o meu blog. Uma amiga me incentivou a ler, pois eu nem gostava e quando a faculdade entrou em greve acabei por abrir o meu, mas sem saber para que rumo isso me levaria e hoje estou aqui e meu blog também representa um crescimento pessoal

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. oiiii.

    Eu sou nova nesse mundo de blog, mais realmente muda muito sua vida, e tão cansativo mais tão gostoso tambem, não me vejo mais não sendo blogueira, e uma coisa me me faz sentir util, importante, e muito bom mesmo.

    Bjs.
    http://www.brendalandim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Diana lindona amei seu texto e como os blogs nos distraem, nos realizam hein. Menina morri de dó de seus contos queimados hein. Entendo como aos 19 suas prioridades com certeza mudaram e muito com sua filha, mas hoje podemos ter esse lindo blog que compartilha conosco. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Dih!!!

    Ha!!! Que texto lindo! *o* Vc é uma guerreira sabia? É tão bom qdo conhecemos pessoas que nos mudam... adoro vc, acho que foi "amizade a primeira vista"! rsrsrsrsrrs Parabéns por ser essa pessoa maravilhosa e por compartilhar sua história com a gente! Te adoro muito!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  6. Que demais!
    Eu nunca consegui escrever assim, mal saía as redações da escola hahahaha
    As minhas primeiras resenhas também eram pavorosas! Mas a gnt vai aprendendo com o tempo né?!
    Achei esse projeto demais! Continuem com ele, eu acho que irá trazer ideias e curiosidades super interessante sobre os blogs e blogueiros...

    Beijinhos ;*
    http://www.guardiadebibliotecas.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Di! Adorei a sua história, não apenas como blogueira mas como pessoal.
    As vezes entramos no blog das pessoas e não as conhecemos nada e é legal saber um pouco mais sobre elas.
    Parabéns pela sua força de vontade e determinação. E mais parabéns ainda por ser mãe solteira. Sou filha de mãe solteira e sei o quanto é dificil criar um filho sozinha, mas admiro muito mulheres que fazem isso tão bem!
    Beijos.
    Blog Cantar Em Verso

    ResponderExcluir
  8. Diana-linda,
    Nunca iria imaginar que você perdeu suas preciosas histórias. Adoraria ler algumas delas, porque tenho certeza de que revelavam não apenas o seu talento, mas principalmente a sua personalidade naquela época. Imagino que fossem tão doces quanto é hoje (rs). Sinto muito pelo incêndio. Ao mesmo tempo, te admiro por não ter desistido do seu amor à literatura. Mesmo que não seja com as suas próprias histórias, sinto-me feliz em acompanhar as suas opiniões e o valor que você dedica às histórias dos outros. Espero um dia ter um espaço na sua estante (rs).

    Beijos!
    http://www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Di, tudo bem?
    AMEI SEU TEXTO. Eu também comecei lendo na biblioteca, lá no ensino fundamental, então quando estava no ensino médio consegui um estágio e o que sobrava comprava de livros.
    Sempre digo que os livros e o blog mudaram minha vida. É cansativo, mas a recompensa é maravilhosa.
    Adorei conhecer mais sobre o você e o processo de como criou o blog.

    Beijos
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  10. Oi Diana, assim como para você o blog para mim começou com a ideia de compartilhar minhas opiniões, não o literata mas o Arca de Tinta, blog anterior que eu tinha com algumas amigas, mas as coisas foram mudando o blog cresceu, sai do antigo e criei meu próprio cantinho e hoje não consigo me ver sem ele, é uma fonte de escape, mesmo que as vezes eu sinta vontade de me distanciar um pouco não consigo, estou a todo momento olhando e cuidando para que fique cada vez melhor

    ResponderExcluir
  11. Uau, que incrível sua trajetória!
    Ser mãe solteira e tão nova deve ser uma barra, mas fico muito feliz em ver pessoas como você, que encararam isso e não se deixaram abalar, meus parabéns, você é um exemplo!
    Uma pena o acidente, queria muito poder ter conhecido suas histórias de quando era mais nova.
    Seu blog é demais e você merece todo o sucesso do mundo com ele, de verdade mesmo! Espero que nunca largue ele e que cresça cada vez mais <3
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá Diana, adorei conhecer a sua historia com o blog e ver que ele realmente é especial para você, espero que você traga esses seus escritos para o blog vou adorar lê-los*---*

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  13. Ai, Di, que coisa mais triste um incêndio ter levado embora tudo o que você escreveu... espero que ninguém tenha se machucado! E não sabia que você tinha sido mãe tão nova! Meu blog é um refúgio também, não consigo me ver sem ele, claro que já pensei em parar, mas ele me ajuda muito em momentos difíceis. Estou curiosa para ler seus textos!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Oiee ^^
    É incrível como o blog passa a ser uma parte importante da nossa vida, né? Às vezes eu fico imaginando como seria a minha vida se eu não tivesse o meu, se não lesse os livros que leio e se não tivesse conhecido tanta gente através dele.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oie! Adorei seu texto. Me lembro de quando criei o meu blog. Bateu uma nostalgia forte aqui. Incrível o tanto de coisa que acontece nas nossas vidas por conta dos blogs não é? Fico imaginando o que eu teria perdido de legal nessa vida se não tivesse me dedicado ao meu. Tantas amizades que fiz... Nem imagino minha vida sem a Academia Literária hoje em dia. O trabalho que fazemos muitas vezes não é valorizado, mas acredito que vale a pena o esforço e os sacrificios que fazemos por ele. Uma pena o que aconteceu com os seus textos. Espero que consiga escrever outros e que um dia possa publica-los. Parabéns pelo texto e pelo blog! Estou seguindo.
    Beijos
    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
  16. Olá! Adorei o seu texto! Me lembro quando eu comecei o meu... Queria compartilhar minhas opiniões, mas tinha medo de não ter leitores, desanimar e acabar desistindo... Mas felizmente sou apaixonada pelo meu blog e apesar de não ser um super blog, pra mim ele faz muito sucesso. Hehe

    Beijos e sucesso
    albumdeleitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oii, tudo bem?
    Eu adorei o seu texto, achei muito legal de você ter falado de como começou e como o blog é importante na sua vida :)

    ResponderExcluir
  18. Oii!

    Adorei o texto! É tão incrível quando percebemos que o blog faz parte da nossa vida e quem sem ele eu não saberia o que eu ia fazer!

    Beijos, Amanda
    www.vicio-de-leitura.com

    ResponderExcluir
  19. Adorei conhecer a sua história, e é muito bom saber que o blog é algo tão pessoal assim pra você, pois em muitos blogs a gente não sente isso, sente só que a pessoa está ali escrevendo porque quer livros e não se importa nem com seus leitores.

    ResponderExcluir
  20. Olá!
    Adorei conhecer a sua história e de como o blog surgiu.
    A maioria das pessoas fala que cria para dividir suas opiniões com outros leitores. Eu pelo menos sinto a necessidade de falar das histórias que leio e qual melhor forma do que o blog?
    Desejo muito sucesso e adorei a post.
    Beijinhos!
    http://eraumavezolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Diria que sua história de vida mesclada com a história do blog, foi tocante.
    Adorei a forma como você gostava de ler e escrever, mesmo sem ter muito acesso aos livros, e sua superação, mesmo sendo mãe solteira.
    Muito sucesso!
    Beijos.
    www.historiamuda.com.br

    ResponderExcluir
  22. Olá, tudo bem?

    Acho super bacana essa blocagem coletiva de vcs, muito mesmo! Sua história de vida é bem intensa, o Blog é para nós um cantinho de nossas casas né? Parabéns pelas suas escrituras, seu Blog é um mimo!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  23. Oi Diana!
    Que lindo o teu texto! Creio que todos esses acontecimentos da tua vida te deram mais força para continuar com o blog, hein? Sinto muito pelo incêndio, deve ter sido horrível perder os escritos, mas que bom que, apesar disso, continuaste te dedicando à leitura. :)
    Sucesso com o blog.
    Beijo.

    http://daliteratura.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oii Dih, tudo bem?

    Que texto lindo e espero que nunca desiste dos seus sonhos, seja do blog ou de escrever suas próprias estórias e sim, eu sei que foi horrível ter perdidos e nossa mente e prioridade mudam, mas sei que você é capaz de escrever algo maravilhoso.

    Adoro ver suas opiniões sobre os livros, suas resenhas sempre são tão sinceras e espero que continue sempre assim!

    Beijinhos,

    Rafa

    ResponderExcluir
  25. Poxa Diana! Seu texto, me emocionou de verdade!! É engraçado, como o simples ato de compartilhar algo que amamos, nos faz melhor e feliz. O blog, sempre faz seu blogueiro, crescer de diversas formas. E é lindo, ver que ele é realmente capaz de mudar nossas vidas. É como despejar amor, em palavras, e receber esse amor de volta, em forma de carinho dos leitores, e de amizades que vão se formando ao longo do tempo. Nos engrandece! Parabéns pelo texto. Ficou lindo!
    Mil beijokas entreumlivroe-outro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oi, Diana, tudo bem?

    Que projeto legal! Realmente, ser blogueiro não é uma coisa muito fácil, pois exige bastante de nós se quisermos que o blog dê certo, mas ele realmente muda a nossa vida. As vezes vem o desânimo, mas a paixão fala mais alto. Tudo fica melhor ainda quando a gente vê o retorno através de leitores e editoras. É uma experiência muito legal!

    Abraços,
    http://claqueteliteraria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!