Resenha #54 - Belo Desastre - Jamie Mcguire

Título: Belo Desastre
Autora: Jamie Mcguire
Editora: Verus
Páginas: 392

Sinopse:
Abby Abernathy é uma boa garota. Ela não bebe nem fala palavrão, e tem a quantidade apropriada de cardigãs no guarda-roupa. Abby acredita que seu passado sombrio está bem distante, mas, quando se muda para uma nova cidade com America, sua melhor amiga, para cursar a faculdade, seu recomeço é rapidamente ameaçado pelo bad boy da universidade. Travis Maddox, com seu abdômen definido e seus braços tatuados, é exatamente o que Abby precisa – e deseja – evitar. Ele passa as noites ganhando dinheiro em um clube da luta e os dias seduzindo as garotas da faculdade. Intrigado com a resistência de Abby ao seu charme, Travis a atrai com uma aposta. Se ele perder, terá que ficar sem sexo por um mês. Se ela perder, deverá morar no apartamento dele pelo mesmo período. Qualquer que seja o resultado da aposta, Travis nem imagina que finalmente encontrou uma adversária à altura. E é então que eles se envolvem em uma relação intensa e conturbada, que pode acabar levando-os à loucura.

Desde as primeiras resenhas lidas desse livro em blogs de amigos e parceiros que eu quero a leitura dele, percebi durante a leitura que algumas pessoas se empolgaram tanto que exageraram e outras não gostaram tanto, mas mesmo assim recomendavam e eu queria tirar as minhas próprias conclusões. Eu ganhei esse livro de aniversário no ano passado e não aguentava de vontade de lê-lo, mas é que tinha outros na frente e que eu tinha que priorizar, principalmente de parceiros e book tour, mas finalmente eu consegui a leitura dele. 

Era como se tudo naquela sala berrasse para mim dizendo que ali não era o meu lugar. As escadas se desfazendo, aquele alvoroço de clientes briguentos, e o ar, uma mescla de suor, sangue e mofo. As vozes viravam borrões enquanto as pessoas gritavam números e nomes, num constante vaivém, acotovelando-se para trocar dinheiro e gesticulando para se comunicar em meio a tanto barulho.

A história é simples, porém intensa. É um elo de paixão e intrigas impressionante. A história é narrada em primeira pessoa pela nossa protagonista Abby Abernathy então dá para ficar conectada aos pensamentos e sentimentos meio malucos, inusitados e bonitos dela. America a sua melhor amiga desde sempre resolve levá-la a um centro de lutas de rua da faculdade onde o primo de seu atual namorado luta, Abby sabe que aquele não é o seu lugar, jamais se permitiria algum tipo de divertimento nesse tipo de vida, mas ela foi, afinal de contas ela prezava muito a amiga e era o mínimo que ela podia fazer por ela.

Nessa loucura de lutas e suor, Abby conhece o nosso "Cachorro Louco" Travis Maddox, pois é assim que é chamado ele é o oposto de tudo que Abby gosta digo isso porque ela é uma garota que não bebe, não fuma, tem um guarda-roupa cheia de cardigãs e detesta esse tipo de violência. Nessa loucura de luta sangue respinga em seu cardigã e ela fica meio furiosa com isso ainda mais quando Travis se aproxima a chamando de beija flor totalmente descontraído, suado, com suas tatuagens a mostra e seu abdômen totalmente definido. O encontro fica assim, passa um tempo e eles se reencontram e a partir daí Abby descobre que Travis é super desejado e que todas as mulheres brigam para tê-lo e ela quer totalmente o oposto, então quando sua melhor amiga America a chama para ir ao apartamento que seu namorado Shepley que divide com Travis, ela vai toda mal vestida, pois soube que ele tinha um meio interesse por ela ainda mais quando soube que ela não estava nem ai pra ele.

-Gosto desse seu lance natural. As garotas não costumam vir aqui assim.
-Fui coagida a vir até aqui. Não me passou pela cabeça impressionar você - respondi, irritada por meu plano ter falhado.

A partir daí Abby e Travis começam uma amizade, ela sempre falando para ele que não adiantava que ela não iria para cama com ele e ele dizendo sempre que não queria levá-la para cama, porque ela era diferente. Realmente eles ficaram amigos, ele a ajudou nas matérias da faculdade e ela descobriu que realmente ele era um cachorro pela forma como ele tratava as garotas depois de dormir com elas. Ele sempre dizendo que jamais iludiu nenhuma delas e nunca havia prometido compromisso e que elas gostavam afinal de contas elas que o procurava e ele adorava tudo isso, era típico de um macho alfa.

Nessas idas e vindas a amizade deles durante um tempo foi motivo de fofoca de todos na faculdade. Travis o homem másculo e super popular invejado pelos homens e adorado pela mulherada começava a ter sinais de mudança. Em contrapartida estava completamente obcecado por Abby, falo isso sobre a super proteção em não deixar nenhum cara chegar perto dela, em sua visão nenhum era bom o bastante para ela e aquilo a irritava. Enfim em uma brincadeira em mais uma de suas lutas no meio de uma conversa que eles tiveram surgiu a aposta incentivada por ele, Abby descobriu que as vezes ele se deixava bater para aumentar as apostas e ganhar mais dinheiro já que ele ganhava todas as lutas. Nessa brincadeira de aposta ficou acordado que se ele recebesse um soco ele ficaria um mês sem sexo e se ele não recebesse nenhum ela iria morar no apartamento dele por um mês, Abby mesmo contrariada aceitou e claro Travis Maddox ganhou e Abby foi morar com ele.

-Geralmente deixo que eles me acertem uma... para parecer justo.
-Você... deixa as pessoas te acertarem?
[...] -Você acha que estou zoando?
-Acho difícil acreditar que você só leva um golpe quando deixa.
-Quer fazer uma aposta Abby Abernathy?
[...] -Quero. Aposto que ele acerta um soco em você.
-E se ele não acertar o que eu ganho?

Depois da aposta ganha Abby vai para a casa de Travis e Shepley fica furioso porque sempre que Travis pega uma menina que é amiga de quem ele fica sempre acaba sozinho, porque uma amiga sempre apoia a outra e Abby promete a ele que isso não vai acontecer, porque ela não pretende ir para cama com ele. Ainda mais que assim que se conheceram Abby somente dormiu na cama dele e nada mais e isso aconteceu com muita frequência e ele se comportou. Diante disso Shepley fica mais tranquilo e America disse que não irá misturar as coisas. Com isso Abby conhece Parker e eles começam a sair ele é o típico cara que chama atenção dela, certinho, de boa família, estudioso, mauricinho e que tem objetivos de vida notáveis. Claro que nosso cachorro louco fica enciumado, mas nossa mocinha deixa bem claro que eles não tem nada e que ela só está lá por uma aposta e nada mais, claro que sua melhor amiga apoia em tudo. 

Parker se empolga em seu sentimento por Abby e dá um presente que até eu fiquei com inveja que foi uma pulseira de brilhantes super linda, claro que ela leva um susto, pois não esperava e mesmo sendo um presente de aniversário antecipado ela acha um completo exagero, mas Travis faz melhor, claro que um presente desses deixa uma mulher toda feliz, mas uma festa surpresa também deixa e Abby acha aquela atitude super bonita da parte dele. Enfim o relacionamento deles vive sendo cheio de idas e vindas só lendo mesmo para sentir a intensidade e como eles se transformam nesse casal quente.

-Dormir entre a privada e a banheira no chão frio com uma imbecil vomitando foi uma de suas melhores noites? Isso é triste Trav.
-Não, te fazer companhia quando você estava mal e ter você dormindo no meu colo foi uma das minhas melhores noites.

Eu achei a leitura desse livro bastante intensa, com muitos sentimentos envolvidos e bastantes conflitos internos. Quando eu comecei  a ler eu esperava algo mais, só que não me decepcionei e até achei legal não ter esse algo a mais... Me falaram que era bem hot, mas não teve tudo isso e percebi que era exagero de algumas pessoas, em minha visão o que tinha de hot era mais que suficiente para deixar a leitura bem boa. Eu considerei a escrita de Jamie bem intensa, ela aborda os temas de uma maneira simples, porém que nos prende que não temos vontade nem de fugir, não que a gente queira, mas tem livros que lemos e que a gente consegue soltar um pouco mais esse não, simplesmente não dava. A loucura de Travis e Abby me contagiaram, eu achei o casal uma linha de fogo atrás da outra.

O Travis é um cara maravilhoso, com suas tatuagens, seu jeito marrento, sincero, carinhoso e romântico, claro que se aparecesse um cara desses na minha vida eu não pensaria duas vezes. Só que ele tem os seus defeitos e isso sinceramente me faria repensar porque ele é muito controlador, muito ciumento e sufocante. Eu acho lindo a forma como ele chama a Abby de flor, a forma como ele a trata com cuidado, mas esse controle chegou a me irritar em algumas partes da história e nesse ponto eu achei que a autora exagerou um pouco, quer dizer muito. Eu me apaixonaria com certeza por ele sem a menor dúvida, porque é notável que ele somente quer cuidar, ele quer dar carinho, amor e tudo mais. Só que o controle, o ciúme extremo é totalmente exagerado, pode ser que a autora mude um pouco isso no outro livro, é esperar.

A Abby é muito chata em algumas partes da história, tudo bem que eu até entendo algumas de suas razões para querer fugir do tipo dele, problemas familiares que nos traumatizam a ponto de querermos mudar de vida e não querer chegar nem perto de nada que nos faz lembrar, porém eu achei ela meio infantil em algumas ocasiões e totalmente boba em outras, mas teve algumas partes principalmente para o final do livro que gostei de algumas atitudes dela e até cheguei a admirá-la.

Eu gostei de America também, ela é uma ótima amiga e faz muito bem para Abby, afinal de contas não é qualquer pessoa que larga sua vida para ir a uma faculdade em outro lugar para acompanhar a amiga, ou seja, fugir junto com ela. Fora que ela é super alto astral, anima qualquer pessoa e é muito louca, ela deu uma pitada a mais na leitura desse livro. 

Estou super ansiosa pela sequência Desastre Iminente, eu ia ganhar de presente, mas a minha amiga comprou não resistiu e começou a ler, daí ela preferiu me dar outro livro que também gostei, mas poxa vida... Só me deixou tentada rs. Enfim gostei da história demais, só não levou 5 estrelas por esse exagero que a autora apresentou na história em minha opinião é claro, mas esse é um romance gostoso de ler e pode ter certeza que você vai rir, vai se emocionar e vai gostar muito desse casal. Eu recomendo.

-Sabe porque eu te quero? Eu não sabia que estava perdido até que você me encontrou. Não sabia que estava sozinho até a primeira noite em que eu passei na minha cama sem você. Você é a única coisa certa na minha vida. Você é o que eu sempre esperei, Beija-Flor.

Bom queridos e queridas por hoje é só... Alguém já leu esse livro? O que achou? Quem não leu, tem vontade? Deixem seus comentários... Xero!!!!!

 photo participedotopcomentarista1.png

44 comentários

  1. Olá Diana,
    esse livro é está na minha lista de favoritos, realmente ele é muito bom e o meu bebê deste gênero. Eu daria uma super bronca nessa amiga, hein, rs. Estou louca par ler Desastre Iminente também.
    http://exceptionss.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu dei kkkkkk, mas ela me compensou rsrsrsrs. Xero!

      Excluir
  2. Oi Diana, tudo bom?
    Adorei sua resenha! Quero muito ler esse livro e tenho ele na estante, mas sempre fico enrolando para começar a leitura. Espero que eu consiga lê-lo esse mês ainda.
    O meu único receio é não gostar tanto assim do Travis porque não curto caras assim.
    Beijos
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É que na verdade flor... ele é muito controlador, mas nunca prejudicou a Abby em nada eu senti um amor avassalador, aquela coisa misturada com pele... dependência... dessa parte eu gostei muito. Xero!

      Excluir
  3. O livro é realmente intenso, mas achei as cenas hot "fraquinhas" também. Achei que ia ter sexo tooooda hora, pelo que as pessoas falavam, mas não é bem assim, né flor? Mas amei o livro, é bom demais!

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também gostei muito do livro... Então foi isso que eu esperei... porque foi o que eu vi por ai... mas não me decepcionei... foi tudo na medida certa, tirando a parte obsessiva dele...

      Excluir
  4. Mas o que é isso! Esse livro está me perseguindo kkk
    Parece que todo lugar que eu vou vejo algo sobre ele, e sempre críticas positivas. Estou muito animado para ter esse livro, mas por enquanto é esperar ganhar de presente, por que por enquanto não vou poder comprar :(
    Agora, mês que vem - sem sombra de dúvida - ele vai ser meu. Promessa!

    Muito boa a sua resenha, como todas as que eu já li por aqui. Só me deixou ainda mais com vontade de Belo Desastre :D

    ||TERRA DE FAGULHAS

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownnn obrigada Michael, fico feliz que gostou eu fui bem sincera com o que senti e achei do livro, que bom que isso pode ajudar na decisão de tê-lo... Xero!!

      Excluir
  5. HAAAA!!!!!! O Travis é perfeito neh??? *-* Amoooo! <3

    Adorei sua resenha, tbm quero muito ler o próximo volume!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir
  6. Oie. Li este livro e adorei, apesar de achar Abby muito chatinha, hehe.
    Achei sua resenha muito detalhista, para quem não leu acho que é muita informação.
    Travis é demais... enquanto lia fiquei imaginando o que se passava pela cabeça dele, como ele lida com os sentimento por Abby e porque se envolver com outras garotas mesmo apaixonado... preciso ler "Desastre iminente".
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também preciso muito ler desastre iminente... Eu contei a história Edna me baseando mais pela sinopse... sempre faço assim...Eu não achei que dei muita informação... mas respeito a sua opinião, pois quem vê de fora... vê melhor né.. Xero!

      Excluir
  7. Oi Dih, tudo bem?

    Eu já li esse livro, mas confesso que não gostei. Não gostei por causa do Travis (não entendo como conseguem gostar dele, pra mim ele é um mal carater, impulsivo que acha que a mulher é um objeto) e tb por causa da Abby que no inicio se mostrou forte e decidida, para no final se tornar cliché. Gostava mesmo do casal secundário.

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo seu ponto de vista... realmente ele era assim, mas percebi a mudança no decorrer da história... o amor transforma... depois ele passou a se dedicar apenas a uma... mas enfim respeito... porque cada pessoa vê a leitura do livro de sua forma e eu adoro ver as opiniões que divergem da minha... Xero!1

      Excluir
  8. Oi Dih!
    Gostei muito de Belo desastre e ainda mais de Desastre Iminente, ainda que em algumas partes o drama seja exagerado o romance é lindo!
    Beijos!
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Realmente o contexto do romance é lindo... Xero!

      Excluir
  9. Oie amiga querida, tudo bem?
    Sei que andei sumida, mas estava descansando nesse carnaval e acabei deixando o blog um pouco de lado (risos)
    Enfim...Eu fiquei impressionada com sua resenha de BELO DESASTRE, porque até hoje eu ainda não o peguei para ler e todos tem comentado muito bem dessa série.
    Gostei do seu ponto de vista e principalmente de tudo que vc falou da obra. É muito bom quando uma história assim nos envolve, mas eu senti que vc n ficou tão ENCANTADA com o livro como eu pensei que ficasse. Mas sei la neh, cada um tem um ponto de vista sobre esse livro e espero que eu goste quando pegar para ler.

    Outra coisa, vc ficou sabendo que a autora já lançou o terceiro livro?
    É o CASAMENTO alguma coisa...n sei...acabei de ver em um blog que passei hahahahaa...Vamos ver o que nos aguarda né?

    Enfim...

    Depois passa lá no meu cantinho
    que tem RESENHA da obra POSEIDON - http://lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu me encantei sim, porém achei exagero do personagem Travis pela sua obsessão pela Abby e seu jeito controlador.... isso me deixou sim incomodada. Xero!

      Excluir
  10. Olá.
    Não curto muito os livros New Adult, por este motivo não me interessei por Belo Desastre que foi o primeiro livro do gênero lançado por aqui e fez o maior sucesso. Mas o livro é muito bem comentado.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse livro é bem simples comparado o que eu ouvi falar por ai... na verdade os sentimentos são tão intensos que dispensa mais detalhes sobre o sexo. Xero!

      Excluir
  11. Eu já li os dois e provavelmente vou ler "Belo casamento". Apesar de ser uma história batida achei e q autora a escreveu de uma forma convincente e com boas nuances e reviravoltas. Claro que houve algumas situações que eu questionei e até fiz um post sobre esses livros quando acabei de ler. Complicado não amar o Travis, acho que todas amam e vão amar...não tem como né? Gostei muito dos coadjuvantes, do Steph e da America, mas nossa...como a Abby é chata...acho que o Travis carrega a história nas costas srsrsrs
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom eu percebi durante a minha resenha que muitas opiniões se divergem e eu acho isso super interessante. Eu não acho que ele carrega a história nas contas acho que os dois se destacam da mesma forma. A Abby é chata mesmo, mas no fim passei a admira-la... Xero!

      Excluir
  12. Oi Dih..
    Queria ler este livro também por causa de outras resenhas que vi.
    A sua ficou completinha como sempre. Eu ainda tenho curiosidade de ler este livro, mas estou tão cheia de séries ou trilogia para ler, que não sei se encarava mais uma..rs Primeiro tenho que terminar o que tem aqui na estante.
    Mas este é um livro que com certeza está na minha estante.
    Mas que bom que voce gostou né, sinal que a história é boa.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu gostei sim... tirando aquelas partes exageradas... mas sim... é um reflexo de intensidade e de como o amor pode mudar as pessoas e suas atitudes... Xero!!!

      Excluir
  13. Eu comecei a ler o livro mas acabei abandonando :/
    Eu também esperava algo mais, mas acho que não era meu estilo mesmo

    http://cheirinhodolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que pena... mas nem posso falar nada, porque também já abandonei um livro somente um... e não me arrependi...mas assisti ao filme rsrsrs.

      Excluir
  14. Oi Diana,
    Eu já Belo Desastre e gostei muito do livro, como você disse, ele é intenso.
    Mas em determinados momentos eu achei a Abby meio que sem sal, mas ainda sim eu gosto dela (embora, eu goste mais da America).
    Acredito que desastre Iminente seja melhor, já que é contado do ponto de vista do nosso Cachorro Louco Travis Madox.
    Gostei muito da narrativa do livro, ela fluiu com muita facilidade.
    Achei sua resenha bem completa sobre o livro. AMEI.
    Bjokas
    nerdworldofgirl.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi Di,
    tudo bem?
    Você finalmente leu esse livro!!!!!!!! Foi um dos que mais me marcaram, eu não queria fazer resenha dele, acabei fazendo. mas até hoje acho que não consigo colocar no papel todo o sentimento desse livro.
    Eu sei que o comportamento dele é obsessivo, mas em nenhum momento ele a prejudicou com esse comportamento (tudo bem, tem uma hora...., não posso falar em respeito aos que ainda não leram).
    Mas é tanto amor (tudo bem, misturado com dependência), que me marcou muito. Só consigo dizer isso.
    E ele não tem nada de hot, se enganaram com esse comentário.
    Quando lembro, sinto saudades desse livro, como eu ainda não li o outro, acho que vou reler esse primeiro.
    beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu achei tudo isso que você citou flor e imagino o que você quis dizer... Eu quero assim que der ler logo Desastre Iminente... Xero!!

      Excluir
  16. Que resenha maravilhosa, flor! Disse tudo sobre o livro… amei. Não me refiro a spoilers (haha), porque não têm, mas ao fato de você ter abstraído de Belo Desastre exatamente o que senti. A sua essência intensa!
    Ah, o Travis Maddox é mesmo lindo demais. E com a Abby faz um casal ótimo. São paixão pura, mas que se incendeia e queima um ao outro algumas vezes (rs). Acredita que li faz tempo este livro, mas ainda não o resenhei? Deu-me vontade de fazê-lo com a sua resenha! (rs)
    Beijos, flor!

    www.myqueenside.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Já li Belo Desastre e, apesar da narrativa fluida, não gostei muito do livro. Mas, foi uma leitura ok.
    Achei o Travis bem possessivo e ciumento e a Abby bem chata. Adorei a America e o Shepley, são um casal super fofo!

    ResponderExcluir
  18. Eu já li Belo Desastre e gostei bastante da historia, achei a Abby meio besta sabe, como não notar que o lindo do Travis gostava dela, ahhh isso me deixou muito brava, mas tudo bem, também já li a continuação posso dizer assim o Desastre iminente, que é a mesma historia só que narrada pelo Travis, só uma aviso é bem melhor, o Travis é demais, eu adorei, gostei mas do ponto de vista dele do que o dela.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownnn fiquei mais curiosa ainda por desastre iminente rsrsrsrs.

      Excluir
  19. Pela capa e pelo título, imaginei um enredo totalmente diferente. Sua resenha ficou muito boa, bem explicativa, mas a premissa do livro não me conquistou. Não gosto muito de livros do gênero e talvez isso tenha pesado bastante. Dessa vez, eu passo a leitura.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Entendo... essa resenha foi uma das que mais gostei dos comentários teve de tudo um pouco... adorei... espero que as divergências continuem, porque a opinião dos leitores é super essencial. Xero!

      Excluir
  20. Tenho bastante curiosidade em relação a esse livro, e ele é um dos meus mais desejados =) E fiquei super animada com sua resenha, e como sempre vejo ótimas resenhas sobre ele, estou muito ansiosa para poder ler...
    Bjuss

    ResponderExcluir
  21. É inegável todo o sucesso que esse livro fez em seu lançamento. E ainda faz, principalmente o Travis Madox. kkkkkk
    O que é interessante é essa gama de sentimentos que você sentiu ao ler esse livro. São poucos os autores que conseguem criar uma trama tão intensa assim. Espero ter a oportunidade de ler em breve.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  22. Oi, Diana.
    Estou super ansiosa para ler esse livro, gostei muito da sua resenha.
    Quanto ao ciúmes exagerado, várias resenhas toca nesse assunto, tomara que no próximo livro diminua um pouco.
    Estou muito ansiosa para conhecer o Travis, de tanto que já ouvi falar nele.

    ResponderExcluir
  23. Oi
    Já vi muitas resenhas positivas desse livro. Ainda não li, mas quero muito ler. Estou doida para conhecer o tão falado Travis.

    ResponderExcluir
  24. Travis meu amor. Um dos meus livros favoritos, não tem como não se apaixonar por está história, é simplesmente encantadora. Ela te envolve de uma maneira que é até difícil de explicar.

    ResponderExcluir
  25. Dih,

    Eu acho que me encaixo no requisito de "amigas que exageraram ao falar de Belo Desastre", mais é que eu sou apaixonada por esse livro, e sempre ouço as pessoas falando do ciúmes doentio do Travis, mais é algo justificado, ele nunca se sentiu dessa forma e não sabe ao certo como agir, sei lá eu posso ser a pessoa mais suspeita pra falar sobre esse livro, gostei muito de ler seu ponto de vista, amo a blogsfera por isso, o mesmo livro pode despertar sentimentos tão diferentes nas pessoas.

    Bjks

    Patty Santos - Blog Coração de Tinta
    http://www.coracaodetinta.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!