Suas Escrituras... JB Xavier... Poema... O Prazer de Amar.

Olá pessoas!!!

Hoje em caráter especial a coluna Suas Escrituras foi publicada hoje na sexta, uma vez que é as quintas, mas a pessoa que vos fala teve uma pequena amnésia e esqueceu que ontem foi quinta. Mas o importante foi que eu me dei conta e cá estou trazendo mais uma linda poesia.

A poesia que trouxe hoje é de autor JB Xavier que publica no site  Recanto das Letras eu tive o prazer de conhecer esse poema no facebook de um amigo e gostei tanto que resolvi entrar em contato com o autor. Achei que ele fosse demorar a responder... Mas não no mesmo dia ele me respondeu com muita atenção e delicadeza, eu fiquei admirada por que ele foi bem solícito. Ele me parece ser uma pessoa incrível e muito romântica, quem escreve poemas assim tem muita sensibilidade e me ganhou como leitora e pretendo sim trazer mais poemas dele. Vamos conferir?



O PRAZER DE AMAR
J.B.Xavier

Ama!
Ama sem restrições,
Sem comedimentos,
Ama sem desesperanças,
Porque amar é dar, antes de receber...

Ama sem cadeias,
Sem aprisionamentos
De sentimentos,
De saudades,
De ressentimentos...

Ama sem angústias,
Sem lágrimas,
Sem tristezas,
Sem melancolias,
Sem cobranças...

Ama como se só existisse o hoje,
Como se o sol não fosse se por,
Como se não houvesse amanhã...
E amanhã,
Ama como amaste ontem...

Ama em sublime entrega,
Em aconchegos do coração,
Em felizes pensamentos,
Ama em alegria
Cada dia
Que acrescentas à tua existência...

Ama o ar que respiras,
O vento nas palmeiras,
Ama os passeios no parque,
E os sábios silêncios de teu coração.
Ama a mão amiga
Que te convida à reflexão...

Ama!
Faze do amor o teu mestre,
Da alegria o teu mundo,
Da felicidade teu espelho...

Ama!
Comemora cada uma das tuas conquistas,
Festeja cada uma das tuas dúvidas,
Porque elas são o teu renascer...

Ama o olhar que sofre,
Ama o que te oferece contentamentos,
Ama teus momentos,
Por são deles que a vida é feita...

Ama os problemas que te afligem,
Porque neles está a origem
Das correções que deves fazer
Em tua vida...

Ama!
Ama sem desperdiçar teu tempo
Com clamores pelo que não tens.
Ama na doce entrega
Da felicidade plena,
Ama como se fosses a antena
Das energias cósmicas
Que inundam os espaços...
Ama cada um dos teus passos...

Ama essa chance divina
De poderes acordar a cada dia
Com um sonho por realizar.

Ama pelo simples prazer de amar...



Em minha visão o autor retratou apenas a beleza do que amar e ser amado... ele falou do amor da maneira mai sublime e necessária, eu me senti totalmente entregue a estas palavras. De verdade eu gostei muito desse poema mexeu realmente com a minha forma de pensar e agir.

Como eu disse pessoas o JB escreve no site Recanto das Letras clicando no link em negrito você será direcionado (a) ao perfil do autor lá. Para conhecer ainda mais o autor e seu trabalho você pode clicar AQUI e você será direcionado (a) ao site do escritor. Digo que vale super a pena conferir, ele tem poemas belíssimos.

Ah e se você se interessar em enviar o seu escrito, me envia por email: diana.canaverde30@gmail.com me sentirei honrada em publicar aqui...

E ai o que acharam? Gostaram do poema? Deixe seus comentários.
Xero no coração.

 photo participedotopcomentarista1.png


50 comentários

  1. Parabéns ao autor,quanta sensibilidade para falar do amor,lindo!

    ResponderExcluir
  2. Eu escrevia no Recanto das Letras, acho que foi lá que fui melhorando um pouco - não que eu ainda esteja bem kkkkkk - mas o site é ótimo e a gente sempre encontra bons escritores e leitores dispostos a ajudar. Mesmo que lá eu escrevesse mais contos de terror rsrsrs (Ok, esse não é mais o meu estilo), Adorei o poema, o autor está de parabéns.

    terradefagulhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sempre tive vontade de escrever lá... espero um dia a oportunidade. :D
      Ele agradece Michael..

      Excluir
  3. Oii Dih..
    Nossa que romantismo este poema..amei.
    Bela representação do amor.

    beijos
    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Parabéns ao autor!
    Quanta sensibilidade! Isso que é amar e ser amado! Adorei!

    ResponderExcluir
  5. Muito sensível. Amei o poema, mostra que o amor pode ser encontrado nas coisas mais simples e improváveis.

    ResponderExcluir
  6. oi,
    eu adoro poesias e adorei essa! Escrevia poemas a muito tempo atras, mas nada tão bom quanto esse trabalho, meus parabéns ao autor!
    Eu achei seu blog muito bacana e vou segui-lo! Você pode visitar meu blog e me seguir tmb? obrigada!

    Juliana
    -TÍTULOS DE LIVROS
    http://titulosdelivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro Juliana...
      Obrigada e o JB agradece tb...

      Excluir
  7. Não costumo ler poesias, mas essa é realmente muito bonita! Parabéns ao autor por toda a sua sensibilidade!
    Beijos!
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Que lindo esse poema, me deixou sem palavras! Também acho que o poema é sobre amar, simplesmente o prazer de amar e achei isso muito lindo mesmo, o autor está de parabéns! :)
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Adoro poemas e esse sobre o amor é lindo da até vontade de imprimir e sair entregando a todo mundo, sabe.

    ResponderExcluir
  10. Não sou muito fã de poemas, mas este realmente, é um bem lindo!

    Beijos.
    Páginas na Estante
    Twitter

    ResponderExcluir
  11. Olá, que bacana essa coluna. Gostei muito da poesia (ele escreve muito bem) e da forma que você a encontrou, adoro ler esse tipo de história. Visitei o Recantos das Letras e também achei o site muito bacana para diversos autores!

    Abraços!
    www.umomt.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O site realmente é muito bom.... tem escritores fantásticos....

      Excluir
  12. Olá, adoro poemas e nem sei o que dizer desse,
    muito lindo, e muito verdadeiro, parabéns para quem fez
    bjs

    http://www.loveebookss.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Mas que lindo *----* tô adorando esse cantinho para os textos aqui, cada um mais lindo que o outro. É muita gente talentosa!

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza minha linda... tanta gente ai com um talento escondido rsrs.

      Excluir
  14. Oie querida =)
    que bom que dessa vez entendeu o que a poesia quis dizer :p
    achei muito linda, e deveríamos todos colocá-la em pratica, amar sem restrições, o hoje como se não houvesse o amanhã.
    Beliscões da Máh ♥
    Blog
    Instagram

    ResponderExcluir
  15. Oi Di!
    Parabéns para o Autor novamente!
    Achei lindona! E como sempre o amor e amar nunca saem de moda!
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Gente, que poema lindo.
    Profundo e tocante. Passa realmente a essência desse sentimento tão belo e tão difícil de descrever. Tocou-me no fundo do peito e me fez desejar ligar para as pessoas que amo e dizer-lhes o quanto são importantes para mim.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aiii que lindo Rita vc acredita que me emocionei com suas palavras... <3

      Excluir
  17. Realmente, para escrever um poema como esse tem que ser bem sensível e romântico! hahaha Adorei demais, muito linda! Eu tbm escrevia no Recanto das Letras, mas acho que faz anos que não entro lá! :P
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Oie, sou fã de poesias, elas conseguem expressar sentimentos em palavras e isso é muito lindo, adorei as palavras, realmente muito lindo, abraços

    ResponderExcluir
  19. Oi,
    Eu sou apaixonada por poesias, inclusive no incio do blog sempre postava algumas, mas agora infelizmente estou com minha criatividade longe hehe
    Essa por sinal é tão linda e delicada, realmente o autor soube escrever o que é esse sentimento tão lindo.
    Beijos

    Mari - Stories And Advice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo flor... ele falou da beleza e dos defeitos que são o prazer de amar...

      Excluir
  20. Oi Di!

    Você tem razão, ele realmente falou do amor da maneira mais sublime. Não leio poesias normalmente, mas estou gostando bastante de algumas que aparecem nessa coluna!

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  21. Ama! Ama! Ama! Ai que lindo <3. Eu não leio muitos poemas é verdade, mas este é perfeito. >.<, desse jeito fico até apaixonado. Abraços!

    http://momentoliterario1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Eu não sou muito de me agradar com poemas, mas esse é uma exceção pela beleza e delicadeza em falar do amor.
    Parabéns ao autor pela sensibilidade nas palavras.

    Até mais.
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir
  23. Oi Di,

    Que poesia mais profunda e verdadeira, pelo menos, para pessoas que investem e acreditam na força do amor. E a frase que segue sintetiza tudo com maestria suprema "Ama pelo simples prazer de amar...".

    Bjs
    Tânia Bueno
    http://facesdaleiturataniabueno.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. Oie flor,
    Eu amo poesias, sempre que passo por aqui digo isso..rsrsrs. Mas tenho que repetir: eu amo poesia. Gosto da forma com o amor transmite o amor, das palavras intensas e verdadeiras. Sempre que posso estou lendo poesias e essa do JB é intenso e eu gostei muito.

    Beijos,
    Jéssica
    www.leitorasempre.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Di,
    tudo bem?
    A proposta do autor JB Xavier é tão difícil. O amor é um sentimento tão complexo, as vezes tão egoísta, pois não queremos abrir mão de quem amamos, o que por si só, é a maior prova de amor. Contraditório? Muito!!!!! Amar sem esperar ser amado, todos que amam querem ser amados. Amar o hoje, intensamente, mas o amanhã as vezes é tão presente, que esquecemos do próprio presente.
    Se deixar, vou falar o dia inteiro, esse tema não se esgota. Gostei muito do poema, me fez ficar aqui filosofando. parabéns ao autor.
    Beijinhos.
    cila-leitora voraz
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Gostei bastante da poesia, achei ela bem construída =)

    ResponderExcluir
  27. Que bacana sua coluna, embora não goste muito de poesia - apenas para análise pessoal, rs - e gostaria de saber se você aceita apenas esse tipo de escrita, pois eu construo apenas contos e gostaria de ver um meu por aqui :/

    Beijo

    ResponderExcluir
  28. Oi Di,
    Tudo bem?

    Amar é a melhor coisa que pode existir né, amar não só a pessoa próxima, mas todos aos redor e tudo, das coisas mais simples, as mais complexas, esse poema me fez pensar que podemos amar tanta, que o amor nunca se esgota, posso parecer uma romântica de plantão, mas o poema é lindo e me faz sentir assim.

    Mayla

    ResponderExcluir
  29. Que graça de poema, parabéns ao JB Xavier pela linda escolha de palavras, que relatou a coisa simples do amor, que só vê coisas boas... um encanto mesmo. E parabéns pra ti Dih, com essa linda coluna. Beijos

    ResponderExcluir
  30. Realmente o autor não falou de um tipo de amor, mas o amor sublime, o amor que engloba tudo. Muito lindo, profundo e tocante!

    ResponderExcluir
  31. Oh Deus! que coisa nais linda!!!!! *-* E olha que não sou tão fã de poesias heim! Adorei!
    Claro que vou conferir o trabalho do autor! Lindo demais menina!

    bjo bjo^^

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!