Resenha #98 - Antes de te Conhecer - Lya Gallavote

Livro participante do book tour.

Título: Antes de te Conhecer
Autora: Lya Gallavote
Editora: Independente
Páginas: 236


Um encontro inesperado.
Uma mudança para sempre.

 A leitura desse livro foi bem simples e romântica. Aquele tipo de romance que você lê em uma tarde chuvosa ou em um banco de uma praça sentindo a brisa tocar de leve em seu rosto. Lya tem uma forma singela de escrever os seus romances que nos encanta e de alguma forma nos ensina. Isso por si só já vale a pena a leitura. Foi por esse motivo que eu aceitei a participar do book tour.

Temos a nossa protagonista Carol. Uma menina que cresceu com um amor de pai e um autoritarismo da mãe. Ela sempre teve vontade de respirar, de sair daquele sufocamento que sua mãe lhe causava e por esse motivo ela embarcou em uma aventura em busca de sua independência financeira sem dizer onde ia e apenas deixando um bilhete dizendo que estaria bem. Ela embarca em um navio como camareira, mas o seu primeiro intuito seria dançar no grupo que se apresenta no navio. Um grupo de dança. Carol é uma dançarina profissional. E tem o seu sonho de construir seu estúdio de dança. E passar a temporada no navio seria uma ótima entrada para seus objetivos mesmo sendo camareira, algo que foi um desafio para ela que não estava acostumada com esse tipo de vida.

Concentra-se. Sente-se à vontade, como se já tivesse habituada a dançar com Caco há muito tempo. Ele a conduz com técnica e Carol lembra-se de alguns passos dele com Kelly. Deixa-se ser regida de forma fácil, caprichando nos movimentos.

Arthur um menino de 21 anos e cheio de sonhos. Ficou órfão muito cedo e só tem a sua avó como parente mais próximo o qual ele ama incondicionalmente. Ele estuda Farmácia e quer um futuro melhor pra si. Mas diante de tantos sacrifícios para conseguir o que se quer ele ganha uma passagem com acompanhante para um cruzeiro com tudo pago e resolve levar seu melhor amigo Murilo que está com ele em todos os momentos. Introdução a parte posso dizer que você consegue viajar com Arthur, sorrir com as peripécias de Murilo, sonhar com a doce Alice amiga de Carol no navio, morrer de raiva da Kelly a invejosa e desonesta e claro se encantar mais ainda com a dança através de Carol.

Eu gostei da história porque temos romance que envolve sonhos e projetos de vida. Duas pessoas diferentes podem se conhecer e podem se gostar. As vezes o nosso amor está do nosso lado e não enxergamos. Encontros inusitados podem nos colocar em tremenda confusão, mas depois em grandes momentos de descontração. Pensamentos nos levam para longe e as vezes quem queremos está mais perto do que imaginamos e não conseguimos enxergar. Ai você se pergunta o porque que divaguei tanto. Eu pensei em tudo isso lendo o livro. Claro que vemos uma ficção por aqui. É uma história... é um romance... é um encontro de pessoas e que o amor pode nascer de uma forma desconhecida ou simples... Mas quem nos garante que no mundo ai fora coisas assim não acontecem. O encontro de Carol com Arthur foi totalmente inusitado e inesperado para os dois... e eu claro ri muito com a situação e aconselho a você que leia para saber do que eu estou falando.

De frente para ele, parada atrás do carrinho de produto de limpeza, com o azul de seus olhos grandes fixos nele. Sem saber o porquê daquele sorriso, com o coração turbilhoado de ansiedade, Arthur tenta  parecer o mais tranquilo que pode. Mesmo que seja apenas fingimento.

Achei as coisas meio corridas, talvez se deu ao fato de estarem em um navio e só terem apenas 7 dias para o desenrolar da história. Achei algumas cenas desnecessárias e que poderia ter sido inclusa outras mais significativas. A historia é narrada em terceira pessoa focando Arthur e Carol, mas trazendo todos os personagens como um todo para que possamos ter um pouco de cada um e perceber a importância que eles tem no enredo do livro. Traze lembranças de ambos principalmente de Carol com a sua mãe a qual sempre teve uma relação complicada e conturbada. Lya foi traçando os caminhos dos personagens entrelaçando e os costurando para o mesmo rumo e reencontro. Me fez pensar nas escolhas que fazemos e nas consequências delas e que devemos estar preparados para o que vier. Isso foi um ótimo ensinamento. Mostrou que por mais difíceis que seja seu momentos com a família são eles que nos dão força para seguir em frente. Ela mostra o poder do perdão e do que seria recomeçar. Isso foram coisas super positivas que percebi no decorrer da leitura.

Temos o foco na amizade. Mesmo Murilo sendo maluco percebo a dualidades que eles tem um com o outro. O quanto a amizade dos dois traz cumplicidade e companheirismo isso são pontos importantes que não deixou de passar aos meus olhos. Engraçado como a dança as vezes nos envolve, parece uma chama que se espalha pelo corpo que traz calor e esquenta, mas não queima e não machuca. A dança é uma arte que mexe com seu corpo, pensamento e traz contentamento a nossa alma. Senti um pouco disso vindo de Carol em algumas partes do livro.



A diagramação do livro é bem simples. Na verdade foi impresso em total independência pela autora. A capa ainda é da primeira edição. Não encontrei muitos erros de revisão como a autora disse que poderia acontecer por se tratar de um livro que foi impresso ainda na versão original. A fonte é em tamanho médio e as folhas do livros são amareladas. A leitura foi rápida e fluiu bem. Lya tem uma escrita leve e de fácil entendimento e isso conta muito para que a gente não se perca na história.

A ambientação do livro é totalmente brasileira e passamos por algumas cidades bem conhecidas como Rio de Janeiro, Santos e Salvador. Por se tratar de um cruzeiro brasileiro isso ficou bem nítido na história. Eu gostei. Só achei que a autora poderia ter desenvolvido mais o enredo com a dança. Tinha coisas que ela dizia e que não era tão condizentes assim, mas isso é a minha opinião. Eu não sou crítica em dança conheço bem pouco sobre o assunto, mas percebi algumas cenas desnecessárias que ela podia ter incluído algo mais envolvido com a dança ou com a vida de Arthur. Isso não é um ponto negativo, mas foi o que eu percebi e senti a necessidade de falar sobre isso. A história é boa, é gostosa de ler... você se diverte e viaja junto. Então eu recomendo a leitura para quem gosta de um romance simples e que envolve a dança.

Será que consegue dançar depois de tanto tempo longe dos palcos? Repleta de tanta emoção, sua barriga dói, seu peito palpita e suas mãos transpiram a cada instante que se passa, a cada minuto próximo da apresentação crucial para permanecer no grupo.

Xero no coração de todos....

32 comentários

  1. Oi Dih!
    Adorei a resenha flor! Obrigada pelo carinho com o livro e com o BT!!!!

    Ansiosa para chegar minha vez!

    Bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  2. Oie
    O livro parece ser bem romântico e legal haha ótimo para passar o tempo, se eu tiver oportunidade, vou ler sim, fiquei um pouco curiosa pelo enredo e pela sua resenha que está muito legal viu? Parabéns

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/12/comentario-sobre-o-clube-do-misterio.html

    ResponderExcluir
  3. Oi Dih, achei a ideia da autora super inovadora. Afinal, o que tá mais na moda do Brasil do que os cruzeiros? Muito interessante, mas como você disse é um desafio escrever um história que se passe em apenas 7 dias.
    Beijos
    Blog: Porão da Liesel
    Página no Facebook

    ResponderExcluir
  4. Oi diiiii!!!
    adorei a resenha e para minha surpresa eu participo de um grupo de divulgação de pagina e essa autora curtiu minha pagina rsrs muito legal.
    bom quanto ao livro achei o maximo irei ler com certeza
    beijos
    www.marichic.com

    ResponderExcluir
  5. Sempre que leio resenhas de algum livro de romance fico procurando alguma novidade, um detalhe que me faça querer ler, o fato de envolver dança me deixou curiosa. Vou anotar o título para não esquecer.

    Abraços!
    Jéssica Rodrigues
    Blog Lilian & Jéssica

    ResponderExcluir
  6. Ola Dia o fato da história ser corrida apenas em 7 dias no navio, será que vai convencer. Adoro romances , e se for nacional ainda amo ler e ressaltar novos talentos . Vou colocar na lista de leitura para saber como será esse romance rápido. beijos

    Joyce
    www.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  7. Amiga eu gostei bastante da capa do livro. Foi uma das coisas que mais me chamaram atenção. Mas sabe, eu acho que eu iria gostar da história, porque estou no meu momento Romance e ultimamente tenho só acertado em tudo que tenho lido. Estou adorando, principalmente a literatura nacional que está arrasando a cada dia que passa. Fico feliz que tenha lido a nova obra da Lya. Espero ter a oportunidade de ler também. Adorei tudo que vc escreveu sobre a história. Se cuida amiga

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oie!! Não conhecia o livro, parece ser bom e um livro calmo. Mas passo, não me chamou tanta atenção
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi, Diana-linda!
    Adorei sua resenha. Fez-me pensar quão agradável é ler um livro como esse e imaginar que há a possibilidade de se apaixonar em lugares inusitados e por pessoas que nunca vimos antes, em tão pouco tempo. Conheci um casal que namorou e noivou em 15 dias. Conheceram-se em uma viagem também, embora não de navio. Casaram-se em um mês, flor! Parece coisa de novela (haha). Estão juntos há anos e recentemente ela se tornou mãe.
    A vida tem mistérios que não nos cabe entender… E um livro desse parece brincar com nosso senso de realidade. Nos faz sonhar, não?

    Adorei sua resenha.

    Beijos!
    http://myqueenside.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu não conhecia o livro nem a autora, mas fiquei curiosa.
    Acho que vou gostar de conhecer esse universo dentro do navio, ver se Carol vai conseguir realizar seus sonhos, ou pelo menos ter algumas boas oportunidades.
    Uau, apenas sete dias! Isso é bem rápido... não sei se é possível que haja o desenvolvimentos de algum romance nesse pouco tempo. Me interessei, mas não sei se leria esse livro agaora.

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://minhasconfissoesfemininas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Gosto bastante de livros que nos fazem pensar nas escolhas e em suas consequências, mas não sei se conseguiria acreditar no enredo... conheci pessoas que trabalharam em navios, e todas elas disseram que mal tinham tempo para comer ou respirar, então não sei se ia conseguir enxergar a história da Carol direito. Acho que se a garota é dançarina profissional a dança merecia mais espaço sim. Mesmo com a forma singela da autora de escrever, não me interessei por enquanto.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  12. Oiee ^^
    Odeio quando o autor enrola demais ou apressa muito as coisas, acaba com a graça de ler o livro *-* não conhecia Antes de te conhecer, mas não fiquei animada, não.
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Oi Di, tudo bom?

    Poxa, o livro tinha tudo para ser perfeito, que pena que ene enrola e/ou apressa os acontecimentos. Isso realmente me deixa irritada e faz com que alguns pontinhos se percam no meio da leitura. Ainda não conhecia esse livro, mas irei pensar duas vezes antes de pegá-lo para ler.


    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi,
    Não conhecia o livro, mas como adoro romances, talvez eu goste. Vou dar mais uma pesquisada.

    bjs
    Silêncio Que Eu To Lendo

    ResponderExcluir
  15. Diana gostei muito da ambientação brasileira <3
    O fato de ter dança também me deixou bem atraída, mas logo depois voce disse que não é muito explorado, que a história acontece rápido.. É aquele tipo de livro que tem de tudo para ser perfeito, mas que não é =/
    ainda sim, acho que posso dar uma chance.. eu gosto bastante de romances fofos =)

    Beijiinhos ;*
    Andressa - Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  16. Oi Di, tudo bem?

    pena que o livro se mostrou um pouco corrido, não curto quando a leitura é assim. Ainda assim, a premissa do livro é interessante.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi, Dih
    Romance e apenas o romance não me interessa em nadinha, porém quando você me confessou que há sonhos e projetos de vida sendo trabalhados eu já fiquei mais interessado, porém não seria uma leitura que eu faria neste momento.
    Um ponto positivo quando a narrativa me interessa muito, já que a ambientação é toda nacional! Isso é ótimo *-*
    Bom, Dih, adorei a resenha e espero que se eu tiver a oportunidade também goste da história.
    Também estou com saudades de nossas conversas, vamos marcar algo! rs

    Abraço
    Adriano
    GeraçãoLeitura.com || http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Olá Diana, não conhecia o livro nem a autora, mas achei bem interessante o enredo do livro, parece ser um ótimo romance, espero poder lê-lo algum dia <3

    Visite o blog "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  19. Oi Dih, tudo bem? Adoro filmes de danças, mas livros eu nunca li nenhum, mas acredito que gostaria... mesmo com algumas cenas que poderiam ter sido melhor desenvolvidas e tudo mais.

    A história parece ser bem gostosa de ser lida, com personagens que buscam o autoconhecimento e a independência e vão atrás dos seus sonhos. Gostei muito do que você disse sobre a Carol e o Arthur, parecem ser de mundos bem diferentes, mas que se completam. Também valorizo muito a amizade e gosto de livros que desenvolvem a relação de amizade entre as personagens.

    Enfim, fiquei com bastante vontade de ler... espero poder fazê-lo algum dia.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  20. Oi Diana.
    Não me interessei pelo livro, gosto de uma história bem estruturada, trabalhada e desenvolvida, com foco nos pontos importantes e sem enrolação..

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  21. Oi Di, amiga, tudo bem
    Saudades de vir aqui!!!!!!!
    Di, sempre que vejo uma competição de dança, fico emocionada. Os movimentos, a cumplicidade do casal, a música no fundo, não sei, mas parece que a coreografia fala e toca o meu coração.
    Então, fiquei um pouco triste quando falou que a autora não desenvolveu muito essa parte.
    Mas o romance.....
    Eu acredito nisso, de Destino, do improvável, de duas almas que se pertencem se esbarrarem em lugares inusitados, de se completarem. Eu li uma vez em um livro (de romance é claro, risos) e concordo totalmente: você passa a vida toda procurando aquela pessoa que fará a diferença, que vai lhe completar, que é a sua alma gêmea, então, quando ela aparece, a explosão de sentimentos não é rápida demais, pelo contrário, demorou muito para encontrar a pessoa e surge a necessidade de não deixá-la escapar.
    Já viu que sou uma romântica incurável, então, mesmo sendo uma leitura leve e mesmo que a autora não tenha desenvolvido muito, é um romance fofo e que tem tudo para me deixar sorrindo.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Oi Di :D tudo bem?
    Olha, gostei da premissa do livro. Sei la, apesar de não ter tido experiencias bem legais em relacionamentos, sou bobo ao ponto de tambem cre que existe uma alma gemea para todos. Quem sabe eu num encontro a minha ne?
    Uma pena qu a autora não tenha desenvolvido tanto assim certos momentos do enredo. Mesmo assimk, o livro ainda me parece chamativo.

    Abraços
    David Andrade
    http://www.olimpicoliterario.com/

    ResponderExcluir
  23. Oi, Diana! Eu me identifiquei um pouco com a protagonista com esse lance de pressão familiar e busca pela independência financeira. Só que neão teria coragem de sair sozinha mundo afora como ela fez.
    Não acho que 7 dias sejam pouco pra desenvolver um romance, tudo depende de como a autora vai conduzir a história. Talvez a inexperiência dela fez com que as cenas ficassem um pouco cruas.
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  24. Olá, Diana! Gostei bastante da proposta da obra, embarcar num navio não deve ser uma má ideia viu! rsrs Fiquei curioso para ler! Também gosto de romances que tem aquele pano de fundo mais ''motivador'' e não é só aquele mamão com água da paixão. Quero ler também o outro livro da autora que parece super bacana!
    Gostei da tua resenha! xoxo
    bookmore.com.br

    ResponderExcluir
  25. Oi flor, a capa é bem bonita e a premissa legal.

    Gostei muito da sua resenha, bem completa e ressaltou bem os pontos positivos do livro, apesar de alguns negativos.

    Não leria o livro no momento, mas quem sabe em um futuro próximo.


    bjs

    ResponderExcluir
  26. Olá

    Eu achei a premissa bastante curiosa, conheço algumas pessoas que têm que lidar com essas pressões familiares e isso é um pouco triste. Também achei bacana a ideia da história se passar em uma semana, uma pena que não tenha sido aparentemente tão bem desenvolvido. Acho que adoraria conhecer essa história no cinema, mas como não sou muito fã de leituras do tipo, a dispenso por enquanto.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  27. Ooi, tudo bem?
    Gostei de cara do livro, por que foi totalmente ao contrário do que vemos por aí, onde o pai é autoritário e a mãe é quem tem o carinho incondicional. Achei super interessante a inversão de papeis.
    Amei também o fato de história se passar em um cruzeiro. Uma forma bem digna de começar um romance.
    Parabéns pela resenha.

    Beijooos!

    ResponderExcluir
  28. Oi Dih,

    Que delícia ler a sua resenha! Gosto muito de livros em que as personagens são tão reais e envolventes que nos faz mergulhar no cotidiano da trama, fato é que você disse que parece que viajamos com o Murilo, adoro isto. Além disso, tem humor no encontro de Carol e Artur. Fiquei curiosa para saber o que acontece, mas para descobrir precisarei ler este livro que já foi para minha lista.

    Beijos
    Tânia Bueno
    www.facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. Apesar da avaliação com apenas 3 livrinhos, eu me interessei bastante pela história.
    Realmente o tempo para desenrolar a história parece ser meio curto, então se espera que realmente alguns acontecimentos passem batido ou sem profundidade, mas isso não diminuiu minha curiosidade :D

    bjs

    www.confraria-cultural.com

    ResponderExcluir
  30. Oi Diana!

    Deu para notar que apesar dos pontos negativos, o livro tem uma história fofa e romantica, achei interessante vários fatores, mas não sei se leria, pois estou em um periodo que os romances não estão mais me conquistando, mesmo assim, gostei de conhecer sua opinião. :D

    Beijos.

    www.daimaginacaoaescrita.com

    ResponderExcluir
  31. Oi, tudo bem?
    Eu ainda não tinha ouvido falar desse livro e confesso que fiquei bastante interessada, parece ser um romance tão bonito mesmo você dizendo que as coisas foram meio corridas, eu fiquei interessada. Realmente as vezes o nosso amor está do nosso lado e não enxergamos, mas fazer o que, às vezes somos cegos na hora que deveriamos enxergar, né? Enfim, adorei sua resenha e já coloquei esse livro na minha lista de desejados oo/

    Beijos :*
    Larissa - http://srtabookaholic.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  32. Oi Diana,
    Nossa, o livro te botou pra refletir mesmo hein?!
    Ache inusitada que a história se desenrole durante uma viagem de navio. Considero plausível que as coisas acontecessem de forma meio apressada.
    Eu não acredito muito nessa coisa de que o amor está do meu lado e eu não vi, porque nunca aconteceu mesmo, na verdade acho que não existe destino, almas gêmeas, essas coisas.
    Uma pena que levou nota 3!
    BeijosChrys Audi
    www.todasascoisasdomeumundo.com.br

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!