Resenha #146 - Cure Meu Coração - Melissa Walker

Livro cedido pela editora

Tìtulo: Cure Meu Coração
Autora: Melissa Walker
Editora: Farol Literário
Páginas: 270

Como você diz adeus  para alguém que te ajudou a juntar novamente os pedaços de sua vida? Você não diz.

Quando saiu esse lançamento na Farol Literário eu tive certeza de uma coisa. Esse livro foge da minha zona de conforto, mas eu quero a leitura dele. Solicitei o livro sem saber muito bem o que esperar da história. Só tinha uma breve noção porque li a resenha dele no blog da Elis (Arquivo Passional).

Cure meu coração vem com um nome forte e conta a história de Clementina Williams ou melhor Clem, como é chamada. Clem embarca  em uma viagem de verão no 16º aniversário com sua família no Tudo é Possível um veleiro charmoso. Só que Clem está com o coração em frangalhos, reclusa, chorosa e não querendo compartilhar disso com mais ninguém, na verdade ela se sente culpada e uma traidora e sua amizade com sua melhor amiga Amanda ruiu.

Sinto como se tivesse uma pedra no meu estômago.

Durante a viagem que pra Clem naquele momento era o fim do mundo, porque ela tinha planejado seu verão completamente diferente, ela resolveu ir viajar com seus pais e sua irmãzinha de 10 anos. No decorrer da narrativa, Clem vai se lembrando dos fatos que ocorreram no 2º ano do ensino médio, algo que ela jamais imaginou que fosse acontecer, algo que ela jamais achou que fosse capaz.

A viagem começa e Clem se sente a pior pessoa do mundo, mas seus pais Julia e Rob, apesar do mau humor da filha estão muito felizes com a viagem em família e a irmã de Clem a Olive, uma garotinha doce, esperta como ela é, percebeu que algo de errado acontecia com a sua irmã, mas mesmo assim demonstrava muita alegria com essa viagem. 

-Clem?
Abro os olhos e vejo minha irmã, que aguarda solene.
-O quê?
-Estou feliz que você tenha parado de chorar.
Sorrio sem graça.

Claro que os pais de Clem perceberam que algo acontecia com sua filha, mas eles respeitavam a sua privacidade e sabiam que quando ela estivesse pronta contaria a eles tudo o que estava acontecendo. Olive é uma menina muito meiga e sempre ficava perto de Clem para alegrá-la mesmo quando levava algumas patadas de sua irmã. Ela estava meio ranzinza com os fatos que aconteceram. Esse verão serviu para que ela saísse de lá, mas não queria perder nunca a sua melhor amiga, afinal elas eram assim desde sempre. 

E é assim que minhas vozes odiosas fazem. Elas também gostam de olhar para as fotos do ano passado e lamentar por algo que nunca deveria ter acontecido. É assim que elas agem.

No decorrer da viagem enquanto Clem se remoía com as lembranças do que aconteceu e mesmo assim procurava um jeito de se divertir com sua família, ela conheceu James, uma garoto ruivo, cheio de bananas nas mãos e completamente feliz. Isso pode ter soado esquisito, mas James com todas as suas peculiaridades, não havia aparecido naquela viagem em vão, afinal ele e seu pai faziam a mesma rota que a família de Clem.

Gente eu achei a leitura desse livro super fofa. Gostei muito como Melissa desenvolveu a história, cada coisa se encaixando no momento certo, os personagens bem desenvolvidos e ambientados. A rota de viagem, as paradas foram bem colocadas. Quero destacar o meu amor pelo James, que menino incrível, ele simplesmente me encantou com o eu jeito leve de menino esperto. Ele é um doce, ele cuida bem de seu pai, ele tem o seu passado meio conturbado, mas não se deixa influenciar, por mais dificieis que as coisas parecem ser. Quero voltar a minha adolescência e encontrar um James pra mim.

A história me envolveu demais. Me senti presa pelos acontecimentos do inicio ao fim. Essas histórias com relação familiar tem me cativado muito e tenho gostado muito desse tipo de enredo. Gostei muito dos pais de Clem e de sua irmã Olive. Ela é bem esperta, não está alheia aos acontecimentos que envolve a sua irmã mais velha e muitas vezes ela soube dizer coisas que Clem até ficou surpresa, mas reconheceu que foi muito bom de ouvir e muitas vezes não se sentia sozinha com isso.

Eu fiquei odiosa com Amanda, na verdade nem vou me estender muito sobre esse meu sentimento por ela para não soltar nenhum spoiler, mas acredito que algumas coisas deveriam ser repensadas com relação a essa amizade. 



A diagramação do livro é bem simples, mas bem feitinho. A capa é uma belezinha a parte. As folhas são amareladas e tem um desenho de um veleiro pequenininho para passagens de tempo. A fonte é de um tamanho médio e o livro é um pouquinho menor do que os normais, mas já é uma característica da editora e sinceramente até que gosto, porque fica mais fácil de manusear e levar durante minhas viagens de ônibus para o trabalho.



O livro é narrado em primeira pessoa, então sabemos todos os temores e anseios de Clem com relação ao que aconteceu, notamos a sua imaturidade e seu crescimento como pessoa e as decisões que tomou para melhorar os seus sentimentos e sair daquela "depressão". A leitura do livro é leve, é gostosa, mas te faz refletir sobre os valores familiares, sobre as amizades, até que ponto você pode considerar alguém como amigo e como as pessoas ainda podem nos surpreender de formas inesperadas e para o bem. 

Uma leitura recomendada para todos, pois o livro não é pesado, não tem apelo emocional muito forte e é indicado em minha visão, para os jovens que estão passando por essa idade que é incrível e ao mesmo tempo muito intensa. 

Adoro a maneira como nossas sombras estão em primeiro plano. Tão imóveis e tranquilas, pairando juntas à beira da água.
-Tá muito bom. Mas você vai dar isso pra mim?
-Pra você se lembrar do que é real.

Espero que tenham gostado... Gostaria de saber quem já leu ou pretende ler... ótimo final de Domingo... e que todos tenham uma boa semana. Xero no coração de todos!!! 



16 comentários

  1. Oi.
    Pela sua resenha achei o livro bem meiguinho :)
    Eu me lembro da época que revelaram a capa desse livro e eu fiquei apaixonada sabe, apesar de ler mais livros de fantasia eu até que curto uma leitura assim de vez em quando. Gostei muito da sua opinião Dih.
    Cara o fato de ter um veleiro desenhado no livro me deixou toda awnnnn pq adoro barquinhos, ancoras e coisas do tipo sabe!
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  2. Oi Di, tudo bem?

    Eu fiquei agora ainda mais curisosa sobre esse livro. Eu lembro do lançamento, mas ainda não solicitei ele. Gostei de sua resenha e ela realmente me fez sentir conectada com a narrariva. Em suma, parabéns pela resenha.

    Beijos
    Leitora sempre

    ResponderExcluir
  3. Oi Dih! Td bem flor!

    Eu confesso que a capa me chamou mais a atenção do que o enredo! rsrsrsrsrrs
    Adorei sua resenha e quem sabe um dia eu consiga lê-lo!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  4. Oláá
    Poxa, sua resenha está ótima, adorei. Eu li o livro e confesso que gostei bastante, foi uma leitura misteriosa e tranquila, amo essa capa, muito fofa.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    O livro me chamou atenção pelo nome, mas pela sinopse nem tanto.
    Mas lendo sua resenha e vendo o quanto a história lhe agradou, fiquei curiosa para lê-lo e conhecer a história de Clem e descobrir a importância do papel de James nisso tudo.
    Beijos.

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  6. Parece ser um livro bem fofo de se ler :D
    Bom saber que a protagnista vai amadurecendo
    A capa achei muito bonita e ele faz o meu estilo de leitura :D
    Bjs
    Www.horadaleitur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Confesso que não gosto desse estilo de livro, mas eu me interessei bastante por esse livro, desde que eu o conheci. O que me deixou atraído pela leitura foi o fato de que o desenvolvimento da história é maravilhosa, e sem falar que os personagens aparentam ser adoráveis! A Olive parece ser bem fofa <3

    ResponderExcluir
  8. Oi, Diana!
    Também gosto muito desse tipo de livro, que trata da relações familiares, e como tô bem curiosa pra saber o que aconteceu para a Clem ficar desse jeito com certeza vou ler!
    Amei a resenha! Bjs <3

    ResponderExcluir
  9. É muito legal quando vemos uma trama que nos conquista por sua simplicidade, né?!?! Muito bom também ver todos os acontecinentos se encaixando nos momentos certos. Mas, confesso que não me interessei muito por esse livro. Quem sabe em um futuro bem distante.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  10. Oi Di! Que bom que apesar do livro fugir da sua zona de conforto (que é completamente diferente da minha... rs...) você achou uma leitura leve e gostosa. Gosto das reflexões que ele traz, e adoro esse formato diferente dos livros da Farol, é realmente mais fácil de carregar por aí. Tenho vontade de conhecer essa história.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  11. Oii Dih, tudo bem? Tenho bastante vontade de ler esse livro, e o que realmente aconteceu com a Clem e a Amanda. Adoro livros que valorizam as relações familiares e de amizade, e que nos causam reflexões. Personagens bem construídos e desenvolvidos é sempre muito bom, e acho bem legal essa ambientação em um veleiro.

    Beijinhos,

    Rafa // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  12. Gostei da resenha. O livro entrou para a minha lista(tenho um fraco por esses dramas adolescentes, eles são simples e fortes. Conquistam o coração)
    Adorei o blog
    Beijos

    https://itgeekgirls.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  13. Oi,
    Sou suspeita pra falar desse livro, pois assim que li a sinopse fiquei logo interessada por ele, gosto desses tramas mais adolescentes e que valorizam família, amizade.
    Adorei a resenha, parabéns pela resenha.
    Beijos



    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
  14. Oi Dih!
    Sou da turma que pretende lê-lo, e espero que seja em breve rsrs
    Quase não leio livros mais juvenis, mas esse tem algo que me encanta, acho que começa pela capa que acho super fofa *-----*
    Adorei a resenha, e estou meio que louca para lê-lo :)

    Beijos!
    www.aculpaedosleitores.com

    ResponderExcluir
  15. Já tinha visto esse livro, mas não tinha me atentado sobre o que se tratava. Adorei sua resenha, me deixou bem curiosa para ler o livro, que tem uma premissa ótima. A capa está linda mesmo, bem simples mas sem deixar de chamara atenção.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura

    ResponderExcluir
  16. Eu sou doida pra ler esse livro! Mas confesso ter receio, a capa me lembra muito esses YA e eu não tenho muita paciência pra romance YA, mas quando você disse sobre o envolvimento familiar, o conflito familiar, já me animei. Adoro livros com esse enredo também!
    Me animei pra ler =)

    Beijos
    www.coracaodetinta.com.br

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!