Novela Literária - Recomeço - Capitulo 11


Recomeço - Capitulo 11 - Classificação +13

Nayra foi rápido ao banheiro se trocou deu uma retocada na maquiagem, e saiu daí elas foram guardar as bolsas e foram em direção ao salão quando ouviu alguém chamando por Camila...

Paulo: Oi Camila, 
Camila: Oi Paulo.
Paulo: Foi muito bom fazer parceria com você espero que possamos trabalhar mais vezes juntos.
Camila: Eu também gostei, podemos dançar mais tarde, estou na mesa 5.
Paulo: Eu também
Camila: Melhor ainda.
Paulo: Posso dançar com sua amiga?
Camila: Se ela aceitar...
Nayra: Aceito...
Paulo: Então vamos...

Camila deu uma piscada para Nayra e foi para a mesa chegando lá Leandro, Débora e Eduardo estavam lá...
Camila: Oi Dú, você viu a nossa apresentação?
Eduardo: Sim, não perderia por nada.
Camila: O que você achou? Você sabe que sua opinião pra mim é importante.
Eduardo: Foi ótimo, achei as danças um pouco simples, vocês poderiam ter detalhado mais, mas estava ótima a sintonia estava maravilhosa entre você e o Paulo.
Camila: Obrigada...
Leandro: Oi maluquinha!!!

Camila olhou para Leandro com um frio na barriga, fazia muito tempo que eles não conversavam...

Camila: Oi Leandro, oi Débora.
Débora: Você anda sumida Camila...
Camila: Tenho estudado bastante é isso.
Leandro: Tem certeza?
Camila: Absoluta.
Leandro: Quem é aquela garota que está dançando com o Paulo?
Eduardo: nem sei quem é.
Camila: Nem eu
Leandro: Bom ela dança bem Salsa.

Eduardo ficou só observando sentiu que a conhecia de algum lugar e gostou do jeito misterioso daquela garota, precisava se desprender do sentimento que sentia por Nayra e achava que de repente conhecendo outra garota poderia esquecer, apesar de achar que isso não funcionava, mas aquela garota de máscara presa no rosto realmente chamou sua atenção e quis jogar também então colocou a sua máscara e disse...

Eduardo: Gostei do mistério dessa garota, vou a chamar pra dançar.

Camila adorou aquilo que ouviu iria ser uma oportunidade única teve que pensar muito rápido entre pedir que tocasse uma música em especial, então ela viu que Eduardo foi em direção de Nayra e Paulo e saiu correndo pro DJ e pediu uma música da Mya - Do You Only Wanna Dance tema do filme dirty dancing havana nights que Nayra havia comentado que amava dançar aquela música ela apontou Nayra pra ele e disse que assim que o outro rapaz se aproximasse era pra ele tocar a música e o DJ aceitou numa boa, daí ela correu de volta pra mesa esperando por Paulo....

Paulo: Nossa garota estou impressionado com você...
Nayra: Porque?
Paulo: Além de misteriosa você dança muito bem.
Nayra: Obrigada.

Eduardo se aproximou e disse...

Eduardo: Posso dançar com a dama?

Paulo olhou pra ele desconfiado e disse...

Paulo: pergunte pra ela.
Nayra: Tudo bem sem problemas.
Paulo: ok


Paulo saiu e Camila o encontrou no caminho o chamando para dançar. Nayra aceitou dançar com aquele cara misterioso porque olhou em seus olhos e sentiu confiança e de repente percebeu que poderia ser destino quando ouviu sua música preferida tocar, quando Eduardo tocou na mão dela os dois sentiram um choque elétrico no corpo e uma sensação esquisita, Nayra não sabia o que estava acontecendo e começou a dançar com Eduardo se entregando totalmente na dança, pois não conseguia parar de olhar nos olhos dele  que por sua vez também estava fascinado com o olhar de Nayra e mesmo sem ter certeza de quem era por traz daquela máscara sentia que conhecia aquele olhar de algum lugar, a dança dos dois estava envolvente e linda o pessoal que dançava ao redor até abriu um circulo os deixando deslizar sozinhos na pista de dança, eles estavam tão envolvidos que nem perceberam que estavam sendo assistidos, mas Nayra dançou com Eduardo com muita confiança naquilo que estava fazendo e apesar de não estar dançando a batida do Zouk, mas sim uma salsa, foi uma dança bastante sensual e linda, quando eles terminaram de dançar ainda surpresos com o turbilhão de sensações  o pessoal os aplaudiu e foi daí que Nayra caiu em si e viu que tinha platéia então ela se curvou em agradecimento como seu pai a ensinou e depois saiu correndo e Eduardo foi atrás. Enquanto isso o pessoal que estava na mesa começaram a comentar...

Débora: Vocês viram que dança perfeita!!!
Leandro: Quem será aquela garota??
Camila: Se eu não soubesse que o parceiro dela seria o Eduardo eu jurava que eles tinham ensaiado.
Paulo: Olha essa garota merece entrar na academia.
Leandro: Você a conhece?
Paulo: Não!!! Mas se ela está aqui provavelmente deve ser uma das inscritas.
Leandro: Faz sentido.
Paulo: Bom gente vou  sair para dançar, você vem Camila?
Camila: daqui a pouco ok.
Leandro: Estou preocupado.
Camila: Com o quê?
Leandro: É que eu ia apresentar a Nayra para um amigo da academia e até agora ela não apareceu.
Camila: Ela não estava passando muito bem eu vou procura – la ok, enquanto isso aproveitem pra dançar.
Débora: É isso mesmo que vamos fazer.

Camila saiu e eles foram dançar, enquanto isso Eduardo alcança Nayra e pega na mão dela, os dois novamente sentem o choque elétrico que vibram em seu corpo...
Eduardo: Porque você saiu correndo?
Nayra: Não sei, de repente fiquei meio envergonhada no meio de tanta gente.
Eduardo: Eu nunca dancei desse jeito com nenhuma garota, foi incrível!!!
Nayra: Eu nem sei o que dizer, também nunca dancei com ninguém desse jeito, na verdade eu achava que jamais conseguiria dançar assim com alguém, daí você apareceu, eu nem sei o que estou dizendo.
Eduardo: Eu também não sei o que dizer, mas foi muito bom dançar com você eu senti uma sintonia maravilhosa, como se nosso corpo tivesse uma química.
Nayra: Desculpa, mas eu preciso ir.
Eduardo: Por quê? Eu falei alguma coisa de errado?
Nayra: Não, não é nada com você, eu sou o erro, e e eu não posso ficar aqui com você, eu não devo.
Eduardo: Porque não? Você está acompanhada? Está com o namorado?
Nayra: Não!! Eu só preciso ir...
Eduardo: Eu só quero entender o por quê? Deixa-me  ver seu rosto.
Nayra: Não isso não, desculpa você não me conhece e me fez sentir algo que eu tenho lutado pra não sentir, eu vou embora e não venha atrás de mim, por favor.
Eduardo: Não diga isso, você mexeu comigo de um jeito que nenhuma garota fez e não sei como isso aconteceu, apenas pelo seu olhar, eu quero te conhecer melhor não me negue isso.
Nayra: Mais eu não quero e você não pode me obrigar, foi apenas uma dança, vou guardar comigo, mas foi apenas uma dança...

Nayra saiu correndo deixando Eduardo parado ele estava confuso, sentia algo por essa garota misteriosa, mas gostava de Nayra e as sensações que ele tinha em relação a Nayra eram as mesmas, mas ele não podia estar gostando de duas garotas ao mesmo tempo, mas que iria fazer um teste final com Nayra para saber se realmente era a mesma sensação, iria toca – la ele não entendia porque subia toda aquela eletricidade em seu corpo e tinha certeza que a garota misteriosa havia sentido o mesmo, mas ela fugira dele e ele tinha que esquecer porque nem sequer tinha visto seu rosto e também não sabia seu nome então voltou para o salão. Nayra foi até o banheiro e começou a chorar feito uma criança perdida dos pais e desejou que seu pai estivesse lá naquele momento para abraça – la ela entrou no banheiro e tirou o vestido e guardou a mascara de qualquer jeito na sacola, foi a melhor dança de sua vida assim ela pensou, havia conseguido superar seu medo com aquele rapaz, e ela não conseguia esquecer aquele olhar, mas ela tinha que por um fim naquilo, pois estava fora de cogitação algum tipo de envolvimento com alguma pessoa, envolver – se naquele momento de sua vida não estava em seus planos aliás ela nem pensava nisso, pois em sua vida ela tinha outras prioridades e não queria voltar com seus medos e fantasmas. Depois de um tempo em lágrimas ela tirou o vestido e vestiu outro mais simples, limpou seu rosto e foi retocar a maquiagem e Camila entrou no banheiro...
Camila: O pessoal está perguntando por você.
Nayra: Eu já vou.
Camila: Porque você tirou o vestido?
Nayra: Você viu a dança?
Camila: Todo mundo viu.
Nayra: o que você achou?
Camila: Linda!!!
Nayra: Quando eu parei de dançar que vi todas aquelas pessoas me olhando fiquei tão envergonhada.
Camila: sem nenhum motivo, eles abriram espaço pra vocês e isso não acontece sempre. Esse foi o motivo de sua saída as pressas?
Nayra: Também.
Camila: Como dançarina Nayra você tem que perder esse medo.
Nayra: Não consigo...
Camila: Você não pode falar isso, o que aconteceu depois que ele foi atrás de você?
Nayra: Nada, mas é tudo muito estranho.
Camila: Você sabe quem ele é?
Nayra: Não eu já não conheço ninguém por aqui, não faço a mínima idéia de quem é o dançarino misterioso e eu prefiro que seja assim.
Camila: Por quê? Espere vocês...
Nayra: Não!! Pode parar com esse pensamento.
Camila: Ele mexeu com você por isso você está assim.
Nayra: Não, ele não mexeu comigo, mas quis me conhecer e não quero esse tipo de aproximação seja lá quem seja ele.
Camila: Tudo bem vou continuar respeitando seu espaço...
Nayra: Camila eu vou te contar o que realmente aconteceu, mas você tem que me prometer que jura por sua vida que jamais vai contar.
Camila: Eu quero que você entenda de uma vez que embora eu seja maluquinha, você pode contar comigo pro que der e vier e sim prometo não contar a ninguém.
Nayra: Amanhã te conto tudo, agora eu preciso tomar um ar.
Camila: Vamos eu vou com você há e o Leandro está te procurando pra te apresentar seu parceiro de dança.
Nayra: Eu nem sei se vou dançar, acho que é melhor eu seguir um caminho menos complicado que esse.
Camila: não desiste desse sonho por causa do medo, e se no futuro você viver frustrada relembrando de como poderia ter sido se você não tivesse desistido, pense bem faça e se não quiser seguir carreira para isso então não siga, mas duvido que você consiga.
Nayra: Você está me saindo uma ótima amiga Camila, agora sinto que posso confiar de verdade em você.
Camila: Eu também confio em você Nayra, fielmente e de olhos fechados.
Nayra: Obrigada, então vamos, preciso conhecer meu parceiro, espero que nós nos demos bem, porque não posso, mais desperdiçar tempo.
Camila: É assim que se fala.

Olá amores, espero que tenham gostado desse capítulo, eu adorei escrevê-lo.

Xero no coração!

 photo participedotopcomentarista1.png

6 comentários

  1. Adoro fanfic's e historinhas...
    Mas como peguei a partir do capítulo 11 me vejo obrigada a voltar e ler os outros capítulos perdidos e conhecer a sinopse do texto, pra não ficar perdida ou ler spoilers, haha.

    ResponderExcluir
  2. Ai tô adorando essa cumplicidade entre elas, e quero muito saber o que aconteceu. Já vai ser no proximo capitulo? Ou vai ser so a continuação da festa? Afinal, vai dar um fuzue quando eles souberem que o "parceiro" é o outro ahah

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oiee =)
    aaaah, que legal essa novela, ainda não tinha lido nenhum capitulo, gostei bastante desse ^^

    Beliscões carinhosos da Máh ♥
    Cantinho da Máh
    @Maaria_Silvana

    ResponderExcluir
  4. A cada capítulo me prendo mais na história! Está emocionante!
    Ansiosa por mais um capítulo!
    Beijinhos
    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  5. Olá Diana! Olha eu ainda não li os outros capítulos, mas este aqui já me prendeu de cara. Então vou continuar acompanhando essa novela e ver no que ela dar.

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
  6. Estou ficando curiosa com esta novela. Cadê o início para eu poder começar logo?
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!