Resenha #134 - A Mais Pura Verdade - Dan Gemeinhart

Cortesia pela editora.

Título: A Mais Pura Verdade
Autor: Dan Gemeinhart
Editora: Novo Conceito
Páginas: 224

Sozinho, estou deixando meu lar.
Uma nova jornada, uma nova estrada.
Para as montanhas agora.

Mark um garoto de 12 anos que tem câncer. Ele está cansado de viver em hospitais e dos tratamentos sofridos por causa de sua doença. Quando soube que teria que voltar ao hospital, Mark arquitetou um plano que para ele seria infalível, ele queria conhecer a o Monte Rainier e sabia que seus pais jamais permitiriam, então ele fugiu.

Mark saiu de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e seu plano. Ele precisava vivenciar isso, nem que fosse a última coisa que poderia fazer.

-Você está sempre pronto para passear, não é, amigão?
Ele bufou um "sim".
-Bem - eu disse, pegando a coleira da mochila e ficando de pé. -Você está afim de uma caminhada daquelas.
Olhei para o horizonte, para as montanhas nevadas ao longe. 

Mark saiu com a cara e a coragem para as ruas, sem muita noção dos perigos que poderiam o cercar. Talvez ele não tenha pensado bem em seus pais ou no sofrimento e angústia que poderia causar a eles, mas ele precisava sair de tudo aquilo e poder fazer as suas escolhas ou vivenciar um pouco o que tinha vontade de fazer. Sim ele viveria uma aventura, porque o percurso não seria nada fácil e muitas coisas poderiam acontecer. 

O livro é narrado em primeira pessoa sobre a visão de Mark nosso protagonista e em terceira pessoa, mostrando como sua família está reagindo sobre a fuga dele e como sua melhor amiga anda pensativa e totalmente indecisa se ajuda ou não a família dele nesse momento de sofrimento.

Ela amava o amigo. E não sabia como ajudá-lo.

A leitura se faz muito rápida. Os capítulos são curtos e nos prende do inicio ao fim... esse livro foi uma grande surpresa pra mim. Eu jamais imaginei que fosse gostar, porque não é uma leitura da qual estou acostumada e foge completamente da minha zona de conforto. Quando recebi a prova fiquei pensativa se lia ou passava para a minha resenhista ler, porém fiquei curiosa e resolvi conferir, não deu outra. Gostei e quis desesperadamente a continuação do livro inteiro. 

O livro chegou aqui no dia do lançamento, achei super legal... não pensei duas vezes e o peguei para ler. Gostei da história. Dan fez uma aposta de estréia que deu super certo. Ele conseguiu me cativar com a doçura desse menino que já demonstrava um grau de maturidade imenso, mas que também mostrava seu lado infantil, por ser apenas uma criança. Ele soube moldar a melhor amiga de Mark, para que ela soubesse o que ele estava fazendo e mesmo com o drama de ficar na dúvida, se contaria ou não para os pais dele o que estava acontecendo e o que ela sabia, ela conseguiu demonstrar força e provar a amizade sincera que tinha pelo o amigo.

Preciso falar de Beau, ele merece esse destaque. Um cachorro corajoso e fiel ao seu amigo. Ele sempre estava ali pronto para salvá-lo dos perigos impostos durante a viagem e que não foi nada fácil. Em todos os momentos até os mais difíceis e complicados, Beau estava ali, pronto para outra. Eu fiquei encantada com esse cachorro apesar de ter trauma deles. Ele só mostrou que um amigo quando o escolhemos é para todos os momentos. Observar esse amor que um tem pelo outro é bem emocionante.

Em meio àquela loucura, ouvi um choro no meu ouvido. Senti um puxão no pescoço. Vi, com o canto do olho, um borrão marrom misturado ao negrume. Beau tinha se agarrado a mim. Ele estava tentando me puxar para a praia. Ele não me soltaria por nada.

A leitura foi tranquila e despretensiosa. Consegui me emocionar, não com aquela profundidade a ponto de derramar lágrimas, mas pude sentir em vários momentos a angústia de querer ajudar Mark em alguns momentos. Visualizei a minha filha de 11 anos... não gosto nem de imaginar. Sim foi imprudente essa fuga, mas sem ela não teríamos uma história.  Eu gostei do modo como o autor descreveu as cenas e os sentimentos de Mark com relação a tudo. Tivemos alguns flashes do passado, que mostravam Mark no hospital ou na escola e com sua melhor amiga Jessie. Isso motivou ainda mais para que eu continuasse a leitura.



A diagramação do livro está bem simples, com as folhas amareladas, fontes médias e totalmente confortáveis para a leitura. Temos os capítulos divididos em inteiros mostrando a quilometragem que falta para Mark chegar a montanha e também os capítulo quebrados em um terço mostrando a narrativa em terceira pessoa dos familiares de Mark e de sua melhor amiga Jessie. Eu adorei essa iniciativa da editora em me presentear com essa leitura e que isso aconteça mais vezes.

Foi um livro bonito, que mostrou crescimento do personagem, que fugiu mesmo doente, para viver uma aventura que para ele era tão essencial, mostrou o poder da amizade, de como a família é importante e que sim podemos ainda mesmo diante dos perigos encontrar pessoas de bom coração capazes de olhar para o outro. Só preciso deixar uma ressalva que me incomodou um pouco durante a leitura e que me fez tirar um livrinho. A frase "a mais pura verdade" ficou muito repetitiva, acredito que o autor fez isso para que o título do livro pudesse sobressair e ficar mais nitido, mas eu fiquei um pouco incomodada. Não atrapalhou a leitura, não tirou o encanto que o livro é, pois essa é apenas a minha opinião pessoal, pode ser que quando você leitor fizer a leitura, não se incomode com isso, mas eu recomendo.  Pode ler sem medo de ser feliz, porque é uma história cativante e que te traz reflexões. 

Permaneci ali e lutei para tomar um ar. Eu vinha caminhando distraído. Meus pensamentos não tinham uma ordem lógica. Arrepios sacudiam meu corpo inteiro. Não fazia ideia de quanto tempo estava caminhando sem ver aonde estava indo.

E ai leitores, o que acharam da resenha? Alguém leu? Alguém se interessou? Deixem seus comentários e que vocês tenham uma ótima semana!! Xero! 



33 comentários

  1. Oi Dih!

    A Geeh falou bem deste livro e fiquei com vontade de lê-lo, agora então, depois da tua resenha, vou colocá-lo na minha lista de desejados com certeza!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Olá Diana tudo bem?
    Ainda não li esse livro mas me parece ser ótimo, assim como você observou na resenha a diagramação ficou muito boa e a edição em si está excelente. A história me parece ser bem emocionante e muito fluída já que os capitulos são pequenos, gostei muito da resenha, apesar de você ter dado 4 estrelas estou com muita vontade de lê-lo e em breve farei isso.
    Abraços, Carlos.

    http://blogchuvadeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já li esse livro e simplesmente amei. O fato da doença não ser o tema central me agradou muito. E a coragem do Mark é inspiradora. Eu também li ele muito rápido a leitura fluí muito bem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Tenho lido inúmeros elogios em relação a esseonfesso que ele não faz parte da minha listinha dde livros favotitos, pois, tramas assim, me parece ser um pouco densa demais para mim
    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  5. Sam e Beau me conquistaram! é tão bacana a editora ter trazido este livro, é de encantar e emocionar!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu ainda não tive a chance de ler esse livro, mas estou muito curiosa com a história. Muitos blogs tem elogiado demais a escrita desse autor e eu estou com muita vontade de conhecer a história.

    http://laoliphant.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi, Diana! Ainda não li o livro, mas acredito que ele seja bacana. Não tenho muito interesse por essas histórias de personagens com câncer... Me parece que de repente todo mundo está querendo surfar na onda de "A Culpa é das Estrelas"... Hahaha
    Mas enfim, de qualquer forma, esse livro me chamou a atenção por duas coisas: a capa e o título. Na próxima vez que eu for a alguma livraria darei uma folheada pra ver o que eu acho.
    Um beijinho,
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Dih!
    Eu também fiquei em dúvida se iria gostar da história quando recebi a prova, mas li e quando chegou o livro eu devorei o restante bem rápido. Gostei bastante da narrativa do autor e do enredo, sem contar que o Beau realmente rouba a cena!
    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Esse livro é muito amor!
    Simples e ao mesmo tempo intenso!
    Emocionante e cativante a amizade entre Mark e Jessie, e a lealdade de Beau!
    Todos deveriam ler!
    Beijos

    Li
    Literalizando Sonhos

    ResponderExcluir
  10. Oii Di, tudo bem??? Essa é a primeira resenha que vejo do livro completo. Eu só tinha visto resenha dos primeiros capítulos, heheh
    Gostei muito da sua resenha, mas particularmente não é um tipo de leitura que eu goste de fazer :P
    Mas que bom que você se surpreendeu positivamente :)
    beijooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Diana tudo bem, tenho grandes expectativas com a leitura desse livro li os primeiros capítulos e já foi possível me apaixonar! Quero ler logo o resto da história .
    Bjkas
    Dani Casquet - Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  12. Oii, tudo bem?
    Eu adorei a sua resenha, eu só tenho visto comentários positivos a respeito do A Mais Pura Verdade, ele realmente parece ser um livro cativante, com certeza já está na minha lista de desejados.

    www.fonte-da-leitura.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Diana, tudo bem?
    Comecei a ler esse livro através da amostra que recebi da Novo Conceito! Li as 95 primeiras páginas desse livro e me apaixonei pela história e pelos seus personagens, afinal como não amar o Mark e o melhor cachorro do mundo, o Beau??
    Ainda não li o livro completo, mas quero muito fazê-lo! Espero em breve ter um dinheiro para comprar o livro e poder concluir a leitura e espero continuar gostando muito dessa história.
    Acredito que assim como você também vou me emocionar com as angustias vividas por Mark.

    Beijo :*
    http://www.livrosesonhos.com/

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bom?
    O livro é realmente incrível. O Beau realmente merece um cantinho especial!
    Acho que foi uma estréia incrível!
    Bjs
    Www.horadaleiur.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oiee ^^
    Esse livro cativa mesmo, né? Gostei muito da história, e mais ainda dos personagens, principalmente do Beau ♥ Adorei a diagramação do livro, ficou muito lindo. Concordo que a frase "a mais pura verdade" se repetiu demais...kkkk' chegou a me irritar *-*
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Diana.
    Criança doente + cachorro: me acabo rs
    to louca por esse livro, não costumo ler muito sick-lit mas esse me pareceu ser bonito e como todo mundo ta gostando né. Espero que tenha um final feliz.
    beijo

    ResponderExcluir
  17. Oi Di, sua linda, tudo bem?
    É muito difícil tomar uma decisão como essa. Não tem como não entender e se colocar no lugar dos três lados dessa história: ele, seus pais e sua amiga. Mas no fim, eu gostaria que ele tivesse se aventurado com os pais e com a amiga, todos juntos. Pois, a realidade é muito violenta, não tem como não pensar nisso também. Dá para viver um pouco da ansiedade de cada um deles através da sua linda resenha, que como sempre nos cativa. E ao mesmo tempo perceber que é uma história leve, nada intensa a ponto de ser seguro ler um tema tão pesado. Não vejo a hora de ler.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oi Di, tudo bem?
    Todo mundo está falando super bem desse livro, e apesar de eu estar com uma vontade imensa de lê-lo, não sei se estou preparada. A obra aborda dois temas que me emocionam muito: doença e cachorro! Sério, fico com o coração nas mãos a cada resenha que leio, e com a sua não foi diferente. Fico feliz em saber que o livro te tocou de uma maneira tão especial, e nem sei o que te falar sobre você ter imaginado sua filha na situação do personagem. Acho que vou precisar de uma caixa de lenços para realizar a leitura, hihi.

    Beijos
    Blog Procurei em Sonhos

    ResponderExcluir
  19. Ooi DI!!

    Eu recebi esse livro e fiquei muito feliz quando peguei ele completo (afinal a prova é de matar a gente de curiosidade) eu ainda não terminei o livro mas já imagino que é bem envolvente e emocionante *-*
    A repetição da frase é irritante mesmo :( :(


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  20. Ola Dia acabei a leitura ontem desse livro e assim como você me emocionei com muitas cenas, cenas simples mas que nos tocam, esse cachorro de Mark é um fofo, uma leitura que nos envolve. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  21. Oi, Di!
    Não acho que seja uma opinião só sua esse lance de se incomodar com "a mais pura verdade" porque vi muita resenha com o pessoal reclamando disso também.
    Eu quero ler o livro, mas fiquei meio que enjoada de tanta divulgação sobre o mesmo tema. rs Mas ainda vou ler!
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  22. É tanta gente falando bem desse livro que eu já nem sei mais o que pensar. Antes eu até tinha uma certa vontade de ver se ele é tudo o que dizem mesmo, mas agora eu definitivamente não sinto mais vontade, parece ser uma história bonita e tudo mais mas não sei se ainda quero ler

    ResponderExcluir
  23. Ola Dianna!queria tanto ler esse livro por causa do livreto que recebemos, imaginei que choraria litros como não recebi comprei o meu e por incrível que pareça ainda não li, pela sua resenha certeza que vou chorar, sera minha próxima leitura.
    BEIJOSSsss...

    sonhos de leitor

    ResponderExcluir
  24. Oi Dih...
    Confesso que eu também não me emocionou tanto ao ponto de chorar, e confesso também que senti mais dó foi do cachorro que seguiria Mark até o fim do mundo.
    Adorei saber seu ponto de vista, acho que este livro com certeza vale a pena.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  25. Simmm, Beau merece destaque! Que cachorrinho fofo e leal.
    Eu só li a amostra, mas tenho a impressão que também não me emocionarei até as lágrimas. Mas sem dúvida, o autor escreve bem e consegue prender a atenção do leitor.
    Eu gostei da diagramação, mesmo sendo simples. Achei muito bem feita
    beijos
    http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. oi, tudo bom? eu comecei a gostar de capítulos curtos, antes eu odiava pq nem todo autor sabe trabalhar com isso!
    eu quero e não quero ler esse livro sabe, a história parece ser até legal, mas ela não me empolga muito, mas acho que vou gostar um pouco pelas coisas que vc citou.
    Seguindo o Coelho Branco

    ResponderExcluir
  27. Oi, Diana! Estou louca para ler esse livro! Só tenho lido comentários positivos a respeito da obra, que parece ser incrível. A história deve ser linda e muito emocionante. Espero não me decepcionar ao realizar a leitura, pois estou indo com altas expectativas haha Beijos!!

    ResponderExcluir
  28. Di, essa repetição de "a mais pura verdade" me incomodou tanto que mesmo em livros que li depois desse e que a expressão aparecia só uma ou duas vezes me dava um certo pânico dela... rs... Não sei se um dia vou conseguir ler essas palavrinhas sem meu cérebro rejeitá-las. Enfim, fora isso, gostei muito do livro, ele é totalmente dentro da minha zona de conforto, rs, a gente tem um gosto bem diferente. O Beau é ótimo mesmo, e como assim você tem trauma de cachorros? Que triste! Eu prefiro gatos, mas sempre que visito alguém que tem cachorro agarro se puder... hahaha...

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  29. Oi Flor, desse livro só li "As primeiras Impressões" e já nelas a frase A Mais Pura Verdade já havia me incomodado muito. Fico feliz em saber que a leitura do livro inteiro permanece com o padrão das primeiras 95 páginas. Pretendo terminar a leitura assim que tiver um tempinho.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  30. Oi Di

    O livro parece ser emocionante todo mundo falando super bem dele, pretendo ler em breve.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
  31. Oi Di, tudo bem?

    Eu gostei bastante do livro, mas ele não virou meu preferido. Achei a leitura tocante, mas os personagens me irritaram profundamente em vários momentos. =p

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  32. Oi Dih, tudo bom?
    Realmente esse livro tem uma bela história e como você, eu também não me emocionei a ponto de chorar. Foi uma leitura tocante e inspiradora. Ah....o Beau é realmente um cachorro incrível.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  33. Oi, tudo bem?

    Ainda não li o livro, mas está na minha lista e espero gostar. Eu fiquei interessada em saber que o livro é emocionante e tocante.

    Beijos.

    http://livrosleituraseafins.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!