Resenha #150 - O Poder da Espiritualidade - William Sanches

Livro cedido pela Petit Editora
Olá Pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim!

A resenha de hoje é sobre um livro que aparantemente aborda um dos temas mais difíceis de se falar: a religião. Provavelmente você já ouviu alguém dizer: política, futebol e religião não se discute. Pois bem, concordo e é exatamente essa a proposta do livro, por isso peço:
Se dê uma chance, independentemente de sua religião e você irá se surpreender!


Título:  O Poder da Espiritualidade
Autor: William Sanches
Editora: Petit Editora
Páginas: 200
Classificação: 4.5
Essa resenha não contém spoilers.

Espiritualidade -  qualidade do que é espiritual - Michaelis 
Espiritualidade - é tudo que é capaz de produzir em mim, uma mudança de pensamento, atitudes e conceitos, que me colocam em um novo rumo e me oferece um novo sentido para a vida - Dicionário Informal 
Agora posso dizer: se quiser, pode pular esse parágrafo, mas só esse, ok? Pois nele vou contar um pouquinho do making off dessa resenha: não nego que fiquei mega apreensiva quando essa obra chegou em minhas mãos, pois nem todas as pessoas reagem bem ao termo "espiritualidade". Por isso pedi a uma amiga para me falar como ela se sentia com o título, a resposta dela só me motivou ainda mais e ela ainda me ajudou quanto a colocação de alguns termos.
A espiritualidade nos permite encontrar Deus em nosso interior durante a vida - William Sanches Religião é uma garrafa com um rótulo, espiritualidade é a coisa dentro dela - Alik Shahadah
 O Poder da Espiritualidade é uma biografia sobre um momento muito tenso que Sanches viveu e com o qual aprendeu muito, ele pretende nos ensinar antes que seja tarde demais, pois ele teve uma segunda chance, mas nem todos a terão. Uma chance de nos sentirmos felizes e realizados, em comunhão com a natureza, com a vida. Não continue culpando a vida e o destino pela sua infelicidade, a vida é sua e quem tem que se preocupar com ela é você, assim como que quem tem que  lutar para ser feliz é você também!  
O mundo me coloca onde eu me coloco.                                                                                                                                                                                      
Esse livro é magnífico, pois Sanches não tenta te converter, esse livro não se "rotula". O seu intuito é ensinar a todos independentemente da religião que cada um optou, Sanches incrementa seus ensinamentos com citações providas de diversas religiões e apesar de às vezes usar termos mais comuns em sua crença, ele não fala dela em específico. 

Enquanto as pessoas brigam pelos "rótulos",o autor ensina a aproveitar o conteúdo delas da melhor maneira, te ensina a ser mais feliz e a entender que nós precisamos acordar para a vida e sermos felizes. E esse é um dos motivos pelos quais mais amei essa obra, o autor não restringe ou constrange o leitor.

Devemos acreditar no que fazemos, ter a ação e, acima de tudo, valorizar aquilo que já possuímos, não deixar que tudo o que já temos escorra pelo ralo, que vá embora, porque depois, ao olharmos para trás, lembraremos de tudo o que tínhamos e ao qual não demos a atenção que merecia. 
Esse livro fala um pouquinho de tudo e mostra como tudo está relacionado, por exemplo, como ser líder, primeiro de você, da sua vida e que para ser líder é preciso ter coragem e que coragem não é a ausência de medo e sim a vitória sobre ele.


 Nossa, há tantas passagens que gostaria de colocar aqui, mas deixarei vocês descobrirem mais por vocês mesmos. Apesar de suas 200 páginas, essa é uma leitura rápida devido ao tamanho da fonte (grande) e dos espaçamentos e layouts escolhidos para que haja um melhor entendimento sobre o tópico abordado, as páginas são brancas e todos os capítulos estão divididos com subtítulos que expressam bem o que será tratado.                                                                                                                                                                                                                                                                      
Recomendo para quem goste de: de assuntos voltados para evolução do  seu ser, para aumento da felicidade e para quem procura uma saída de uma vida onde você é apenas uma vítima do destino. Recomendo para religiosos, independentemente da religião, inclusive para Ateus.

Não recomendo para quem:  sinceramente, ninguém! Mas se você não se sente confortável com o tema vá com calma, vai sentindo e vendo sua reação enquanto lê. Eu tomei vários tapas na cara que me fizeram acordar para a vida. Espero que o mesmo lhe aconteça!

Pessoal, gostaram? Deixem seus comentários, se já leram essa obra e o que acharam dela, etc. Não esqueçam do Top Comentarista de Junho, comentem para concorrer!



47 comentários

  1. Oi Ninah sumida!!!!! Td bem???

    Ha! Eu adoro esses livros da Petit! Acho que já li quase todos os livros do catálogo deles... *O* kkkkkkk

    Esse livro foi uma grande surpresa para mim tbm! Sem contar a capa que é fascinante!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Está aí um tipo de livro que não faz meu estilo e não me agrada, infelizmente não curto ler sobre religião e espiritualidade, mas que bom que tem pessoas que gostam e podem contar um pouquinho sobre os livros dessa temática!
    Também sou dessas que dizem que política, futebol e religião não se discute (e gosto também não rs).
    A capa é realmente bonita, os tons dela se destacam bem.
    Além de ser desse gênero ainda é biográfico pelo que disse, outro gênero que não curto rs.
    Gostei da resenha, mesmo não curtindo o estilo. Espero que todos curtam como você!

    Andresa Dias
    Leituras&Fofuras
    http://leiturasefofuras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ola!
    Eita linda,acho que você foi a unica a resenhar esse livro,é um tema difícil né?Apesar de ler e gostar de livros não leria esse por ser mais de auto ajuda.Parabéns pela resenha.
    Beijos!
    http://sonhosdeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Ainda não li livros relacionados a espiritualidade, mas confesso que sua resenha me motivou a ler este!
    Pretendo ler futuramente, pois me interessei pelo assunto, ele livro parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
  5. Nhai, eu não curto mesmo esse tipo de leitura... Me parece tão auto-ajuda e tenho pé atras com auto-ajuda... Não creio nessas fórmulas prontas para alcançar a felicidade, acho que cada experiência é única, não dá pra deixar como regra pra outros... =/
    Ok que o propósito dele é biográfico, mas ainda assim eu deixo passar a vez...
    bjs
    http://torporniilista.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Ninah!
    A historia desse livro parece realmente emocionante, mas não é um tipo de leitura que me agrade muito. Eu prefiro mais o gênero distopico. Biografia ou auto ajuda não fazem bem o tipo de leitura que eu de prioridade, porque geralmente não flui comigo.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  7. O livro não faz meu estilo. Eu confesso para você que evoluo muito mais lendo um bom livro literário do que lendo algo intitulado como espiritual.

    E devo dizer que os três temas que dizem que não devem ser discutido é uma grande falacia, pois os três podem entrar na esfera do fanatismo, o que é extremamente perigoso para sociedade. Então devemos discutido sim e ficarmos sempre estarmos alerta.

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Ninah, eu não gosto desse tipo de leitura.
    Me pareceu muito auto-ajuda e eu tenho implicância com esse tipo de livros. Mas que bom que foi uma leitura produtiva pra você, né?

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Eu gosto muito de livros assim, na realidade eu e minha familia inteira! Sua resenha ficou muito boa e agora quero muito ler o livro <3

    http://teoremasdamimosa.blogspot.com.br/2015/06/resenha-o-segredo-de-indie.html

    ResponderExcluir
  10. Oooi!

    Eu não curto muito esse estilo de leitura e sei que isso acaba me afastando de grandes livros e ensinamentos.
    Sua resenha está linda, mas não sei porque não consigo me concentrar ou ler uma obra desse estilo, fico empacada :(


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  11. To precisando desse livro kkk não sou religiosa mas acredito em um ser supremo e isso me conforta então acho que preciso ler esse livro kkk.

    ResponderExcluir
  12. Gosto bastante de livros que tratam sobre espiritualidade, geralmente leio os de cultura Oriental, estão mais na linha do que acredito.

    ResponderExcluir
  13. Olá eu não curto livros com esse tema, mas esse me pareceu um bom livro, acho que os que curtem vão gostar bastante.

    http://vocedebemcomaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá!
    São poucos os livros religiosos que me interessam, o que não é o caso desse. Eu tenho um modo de pensar meio diferente e é difícil encontrar autores do ramo que pensam do mesmo modo. Eu poderia ler e respeitar a opinião dele, obviamente, mas eu acharia perda de tempo. rs

    Beijos
    http://www.breakingfree.blog.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi, Di!
    Prefiro não ler, mesmo com seu apelo pra que a gente dê uma chance independente da religião. Sei que a base é espírita e não condiz com a minha fé, então prefiro não investir tempo numa leitura que tem grande potencial de me desagradar.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Giu.. entendi, mas a resenha foi feita pela Ninah ;)

      Excluir
  16. Oi Ninah, tudo bem?

    Eu gosto dos livros da Petit e esse livro me interessou, sempre gosto de sair da caixinha e ler livros que abordam temas polêmicos ou que não é muito abordado em outros livros. Acredito que deve haver o respeito, independente da religião de cada um o respeito é fundamental. Em suma, parabéns pela resenha.

    Beijos,
    Leitora Sempre

    ResponderExcluir
  17. Oi Ninah, não sou fã de biografias, mas esse livro parece ser bem inspirado e motivacional, Infelizmente também não gosto de leituras espirituais então eu simplesmete passo livros do tipo, sou mais meus bons e velhos romances ♥

    ResponderExcluir
  18. Olá Ninah, gostei da sua resenha, mas esse é um tema que eu não gosto de ler então não fiquei interessada pelo livro, mas com certeza deve ter bastante gente que vai gostar da dica =)

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  19. Oi, nunca li nenhum livro do gênero pois não me interesso pelo tema apesar de acreditar em Deus. É também porque não gosto muito de livros de auto-ajuda e esse também é. Bjus.

    ResponderExcluir
  20. Oi Di, não costumo ler livros com gênero religioso, mas adorei a dica e os quotes separados.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Glaucia, entendi, mas a resenha foi feita pela Ninah ;)

      Excluir
  21. Oi Dih!

    Confesso que esses temas não são os meus favoritos, mas alguns até daria uma chance. Não foi dessa vez. Não me chamou atenção esse. Que pena. Gostei da sua resenha, mas não é um livro para mim nesse momento. Quem sabe mais para frente?

    Beijos
    www.estantedarob.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rô, entendi, mas a resenha foi feita pela Ninah ;)

      Excluir
  22. Oi, tudo bem?
    Apesar do livro ter te agradado e de você ter recomendado para todos, não é um livro que eu pretenda ler no momento, mas também não descarto a leitura.
    As vezes gosto de ler algo com um fundo mais espiritual então sempre que dá vontade procuro uma leitura assim.

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  23. Oi Diana.
    O importante é que pra você a leitura foi significativa e envolvente.
    Não é um livro que eu leria no momento porque não é um assunto que desperta minha curiosidade, mas com certeza não é uma leitura dispensável por conta das reflexões que ele sugere.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty, entendi, mas a resenha foi feita pela Ninah ;)

      Excluir
  24. Oie!
    Infelizmente esse não é meu tipo de leitura, mas acho super válido a leitura de algo que nos acrescente realmente nos fazendo analisar e pensar, como esse livro aparenta fazer, ainda mais sobre ess temática, afinal cada um tem sua crença.
    Abraços,
    Andy - http://www.starbooks.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi Nianh, sua linda, tudo bem?
    Eu me sinto tão à vontade quando o assunto é se tornar uma pessoa melhor. Não importa a religião. Olha como o autor foi generoso, ele teve uma segunda chance e aprendeu e quis que outras pessoas aprendessem e tivessem também, uma segunda chance na vida.Eu acredito que nunca é tarde, então, temos que ter coragem de mudar.
    Sua resenha ficou ótima.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oie! Tudo bem?

    Acho a religiosidade uma temática muito válida, desde que se se saiba com quem você está lidando. Não dá pra conversar com ignorante ou intolerantes... Não sou uma pessoa muito religiosa, mas sempre estou aberta a leituras do tipo. Achei interessante que o autor não tenta te converter, então, seria uma leitura que eu faria.

    Beijos,

    Juliana Garcez | Livros e Flores

    ResponderExcluir
  27. Oi Ninah!

    Estou com esse livro para ser lido aqui, e agora fiquei mais curiosa ainda para conferir... acho que é a primeira vez que você não coloca ninguém no campo de pra quem não recomenda... rs... Acho a capa linda e quero muito conferir a história de Sanches.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  28. Olá, tudo bem?

    Mesmo com você dizendo que devemos pelo menos dar uma chance,infelizmente não o farei pois não curto esse tipo de livro. Concordo plenamente que política, futebol e religião não se deve ser discutido, mas não pelo tema em si, mas por quem discursa sobre. Sério, tenho -20 de paciência para quem quer discutir esses temas, pois tenho minha opinião sobre e parece que eles tiram como função de vida tentar me fazer ver o mundo do jeito deles. Esse lance de abordar como ser um líder de você e da sua vida me soou bem auto-ajuda, mais um motivo para eu correr da obra HAHAHAHA Sorry Di, mas vou deixar essa dica passar.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  29. Hey, tudo bem? :D Apesar de não ser o tipo de livro que eu costume ler sua resenha me deixou interessada na leitura, parece ser um bom livro e eu adorei os quotes, super animadores. Beijos!
    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  30. Por mais que pareça um livro incrível da temática abordada é um tipo de livro que não me interesso em ler mesmo, para quem gosta do gênero deve ser muito bom uma obra desta qualidade.

    ResponderExcluir
  31. Oiii
    Não sou fã de livros que falam sobre religião e espiritualidade, eles não flui comigo, e por isso eu prefiro evitar. Mas o livro parece ser muito bom, para quem gosta do gênero, com certeza vai amar a leitura.

    Beijos
    http://www.sacudindoaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Oi Ninah, tudo bem?
    Gostei bastante da resenha e é bem legal poder conhecer mais sobre uma gênero que não leio muito. Desconheço praticamente tudo sobre o Espiritismo, mas pelo que pude ler o livro vai bem além de religião e isso é ótimo e da bastantes créditos a obra. Fiquei bem curioso, mas não seria uma leitura para fazer no momento.

    ResponderExcluir
  33. Oi oi!
    Eu com certeza vou ler esse livro! Não possuo religião mas não é por isso que não tenho fé em nada, e exatamente pelo fato de o livro não tomar partido de nenhuma religião que eu quero ler. Também vou indicar para minha avó, já que ela adora esse tipo de livro.
    Estou com uma expectativa alta e espero que consiga ser alcançada e quem sabe, até superada!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  34. Oie, tudo bem!?
    Eu não gosto muito de ler sobre espiritualidade, apesar de saber que acabamos aprendendo muito com esses livro... O livro parece bem interessante com todo esse ensinamento de como ser lider, primeiro de sí mesmo! Mas, não sei se leria, pelo menos agora, porque não é meu tipo de leitura e prefiro não ler...
    Beijos

    LuMartinho | Face

    ResponderExcluir
  35. Oi, Ninah! Tudo bem?
    Livros espíritas estão de mãos dadas com os de auto-ajuda para mim. Ambos os gêneros não me chamam atenção, embora eu goste muito das mensagens profundas que eles transmitem aos leitores. Também acho muito interessante quando os autores são espíritos, mas as histórias normalmente não me impactam tanto quanto eu gostaria.
    Adorei os quotes que você separou do livro para a sua resenha. São realmente passagens bastante reflexivas e profundas. Fico contente que a leitura tenha sido proveitosa pra você e espero que você tenha sempre ótimas leituras.

    Grande beijo!
    www.palavrasradioativas.com

    ResponderExcluir
  36. Oiiiii.
    Eu realmente não leio muito livros nesse estilo, mas já li um livro do William, mas não lembro o nome do livro.
    Gostei muito mesmo da sua resenha, vou colocar o livro na minha lista, acho que meu marido vai gostar mais do livro do que eu.
    bjs

    Coleções Literárias
    Participe do Top Comentarista

    ResponderExcluir
  37. Oi Ninah,

    Eu creio que todas a religiões tem seus pontos bons e outros não muito bons, mas com certeza todas pregam algum ensinamento. Deve ter sido uma leitura interessante, pois é possível sentir isto na sua escrita.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  38. Oi Ninah, tudo bem?

    A Petit não é uma editora que tenha livros que me interessam. Não leio livros espiritas por não serem a fé que professo. Contudo, acho legal as mensagens positivas que eles passam.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  39. Olá
    Eu não curto muito livros nesse estilo, na verdade esse assunto é um pouco difícil ainda para mim, mas a resenha ficou muito bem escrita mesmo não sendo um livro que me chame a atenção, talvez minha mãe goste dele, vou indicar para ela!!
    Abraços
    Gabriela Vidal
    www.estantedepapel.com
    Participe dos nossos sorteios!

    ResponderExcluir
  40. Ola Ninah eu adoro esse tema espiritualidade, como você mesmo comentou sobre o fato do autor não constranger o leitor independente de religião, e sim trazer assuntos que nos fazem refletir, gostei muito da proposta do livro. A capa está muito bonita . beijos

    Joyce
    Livros Encantos

    ResponderExcluir
  41. Oii, tudo bem com você?
    Esse é um gênero que eu não leio, não por preconceito, nada disso, é só que não bate comigo, entende, não me prende, até tentei ler um uma vez, mas não vai. Mas tenho vontade de tentar novamente algum dia, e esse parece ser uma boa dica, e gostei de você ter falado que ele não tenta te converter para tal religião, não gosto de quando algum livro tenta te forçar a seguir uma.

    Beijos da Jéss ♥
    Brilliant Diamond | Fan Page

    ResponderExcluir
  42. Oi Ninah, tudo bem?
    O livro não faz o meu estilo, já li algumas obras do genero, mas não me atraem muito, porém minha mãe gosta bastante, vou recomendar o livro para ela
    bjos
    Pah
    dicalivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  43. Bem, a temática "espiritualidade" me agrada bastante, o que não me agrada muito é Biografia/Autobiografia, e quando tem um tom de Auto-ajuda, a coisa piora. E essa foi a impressão que esse livro me passou. Então, esse eu passo!

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!