Resenha #79 - A Seleção - Kiera Cass


Título: A Seleção
Autora: Kiera Cass
Editora: Seguinte
Páginas: 361
Nota:

Sinopse:

Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças de dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha.
Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes.
Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

Bom começo falando que estava com uma expectativa média com a leitura desse livro. Assim que ele foi lançado após a leitura de umas resenhas fiquei em meio termo para leitura até uma de minhas idas a livraria e ele estar com um preço promocional irrecusável, então comprei. Ele está na minha estante para leitura desde o meio do ano passado há um ano. Eu já tinha me esquecido de ler, embora lendo ainda algumas resenhas, mas ai participei do top comentarista de uma amiga blogueira a Aline e teve uma semana especial sobre a série no blog dela o que me incentivou a leitura dele, e aqui estou eu com a resenha.

"Desde que meu nome fora sorteado, temia me tornar irreconhecível, um ser tão recoberto por camadas de maquiagem e atulhado de joias que eu teria que cavar por semanas até encontrar a mim mesma. Por ora, eu ainda era America."

O livro é narrado em primeira pessoa. A nossa protagonista é America e pertence a casta cinco dos artistas. Ela morava na Carolina no país de Illéa. O pais era dividido em castas de um a oito sendo que um era os mais nobres e ricos e a oito como ela mesma falava era o sujo. America não queria se inscrever para a seleção. O governo inventou esse concurso para que o príncipe Maxon encontrasse uma esposa e pudesse assumir o reinado. Então foi enviado convites para todas as meninas do país com idade a partir de 16 anos. Claro que foi um alvoroço total, muitas garotas sonhavam em ser escolhidas, mas America não. Embora a sua vida fosse de dificuldades e muitas vezes a comida fosse escassa ela não queria se casar com quem não amava afinal de contas ela tinha já o seu amor.

"Não queria ser da realeza. Não queria se Um. Não queria nem tentar."

America tinha uma visão totalmente contrária a esse concurso, ela achava ridículo ter que entrar em um concurso para que um riquinho da realeza pudesse escolher sua esposa diante de todo o país. Apesar dela saber que se for uma das selecionadas poderá ajudar a sua família financeiramente. A mãe de America tenta de todas as formas convencer a filha a se inscrever e ela não acredita em sua beleza, acha que mesmo que se inscreva não vai ser selecionada.

"E a ideia de entrar em um concurso que o país inteiro acompanharia só para ver um riquinho esnobe escolher a moça mais linda e sonsa do grupo para ser o rosto calado e bonito que apareceria ao lado dele na TV... era o bastante para me fazer gritar. Haveria humilhação maior?"

Nossa protagonista vive um romance com um rapaz de uma casta abaixo a dela Aspen. Em sua visão o garoto mais bonito da cidade, de todas as castas. Ele era moreno, tinha olhos verdes, magro, mas não demais e alto. Esse relacionamento já dura um tempo. Óbvio que eles namoram escondidos e tem sonhos de uma vida juntos mesmo com um pouco da insegurança do rapaz, pois ele teme pelas dificuldades que poderão passar porque se ela se casa com ele automaticamente ela passar a ser da casta seis e a vida nessa casta não é fácil. Essa casta é dos que servem, eles sempre tem que estar dispostos a servir a quem quer que seja, mas apesar de tudo isso ela o amava e era retribuída a esse sentimento.

"Fiquei acordada mais um pouco, pensando em Aspen e no quanto eu o amava e me sentia amada por ele. Era uma sensação especial, insubstituível, que não tinha preço."

A inscrição aconteceu após a mãe de America fazer uma promessa a filha. America sofreu uma decepção com seu amor e foi selecionada, a partir daquele dia sua vida mudaria.

Eu gostei muito da narrativa de Kiera. Toda a ambientação proposta por ela nessa distopia. O país que foi criado em cima de um sistema de castas o que eu achei um absurdo. Controverso e totalmente desleal com alguns princípios humanos. O livro ser narrado em primeira pessoa tem o ponto positivo de conexão com a personagem e seus pensamentos e sentimentos. Me envolvi com America e seu jeito de ser. Ele era meiga, corajosa, sem papas na língua. Gostei do modo de como ele se impôs em diversas situações e sua espontaneidade em certos momentos.

Eu gostei muito do príncipe Maxon, ele tinha ideais que ainda não eram bem vistos pelo seu pai e paramentares, mas mesmo assim ele era doce, responsável, respeitava todas as garotas e demonstrava seu jeito de ser com America de um jeito muito fofo. Eu também gostei muito de Aspen, ele é corajoso, trabalhador, não demonstra medos, mas um pouco de insegurança. Esses personagens de primeiro momento foram bem construídos, embora Aspen não tenha aparecido tanto deu para perceber um pouco de como ele é. Eu gostei muito do tratamento que America deu aos criados do palácio, ela não pensava somente em si  mesma, ela demonstrava amor ao próximo  e isso me cativou com ela. Não posso deixar de falar em Celeste. Garota insuportável, mas uma forte candidata ao coração do príncipe ainda que ele não saiba. Eu acho.



A diagramação do livro é bem feita, não encontrei falhas de revisão e se houve fiquei tão concentrada na leitura que não percebi. A capa é linda. A fonte escolhida também. Tocando nas letras ela tem um auto relevo simples, mas bem notável. O vestido então nem se fala. A editora seguinte está de parabéns em toda a arte do livro. Eu recomendo a leitura de A Seleção para os amantes de distopia e romance. Eu simplesmente me surpreendi com toda a narrativa. A única coisa que eu senti falta foi na explicação mais detalhada do porque o país foi criado e como foi feito o processo de castas e como funciona cada uma, mas já ouvi rumores de que tem essa informação no livro Contos da Seleção.

E ai leitores o que acharam? Eu gostei muito da leitura desse livro. E quem leu o que achou? Deixem seus comentários, vou adorar saber a sua opinião.

Xero no coração de todos...

 photo participedotopcomentarista1.png  

45 comentários

  1. Estou querendo muito ler esse livro, e sua resenha me deixou com ainda mais vontade de lê-lo!!
    Adorei o blog!
    http://ofascinioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh valeu Guilherme... Que bom que a resenha te instigou para a leitura... Xero!!

      Excluir
  2. Olá Diana, tudo bom? Assim como você eu também não me interessei por esse livro e, por causa disso, ainda não me esforcei para ler. Tenho outros livros na minha lista.
    Apesar disso, eu achei legal a mistura entre distopia e contos-de-fada. Então, se me surgir a oportunidade, o leria sem problema. Eu também achei a arte da capa linda.
    Beijo

    blogfalandodelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a capa é linda... e sabe de um segredo Eva... me arrependi de não ter lido antes... Xero!!

      Excluir
  3. Oi, Diana
    Já li esse livro e gostei muito. Acho a América uma personagem forte e destemida. Gosto muito do Príncipe, pois ele é um fofo. A escrita da autora é muito boa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente a America demonstrou ser tudo e até que eu gostei um pouco dela... Mas me apaixonei pelo MAxon... ele é um fofo... Xero!!!

      Excluir
  4. Oi Dih!

    Pois é... o meu esta aqui desde o começo do ano, tbm tenho A Elite, mas ainda não os li, estou esperando pra ver se consigo comprar o último, ai sim vou tentar lê-los!

    Adorei sua resenha! bjo bjo^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também pretendia, porém a minha ansiedade falou mais alto e passei ele na frente rsrsrs. Xero!!

      Excluir
  5. A capa desse livro é muito bonita e isso é indiscutível. Porém, o livro em si não me chama muito a atenção. Acho que o livro tem romance demais para o meu gosto. haha
    De toda forma, adorei a sua resenha. Quem sabe, eu dê chance para a série algum dia.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de junho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha eu não achei tudo isso não, até li o livro esperando aquele romance intenso e tudo mais... só que não rolou foi na medida certa... Xero!

      Excluir
  6. Oi Diana tudo bem? Ainnn sou mega suspeita para falar desta trilogia, é minha querida, amo de paixão!

    A Seleção me encantou, igualmente com seus personagens. A América é meio indecisa sim, mas eu entendo ela perfeitamente hahaha.

    Espero que você goste do restante dos livros ^^

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Joi tb entendo perfeitamente a indecisão dela rsrsrsr

      Excluir
  7. Oiee ^^
    Essa é uma das minhas trilogias favoritas! É simplesmente fabulosa ♥ Vi que a autora estará na Bienal de SP deste ano, surtandooo!!!
    MilkMilks
    http://shakedepalavras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nusssaaaa dessa parte eu não sabia... vou procurar saber melhor porque quero meus autógrafos rsrsrsrs.

      Excluir
  8. Olá Di, acho que sou uma das únicas pessoas que amam ler e que ainda não leu nenhum dos livros dessa série. E já li tantas resenhas que acho que perdi a conta de quantas pessoas falam tão bem da seleção. Mas me falta dim dim, então fico babando nas resenhas alheias e nos livros da meninas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu bem sei como é foi assim com o livro a culpa é das estrelas... só li nesse ano por causa estréia do filme... e emprestado... no caso desse eu estava com ele na estante por um ano rsrsrsr xero!

      Excluir
  9. Também gostei desde o início da espontaneidade da America e do jeito que ela se impõe, não se submetendo a nada diferente do que acredite por nada! E isso de ela demonstrar amor ao próximo realmente conquista a gente... até que chega o segundo livro, espero que você não odeie tanto A Elite quanto eu! rs... Em compensação, amei todos os outros livros e estou desolada porque a Kiera virá à Bienal no mesmo dia da Cassandra Clare... cruel isso... :/

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. oi Ju... estou muito ansiosa para a leitura do segundo livro... porque ando vendo por ai nos blogs a relação de amor e ódio , mais de ódio por esse livro entre os leitores... Agora você me deixou triste... ainda hoje confirmei com uma amiga que iria com ela ver a Kiera e vai ser no mesmo dia da Cassandra... isso é muita maldade... será que vai ser no mesmo horário????

      Excluir
  10. Li mês passado a trilogia e adorei!! Tem varias falhas principalmente no último livro mas n tem como não ficar encantada pelo Maxon ne?!
    Forever a Bookaholic
    Curta a página do blog

    ResponderExcluir
  11. A Seleção é o que mais me prendeu na série toda, o melhor, mais instigante. A Elite é legal, mas mimimizento demais, e A Escolha tem uns buracos e umas coisas sem noção...
    Nos próximos livros, mais nesses 2 citados do que no de Contos, tem as explicações que vc quer, na hora certa pro desenrolar da história. Keep calm! rsrsrs
    Beijinhos!
    Giulia - Prazer, me chamo Livro

    ResponderExcluir
  12. Oi Dih..
    Normal, eu tenho livros na minha estante há muito tempo e que ainda não li também.
    O me deixa curiosa nestes livros é o Maxson..nem sei porque..rs
    Tenho vontade de ler a trilogia, mas acho que está vontade esta passando aos poucos.
    Que bom que gostou, eu acho a capa linda também.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então o Maxon é um fofo e claro que durante o tempo que ainda não tinha lido o livro pelas resenhas eu tinha um certo fascínio por ele e lendo a seleção só fiquei mais interessada ainda... Xero!!

      Excluir
  13. Oi Di, tudo bem?
    Eu também li várias resenhas dessa trilogia, o que me levou a comprar todos eles, inclusive o conto. Mas ainda não tive a oportunidade de ler, uma pena. Que bom que suas expectativas foram correspondidas. Você falou tão bem dos personagens, o pessoal anda meio revoltado com eles, eu nunca sei quem defender: Aspen ou Maxon??? Acho que isso é o mais interessante, a reação, as escolhas que os personagens fazem perante essa sociedade de castas (concordo com você, um absurdo). Adorei!!!!! Quero muito ler também.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então Cila assim que der comece... eu vou ler A Elite nesse próximo mês e finalmente vou descobrir a relação de amor e ódio que os leitores tem com ele rsrsrs Xero!!

      Excluir
  14. Oiee

    Adorei a resenha, ainda não li a série e não sei se vou ler acho que não vou gostar tanto sei la ainda mais pelo que falam no último volume.

    Beijos

    www.livrosechocolatequente.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sei Dressa... mas ai quando eu vejo as pessoas falando que o final foi revoltante ou que teve algumas pontas soltas me desanima um pouco, mas já dei a minha cara para bater e vou ler a trilogia.... Xero!

      Excluir
  15. Oie Diana, tudo bem?
    Eu já li toda a trilogia é amei. America é legal. Eu no começo não gostei de Aspen, mas no terceiro livro eu me simpatizei com ele. Sou Team Maxon, com certeza. O segundo livro eu passei raiva, mas no terceiro eu gostei do desfecho. Algumas coisinhas ficaram faltando, mas eu gostei de modo geral. Quero muito ver a Kiera na Bienal, vamos ver se consigo.

    Beijos,
    Jessica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também Jessica quero ver a Kiera... mas a minha prioridade é a Cassandra... eu amo mais rsrsrsrs...

      Excluir
  16. Esse livro é divino *-----------*
    Mesmo com alguns contras, essa foi a única trilogia que eu li e que eu favoritei todos os livros. A autora conseguiu me envolver de um jeito único!
    No segundo livro eles falam um pouco mais sobre esse lado distópico. Não muito, mas da para saber mais sobre o país e as castas =)

    Beeijinho. Dreeh
    Blog Mais que Livros

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii que bom saber... acredito que realmente as leituras dessa série depende mesmo de cada leitor e de sua percepção sobre a obra... Xero!!

      Excluir
  17. Oi querida!

    Ah, eu não gostei do Aspen não kkkkk. Nossa, não sei explicar, o santo não bateu. Achei ele machista, controlador... Ai sei lá, ele me irrita. Já o Maxon, por mais que me irrite com algumas atitudes mais pra frente da trilogia, conquistou meu coração. America é uma boa protagonista, mas ao mesmo tempo ela me irrita profundamente com sua indecisão.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom eu até tive essa impressão, mas nem tive como julgar muito, porque nesse primeiro livro apareceu mais o querido Maxon, mas quero ler a elite e ver como ele é...

      Excluir
  18. Oi Dih,
    Eu ainda não li A Seleção, mas é uma das minhas próximas leituras e espero também gostar. No começo eu não havia tido interesse pelo livro, mas como gosto de distopias e só li elogios sobre a série, resolvi dar uma chance, sem falar que é sempre bom ler um livro com os clichês triângulos amorosos, né rs.
    Beijos,
    StarBooks

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu tb adoro.... triângulos amorosos... gosto de torcer por um dos mocinhos e fico feliz quando o meu escolhido vai até o fim... Xero!!!

      Excluir
  19. Oi Diana!
    Já li várias resenhas do livro e todo mundo gosta. Não tive oportunidade de ler, acho que eu iria gostar, mas fico meio receosa, porque não é exatamente minha temática preferida. Mas uma coisa eu digo: eu adoro as capas da série. São todas lindas.


    Beijos,
    www.cinefilandobr.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu entendo Nina... mas é mais que normal... mas experimentar é bom... por exemplo eu não era fã de romance histórico até ler o meu primeiro e me apaixonar... Xero!

      Excluir
  20. Se eu te falar que nunca li nem se quer uma resenha sobre nenhum livro dessa série?USHAUSHAUSH Aliás, essa é a primeira, e curti bastante, mas acho que preciso de mais opiniões e de uma boa conversada com alguém que leu pra mim decidir se leio ou não k Bjs.

    Victor Hugo
    http://pipocaradioativa.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jura???? Onde você estava???
      Concordo com você leia outras resenhas e converse com outras pessoas que leram toda a trilogia... Xero!!

      Excluir
  21. Oi Diana,
    Menina cada vez que leio resenhas dessa serie fico mais empolgada, simplesmente amo as capas dos livro e acredito que vou adora a história, a editora caprichou muito mesmo, eu tenho os dois aqui em breve vou ler.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente as capas são maravilhosas... e eu adoro todas... leia assim que der eu coloquei na minha meta... A elite para esse mês....Xero!!!

      Excluir
  22. Oi Dih,
    eu gosto muito dessa série e gostei do Aspen nas primeiras 20 páginas. É claro que acabei não resistindo ao charme do Maxon e me apaixonei por ele.
    Acho que a autora conseguiu construir bons personagens mas que a história é muito presa no triangulo amoroso. Considerando toda a situação que a autora criou para a sociedade creio que o livro daria uma ótima história se ela tivesse explorado mais o lado distópico.
    Enfim, amo muito a série e não tenho nada a declarar sobre essa beleza de capa.
    Bjokas

    ResponderExcluir
  23. Oi Diana,

    Ouço várias críticas positivas sobre essa série, mas ainda não parei para ler. Acredito que seja porque é uma distopia e não é muito o meu estilo, embora tenha um quê de conto de fadas, com o príncipe Maxon.
    Gostei muito de sua resenha e espero ler, quem sabe, depois essa série.
    Realmente, as capas são lindas!!!

    Beijos,

    --
    Priscila Yume
    http://yumeeoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  24. Oi Xerooooooo
    Eu adoro essa série! Os personagens ficaram guardadinhos no meu coração! Max s2 meu Príncipe! Também odiei a Celeste muito, quer ver no Elite! hahhahaa
    Se prepare!
    Ótima resenha! Beijos

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!