Resenha #113 - Justa Causa - Gislaine Oliveira


Título: Justa Causa
Autora: Gislaine Oliveira
Editora: Independente (Clube dos Autores)
Páginas: 161
Classificação +16


Ele também se apresentou. Mas não prestei atenção ao nome. Estava ocupada demais, admirando aquela barba, aquele sorriso.

Justa Causa foi uma leitura interessante, porque eu gostei do formato da capa e quando a autora me convidou para participar do book tour eu uni o útil ao agradável. Estava bem curiosa pela narrativa e não sabia o que esperar da leitura.

Foi ai que conheci a Andréia (nome da minha cunhada rs) ela é uma moça muito espirituosa, bem atrapalhada e totalmente alto astral, o tipo de garota que eu adoraria ter como amiga, porque sei que com ela teria ótimos momentos de boas risadas. A protagonista tem 18 anos e é uma estagiária recém contratada e como toda a garota dessa idade tem seus desejos e sonhos. Ela saiu de um relacionamento recentemente, mas que ainda a afetava afinal de contas ainda estava apaixonada, e com tudo isso a garota não é nada cega e admira a beleza dos homens.

Com isso ela conhece o Diego e de cara percebeu a sua beleza estonteante, mas que ficou apenas na beleza porque ela o achou extremamente chato e rabugento. ela simplesmente não gostou dele por esses motivos, mas ela é tão atrapalhada que simplesmente mete os pés pelas mãos e vai contando em sua mente que se tiver uma próxima irá ser demitida da empresa. Andréia (Deia, como é chamada) não é muito de respeitar a hierarquia da empresa, em vez de tratar o Gerente da filial como senhor Diego como todos os funcionários ela foge disso e o chama direto pelo nome causando um desconforto nele.

Que cara tão chato. Meu último chefe, o bebê da vizinha, era menos irritante.
-Então Diego... -Comecei a explicar. Mas ele também me interrompeu.
-Senhor Diego.

Claro que suas amigas estagiarias ficaram perplexas com a  maneira que Deia tratou o gerente de todas as empresas e que saiu um pouco impune disso. O que ela não esperava que da mesma forma que ela era tão espontânea em suas ações e algumas vezes ingênua, ela ainda conseguiu chamar a atenção de Diego e despertar a inveja. Claro que ela recebeu uma proposta irrecusável e ficou pensando se aceitaria ou não. Com isso ela percebeu que Diego era muito mau humorado que chegava a ser irritante e por mais que ele fosse lindo ela tinha que permanecer longe dele para evitar futuras encrencas em tão pouco tempo de trabalho. Que proposta será essa que ela recebeu? Será que ela aceitou? Leiam.

Eu é que não queria saber. Credo. Toda vez que a gente se encontrava, eu tinha a sensação de que ficaria sem emprego. Era melhor ficar longe. O cara até podia ser um gato, mas era um mala, com M grande.

Não posso negar me diverti demais com a Deia. O livro é narrado em primeira pessoa sob o ponto de vista dela. Como ela só tem 18 anos é uma menina cheia de vida e seus pensamentos me deixava em cólicas de tanto rir. Claro que ela tinha seu lado sério e problemas na sua vida como toda a garota dessa idade. Eu a achei um pouco imatura em alguns momentos o que é normal, mas também bem eficiente em outros.  A considerei impulsiva e sem papas na língua. Sim a história parece clichê o que eu adoro, mas é uma história que vale a pena ser lida, porque ela mostra valores familiares, relação de amizade e confiança. Mostra como as pessoas podem se vender facilmente e que algumas não tem tantos sentimentos no coração e outras realmente são covardes.



A diagramação do livro é bem simples, mas eu gostei da capa. As folhas são brancas, mas não me incomodaram na leitura. A fonte é de um tamanho grande o que fez a leitura fluir rapidamente. Li o livro em poucas horas e foi um desfecho legal a qual eu não esperava mesmo que a história estivesse caminhando para isso. O livro é daquele tipo de narrativa despretensiosa que você pode ler em uma tarde de domingo. 

Eu recomendo a leitura para quem gosta de romance e comédia. Mais uma vez digo que me diverti com a história. A Gisele tem uma escrita simples e rápida. O livro é curtinho, mas não achei que passou tão rápido, O que me fez tirar uma estrela foi que a leitura foi boa e eu gostei, mas não foi aquela que me arrancou suspiros. Eu soube aproveitar bem a leitura e fiquei curiosa para ler outros livros da autora.

Sim Isso era amor. Ou suicídio. O que você preferir.


E ai galerinha? Alguém já leu esse livro? Deixem seus comentários...

Xero no coração!!!


15 comentários

  1. Oi Dih! Td bem flor?

    Então, eu não daria nada pela capa, achei bem simples e vc sabe que eu sou doida por capas neh? rsrsrsrsrsrs Mas, gostei da resenha e fiquei curiosa! Quem sabe um dia neh?

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Fiquei bem curiosa para ler o livro! Adoro comédias românticas e tenho certeza que vou rir demais com a Déia (minha xará!)! :D
    Beijos,
    Déia!
    Own mine

    ResponderExcluir
  3. Que legal, adoro livros nesse estilo, ainda mais com uma leitura de fácil entendimento.
    Seguindo, bjs

    http://enfoqueliterarioo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oooi Di!!

    Conheço a Gih por causa do blog dela, mas não li nenhuma de susas obras. Tenho curiosidade de conhecer a escrita dela, gostei muito de saber que é uma leitura simples e facil,eu gosto muito de cliches, então acho que adoraria o livro.
    Fora que a personagem principal parece ser um amor *O*


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  5. É ai que a frase clichê faz total sentido: "Não julgue o livro pela capa". Eu gostei muuuuito da história, parece ser bem bacana de ler. Espero que logo logo o livro ganhe uma nova edição porque esta capa não chama muita atenção. :\
    Abraço, www.likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Ao contrario de você eu não gostei da capa Diana =/ E vou dizer, sou bem chata com isso rs
    Mas adorei a história. Divertida, com romance.. ideal para esse período do ano. Vou torcer para a autora vir com uma nova edição de cara.

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  7. Oi Dih, tudo bem? A história do livro me lembrou um que eu li recentemente, a mocinha eficiente, divertida, desastrada e que não tem papas nas línguas e o cara mau-humorado, mas gato. Deve ser uma história bem gostosa e divertida, ideal quando a gente quer algo mais leve. Mas bem, ao contrário de você, não gostei da capa, achei muito sem graça e não me chamaria atenção.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  8. Infelizmente não senti interesse no enredo, acredito que não exatamente o que eu busco em leituras sabe? Justa causa tem um plano de fundo bacana, mas para mim não despertou meu interesse em ler, achei a capa bem estranha, não curti muito não. Mas apesar de não tido vontade de ler o livro, gostei de conhecer sua opinião sobre o mesmo. :)

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Dih fiquei curiosa por conta do título do livro Justa Causa, o que levou a autora colocar esse título hein, e que proposta é essa que ela recebe! Homem rabujento affs dispenso, gostei do enredo dica anotada!
    Ps a bella minha filha disse assim qdo viu seu blog e a foto do livro: mãe diz pra ela que a borracha é igual a minha kkkkkk
    Bjkas
    Dani Casquet - Livrosajaneladaimagicao

    ResponderExcluir
  10. Oie td bem?
    Amei a resenha!!!
    Já li esse livro e amei, RECOMENDADISSÍMO :)
    Bjinhus!

    ResponderExcluir
  11. Diii que lindaaaa. Muito obrigada, muito obrigada mesmo por todo o carinho :)
    Imensamente feliz com essa resenha. A Déia é uma figurinha mesmo né??? hahah, a amo demais <3
    Fico feliz que você tenha gostado da capa, mas eu particularmente não curti e pelo visto mais ninguém curtiu, hahha, por isso estou trabalhando na segunda edição com uma nova capa :)
    Um beijão Di
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá

    Confesso que também gostei bastante da capa, ao meu ver pela sua resenha ela tem bastante coisa em comum com a história, o que é bom. Embora eu tenha curtido a capa, não me interessei muito pelo livro, mas fico feliz que tenha curtido.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  13. Oi Dih, tudo bom?
    A trama parece ser bem clichê, mas eu leria porque gosto de romances como esse. Achei a protagonista um pouco mimada e talvez seja pela idade dela. Parece ser uma leitura leve e despretensiosa.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi!!!
    Eu não conhecia esse livro, nem a autora. Eu se quer já tinha visto essa capa.
    Embora seja uma capa simples, ela é bonita, interessante.
    Eu adoro comédias românticas, e esse livro parece ter muito bom humor e romance.
    Acho que eu iria gostar da leitura. Quem sabe um dia eu o leio.

    Beijinhos
    Jaque - Meus Livros, Meu Mundo.

    ResponderExcluir
  15. Ola Diana gostei da premissa do livro mesmo sendo clichê ainda mais se vai me garantir risadas . essa mistura de romance e comédia é perfeito . a capa achei simples demais. Bjos

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!