Resenha #80 - Golfinhos e Tubarões - Tais Cortez

Título: Golfinhos e Tubarões - O Outro Mundo
Autora: Tais Cortez
Editora: Chiado
Páginas: 419
Aos cinco anos, Victoria foi adotada por Ana, presidente de uma indústria de cosméticos, e Greg, um bem-sucedido advogado. Ela não entende por que não se lembra dos verdadeiros pais e não acredita na suposta causa da morte deles. Ao completar quinze anos, estranhas mudanças começam a acontecer. Seus cabelos ruivos escurecem, ela se torna cada vez mais forte e rápida, seus sentidos ficam aguçados e alguns dos seus sonhos passam a ser premonições. Após a visita de um casal peculiar, ela é levada para um mundo desconhecido e único, onde terá que aprender a controlar suas habilidades, frequentando aulas diferentes de tudo o que já viu. Lá ela conhece Alex. A atração entre os dois é imediata, mas ele se recusa a se aproximar de Victoria e de qualquer outro aluno. Ainda assim, o destino se encarrega de uni-los e Alex passa a protegê-la e ajudá-la. O que Victoria não sabe é que ele esconde um segredo que mudará sua vida, e que o passado pode estar mais perto do que eles imaginam...

Eu comecei a leitura desse livro com um certo receio de expectativa já que conheço a escrita da autora e ela tem talento. A Tais é muito carinhosa e merece seu lugar ao sol em nossa literatura nacional e desejo a ela todo o sucesso do mundo. Bom como eu dizia eu meio que tive receio em começar a leitura do livro, não sei porque talvez eu esperava encontrar uma história muito boa e ter medo de me decepcionar, mas felizmente isso não aconteceu, mantive o meu padrão de expectativa na mesma vibe da leitura do inicio ao fim.

Um amor complicado... Um segredo do passado... Uma história mágica e inesquecível....

Essas frases o leitor consegue encontrar na capa... Eu achei bem considerado após a leitura do livro. A história é contada em primeira pessoa sob a perspectiva de  Vic (Victória) uma garota que foi criada por pais adotivos Ana e Greg e que mesmo com o padrão alto de vida que levava não era inteiramente  feliz. Segundo as informações do orfanato de onde saiu, os seus pais biológicos haviam morrido de uma doença misteriosa. Ela agradecia tudo que eles fizeram por ela. Afinal de contas eles a adotaram e deram a ela uma vida de princesa. Mas quando se é uma criança tudo isso parece ser maravilhoso, mas conforme você vai crescendo as coisas vão mudando e se intensificando. Vic se sentia sozinha. Seus pais eram ausentes. Ela cresceu com os empregados da casa, mas sua mãe adotiva Ana fazia questão de mudar de empregados periodicamente para que Vic não se apegasse a eles mais do que os próprios pais.

Ana e Greg contratavam empregadas e mordomos para cuidar de mim quando eu estava em casa. Contudo, como não queriam que eu me afeiçoasse a nenhum empregado mais do que a eles, trocavam de pessoal com frequência.

Somente quando ela fez seus quinze anos é que coisas estranhas começaram a acontecer. Seus cabelos ruivos ficaram escuros. Sua audição ficou mais aguçada. Ela conseguia ouvir a conversa dramática e assustada de sua mãe há quilômetros. Sua visão ficou mais personificada e suas pupilas ardiam quando ela estava mais aguçada. Mas o fim da paciência e tormenta de seus pais como a própria mãe falava foi quando ela descontroladamente transformou a sala da casa em um caos e seus pais adotivos estavam presos no teto da casa como dois balões com oxigênio. Após isso Ana ficou histérica e gritava com o marido a toda hora que não queria mais Vic naquela casa e aquilo deixava a menina com uma dor no peito. Ser rejeitada porque era diferente a machucava demais e ela não tinha culpa de ser assim.

-O que você espera que façamos com ela? - gritou Greg, e eu percebi o desespero e o medo em sua voz.
-Ela tem que ir embora - Ana respondeu como se fosse uma conclusão óbvia.

Tudo começou a mudar um pouco quando os pais de Vic receberam uma visita inusitada de um casal que diziam que conseguiriam ajudar a sua filha nesse momento em que ela passava por transformações.  Lisa e Vitor conversaram com a menina e lhe explicaram por alto o que estava acontecendo e que ela deveria ir com eles. Lisa mostrou-lhe de uma forma convincente como seria o lugar para onde iria, disse que lá era o lugar que ela pertencia e nessa visão que Lisa mostrou-lhe ela viu um garoto, que parecia bravo, mas era estupidamente lindo e ela precisava vê-lo pessoalmente, então ela terminou aceitando, afinal de contas já tinha dezoito anos e poderia se virar. Na verdade naquele momento ela só queria controlar seus poderes e poder voltar a sua casa e ter uma vida normal, não queria mais nenhum olhar pra ela como se fosse uma aberração.

-Tudo bem. Quando partimos? - perguntei, forçando naturalidade à minha voz.
Eles me fitaram, satisfeitos. Eu estava disposta a ir a esse outro mundo, mas temporariamente.
-Não se preocupe. Você vai ser muito feliz! - exclamou Lisa, sorridente, esticando as mãos para acariciar meus braços.
-Partiremos hoje mesmo. Você pode preparar suas malas e se despedir dos seus pais - informou Vitor, analisando-me.

Bom Vic partiu junto com Vitor e Lisa para um novo mundo, para uma nova vida e mesmo que seus planos fossem permanecer ali temporariamente, ela estava curiosa com tudo que encontraria por ali e principalmente saber mais sobre seus pais biológicos. Segundo Lisa eles eram maravilhosos e faziam parte dos golfinhos. Quando chegaram Vic pôde perceber que o local era igual ao que viu na visão e Lisa tratou de acomodá-la em seus novos aposentos. O quarto de sua mãe. E aquilo fez Vic ficar emocionada. No dia seguinte Vic já participaria das aulas eram cinco todos os dias e as mesmas matérias e claro era bem diferente do qual ela estava acostumada.

Finalmente Vic viu o garoto pálido e de cabelos escuros. Estava na aula de força e claro que quando ela o viu ele a olhava fixamente  e ela não conseguiu parar de olhá-lo, estava completamente inerte em seus pensamentos quando alguém gritou "cuidado" e quando ela percebeu uma rajada de ar que levantou os seus cabelos. As mãos dele envolvia seu corpo. Ele estava tão próximo quanto ela tinha desejado, mas seus olhos estavam escuros. Parecia que estava com raiva. Seus dedos apertaram sua cintura e ele a afastou dele. Ela estava completamente atraída por ele e jamais pensou que se sentiria assim por alguém tão cedo.

Seu cabelo negro dava a impressão de ser ainda mais escuro em contraste com sua pele, que parecia macia como cetim e era extremamente pálida. Seus magníficos olhos azuis encontraram os meus e eu pensei que desmaiaria ou que sua beleza me deixaria cega.

Bom eu gostei e muito da leitura desse livro. Mantive as minhas expectativas... acho que não é novidade para ninguém que amo um romance. E quando o romance é sobrenatural então... quando esse romance parece ser impossível, mas que o casal enfrentam juntos as consequências de suas escolhas. Quando no decorrer da história existem mistérios e uma aventura. Quando o mocinho não é tão mocinho e tem seus medos internos e luta para ultrapassá-los. Quando ele é marrento e nervosinho. Quando a mocinha tem personalidade e mesmo insegura luta pelo o que quer e pelo o que ama. Teve tudo isso nesse livro escrito pela a autora Tais Cortez.

A ambientação da história é bem formulada. O local onde os adolescentes tem suas aulas. A magia. A cidade. Os perigos. A história é infanto juvenil e eu gostei muito. Me fez lembrar um pouco de Harry Potter e Crepúsculo e me deu aquela saudade gostosa sabe. O livro em minha visão não teve pontas soltas. A história tem umas partes bem clichês do sobrenatural, porém com algumas diferenças bem consideráveis e o enredo ganhou o meus coração. Só que eu sinceramente ainda dava um outro nome para o livro. Não é que eu cismei com os títulos da autora e embora ela tenha me explicado o porque ela escolheu esse nome golfinhos e tubarões eu ainda acho que pela temática do livro poderia ser diferente, mas a parte do outro mundo deve permanecer porque tem tudo haver, ou poderia ficar somente o outro mundo. Não sei.

Eu gostei de toda aventura que teve no livro. Teve partes engraçadas. A personagem principal deu uma amadurecida. Falou dos laços de amizade e o quanto eles são extremamente importantes em qualquer situação. Falou de respeito e de entrega. Não foi apenas uma história sobrenatural seguida de romance. Teve uma mensagem por trás. O que faríamos por amor? Onde podemos chegar por senti-lo tão intensamente? O que você leitor seria capaz de fazer? Então essa história foi super gostosa de ler e eu recomendo demais.



A diagramação do livro é simples. As folhas são amareladas, mas bem sensíveis, tem que ter um certo cuidado para segurá-las, mas esse é o meu ponto de vista. A fonte é de tamanho médio fazendo com que a leitura seja natural e rápida... Não identifiquei erro de revisão. Eu achei que fosse demorar a ler o livro, mas a história fluiu melhor do que eu imaginava. Eu quero agradecer a Tais por ter disponibilizado esse livro para leitura através do book tour. Nossa literatura nacional está cada vez mais crescente em nosso país... Eu torço muito para que cresça porque pelo que tenho percebido temos autores talentosos precisando de uma oportunidade.

Minha nota:

Espero que tenham curtido e deixem  suas opiniões. Xero no coração de todos. Que tenham uma excelente semana...


 photo participedotopcomentarista1.png

28 comentários

  1. Oi Diana, nossa me prendi na sua resenha, me senti na história! Preciso começar a ler mais livros nacionais! Esse me interessou muito!

    Beijos
    Porão da Liesel

    ResponderExcluir
  2. Oi Dih linda..
    Tenho muita vontade de ler este livro. Ele está na minha listinha. É claro que ouvi muitos elogios.
    Gostei de saber que tem partes engraçadas também. Geralmente eu acabo não gostando muito de histórias infanto-juvenil, mas esta não tem como não sentir vontade de ler.
    Que bom que gostou e recomenda. Anima mais.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Esse livro é maravilhoso, assim como o primeiro dela, não sei se é porque tenho um tombo por obras nacionais,mas amo muuuuito os livros da Tais, esse é um dos meus fantásticos favoritos na minha estante.
    Parabéns,ótima resenha <3
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também tenho uma verdadeira queda pelos livros nacionais rsrsrsrs. A Tais tem uma escrita envolvente... li os dois livros dela e gostei... Xero

      Excluir
  4. Oi Diana,

    eu li esse livro ano passado e realmente é muito bom e dá para ter uma continuação (que a Taís disse que era o objetivo, rsrsrsrsrs).
    Gostei da sua resenha e em muitas coisas bateram nossos pontos de vista.

    beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Adoreiiii a resenha, Diana! :)
    Fico muitooooo feliz em saber q suas expectativas foram atendidas!
    Gostei mto qnd disse q o livro n eh apenas romance e sobrenatural, mas q tb tem várias lições. Isso é importante e tento passar valores e lições em todas as minhas histórias!
    Obrigada pelo carinho q tem por mim e meus livros!
    Bjsss e sucesso ao blog! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado Táh... simplesmente falei a verdade... eu não sabia o que esperar dessa história, mas fiquei bem satisfeita em ter mantido as minhas expectativas e claro que se der comprarei os seus livros para abrilhantar a minha estante... Xero!!!

      Excluir
  6. Oi, Diana
    Fiquei super interessada nesse livro, pois adoro livros sobrenaturais. Estou curiosa para saber um pouco mais da história. Achei engraçado esse título, chama a atenção.

    ResponderExcluir
  7. Eu já tinha visto esse livro, mas não me interessei nem pela capa nem pela sinopse. Não é do meu estilo de leitura, então prefiro não ler pra não se tornar uma decepção.
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  8. Oi Dih!

    Eu quero muito ler este livro, adorei sua resenha, me deixou mega curiosa. A capa é perfeita, linda demais e só nos deixa mais curiosos ainda!

    Tbm gosto de romance, mas aqueles mais adultos sabe? Sem os personagens serem tão melosos! Acho que vou gostar deste livro!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  9. Amiga,
    já anotei esse livro na minha lista de leitura para o segundo semestre, pois parece tudo de bom pela resenha!Rir também faz parte da leitura!
    Obrigada pela dica!
    bjus
    http://www.elianedelacerda.com

    ResponderExcluir
  10. Parabéns pelo blog! Já o estou seguindo! Gostei muito desse livro... acho que a leitura deve nos prender do começo ao fim! Bjos! www.pimentapimenta.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olá Diana, eu também fiz uma resenha desse livro, gostei muito, mas senti umas pendências no meio do caminho, como a amizade que se estreitou no meio do livro, mas que não foi bem utilizada no clímax do livro(isso faria muita diferença para mim), mas ao todo a leitura é muito gostosa e bem desenhada. Foi um prazer poder ler!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Adriana eu não senti falta não... senti tudo bem encaixado, mas é questão de ponto de vista né??? A propósito vou procurar o seu blog já que vc não deixa olink.... Xero!!!

      Excluir
  12. Oi Dih!! Amei a sua resenha!
    Esse livro parece ser bem gostoso de ler! E também me lembrou um pouco Harry Potter e Crepúsculo. Hahaha! Sua resenha como sempre... bem detalhadinha. Amo. Estava mesmo esperando uma resenha desse livro para ver do que se tratava e me surpreendeu, vou colocá-lo na minha lista de desejados do Skoob!
    Beijos!
    Misael
    http://devoradoresde-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Oiiiiii
    Adorei a história do livro. Também sou chegadinha num romance!
    Bjocas

    ResponderExcluir
  14. Oie ;)
    Adorei a resenha, Dih ♥
    Golfinhos e tubarões já está na minha lista de desejados há um tempo!!! Gostei muito da história e só leio resenhas super positivas. Estou bem curiosa para ler!!!
    Você tem razão!! A literatura nacional está com cada vez mais talentos que merecem ser valorizados!!
    Beijos
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza e eu só acho que as editoras deveriam dar uma olhada com mais atenção e carinho com os autores... pois temos muitos talentos... Xero!!!

      Excluir
  15. Oieee, eu estou fazendo parte do Book Tour do livro e estou com muita vontade de ler rsrs, já ouvi várias criticas positivas sobre o mesmo, e a cada resenha que eu leio, minha vontade de conhecer o livro aumenta cada vez mais rsrs. Abraços.

    ResponderExcluir
  16. Oi Diana.
    Mesmo com tantos elogios e tantos pontos positivos ressaltados, eu não consegui me interessar pela história, não consegui me conectar com esse título, essa capa, o conjunto, nada me atraiu....apesar de gostar bastante de sobrenaturais.

    Beijos.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  17. Não conhecia a autora, mas curti a proposta do livro. Adoro sobrenatural, e com essa mistura do romance a leitura só tende a ficar mais gostosa. Anotei aqui a dica =)

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
  18. Oi Dih,
    Adorei a resenha, eu já vi a capa desse livro antes, mas nunca havia parado para ver sobre o que se tratava e pela capa e pelo título eu acho que nunca adivinharia que se tratava de um romance sobrenatural. E conforme vc foi narrando parte da história eu comecei a imaginar uma mistura da escola do professor Xavier de X-Men com Crepúsculo, bom saber que eu não estava errada rs. Como também gosto do gênero espero ter a oportunidade de lê-lo e parabéns por sempre estar incentivando a literatura nacional.
    Beijos,
    Andréia - StarBooks

    ResponderExcluir
  19. Oi Dih,

    Bela resenha, parabéns! Tenho lido algumas resenhas sobre o livro e bem positivas e como gosto muito de livros que me ensinam e ao que parece este é um deles, creio que é uma trama que me interessa, porém não agora por eu estar com muitas pendências.

    Sabe, é muito legal quando lemos algo que atende nossa expectativa e mais ainda quando tem ensinamentos que podemos aplicar às reflexões feitas em nosso cotidiano.

    Bjs
    Tânia

    ResponderExcluir
  20. Eu amo Harry Potter e Crepúsculo, o livro já ganhou pontos comigo se te fez lembrar deles. Acho que você tem razão quanto ao título, afinal ele pode fazer as pessoas esperarem algo diferente. Que bom que a leitura fluiu melhor do que você imaginava, Di, mesmo você estando com a expectativa bem alta! Tenho o outro livro da autora em ebook, vou começar por ele. Quem sabe não me apaixono pela escrita dela como você e leio esse em breve, né?

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  21. Olá

    Já tinha visto uma resenha sobre esse livro e lembro de ter achado o livro criativo e interessante. Gostei muito de sua resenha e fiquei com uma vontade de ler o livro bem grande, se tiver a oportunidade não hesitarei em ler.

    Abraço!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
  22. Não gostei muito da capa e do nome, mas a história parece ser bem legal. Abraços.


    Likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. A capa e o nome o livro não me chamou a atenção, mas a história parece ser bem legal. Abraços.


    Likelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Oi Diana, tudo bom?
    Eu nunca li um romance sobrenatural e não sei se é muito minha praia. Mas já li outras resenhas positivas desse livro e fico curiosa para conferir a narrativa. Só acho o título da obra bem estranho.
    Beijos!
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!