Entrevista com a autora Adriana Vargas - Modo Editora

Olá galera, tudo bem com vocês?
Hoje venho com uma entrevista bem legal com a autora Adriana Vargas, ela faz parte da Modo Editora, que é parceira aqui do blog.
Antes da entrevista, vamos conhecer um pouco sobre a autora?


Nascida em 27 de dezembro em Anápolis, Goiás, veio para Mato Grosso do sul ainda pequena. Começou a escrever desde que aprendeu a ler, pois seus pais compravam enciclopédias infantis ilustradas para incentivar seu gosto pela leitura, enquanto as crianças brincavam no quintal.
Imaginava histórias que nunca viveu e as passava para o papel. Esses escritos, porém, eram escondidos debaixo do colchão. Ao serem revelados, venceu o seu primeiro concurso literário aos oito anos de idade, representando seu estado em nível nacional, o que lhe deu a segunda colocação no Concurso Mirim, realizado em 1978. Aos treze anos escreveu seu primeiro romance.
No ano de 2000 entrou para a Academia de Direito pela Universidade UCDB, sendo uma das alunas mais aplicadas do curso. Apaixonada por leitura filosófica, procurava por obras de autores como Platão e Hanna Arendt. Encantou-se com os Iluministas e as histórias das antigas civilizações. Participou de projetos, como o incentivo às cooperativas.

Vamos a entrevista:

Olá Adriana Vargas, em primeiro lugar gostaria de te agradecer por participar dessa entrevista para o blog Minhas Escrituras. Estou muito feliz em realizá-la porque pesquisei alguns livros seus e alguns me chamaram bastante atenção.

ME: Como foi escrever seu primeiro livro? Você pode me dizer quantos anos tinha?

AV: Eu tinha 8 anos, e isso para mim era uma brincadeira, uma diversão de criança. Eu nem sabia o caminho que estava traçando.

ME: Como foi a sua busca para conseguir uma editora para a publicação de seu primeiro livro?

AV: Esmagadora como a de todos os escritores. Ninguém te ouvia no mundo literário naqueles tempos. Encontrar uma editora era encontrar uma mina de ouro.

ME: Sei que você é de Anápolis e que os seus pais te incentivavam a leitura comprando e te dando enciclopédias, você se recorda qual era a sensação de recebê-las?

AV: Curiosa. Eu olhava as figuras e isso me deixava animada para ler. Hoje preciso olhar figuras e imagens antes de escrever. Aprendi  assim.

ME: Como foi a sua chegada na  Modo Editora?

AV: Foi a Vontade de Deus. Ele quis que fosse assim, eu só obedeci.  Sei que muito pouco posso fazer pelos meus livros hoje, pois meu tempo é direcionado aos talentos anônimos, assim como fui um dia. Mas é uma opção que aprendi a respeitar.

ME: Como sei do seu amor pela leitura, cite, por favor,  dois livros nacionais que você mais gostou e dois internacionais.

AV: Nacionais: Carmela & Lorenzo, Rubens Conedera e O rosto que precede o sonho. Internacionais: Maurício Gomyde. Butterfly de  Kathryn Harvey e Reiniados de Teri Terry.

ME: Como é a sua visão sobre a nossa literatura brasileira? Uma vez  que ela está em constante crescimento e ainda pouco divulgada?

AV: Sofridas. Temos feridas nas lembranças, que ainda nos impede de aprofundar, de avançar, por medo de quebrar a cara. Na verdade, a culpa não é de ninguém. Os costumes fazem o meio e vivemos de repetições  e exemplos de ações o tempo todo, isso e chama sociedade. Os costumes são exatamente isso – uma cópia constante de manias, ações e moda, seja aqui, seja em qualquer lugar.

ME: Fale-nos brevemente sobre seu ultimo lançamento de livro e o que os leitores podem esperar dele?

AV: Lancei dois livros na Bienal – Vozes do Silêncio e O Túnel do tempo.  O primeiro, os leitores que gostam de revoluções na sociedade, magia, terror e romance, podem ler tranquilamente que saíram satisfeitos. O segundo, o leitor que curte temas polêmicos, como vida quase-morte, sintam-se a vontade em ler, lembrando que encontrarão uma forte dose de sensualismo, cenas hots e sobrenatural.

ME: Você tem um lugar especial onde gosta de escrever? Se tem qual e por quê?

AV: Na minha cama. Gosto que a escrita seja a última coisa que faço durante o dia.

ME: Quem é Adriana Vargas, nos conte um pouco sobre você e suas aspirações.

AV: Sou uma pessoa comum, talvez um pouco mais interiorizada que as demais; solitária por opção, vivo pelo meu trabalho, adoro ajudar as pessoas e estou na busca da felicidade.

ME: O que você diria para um escritor que está na busca de publicar o seu livro, o que ele pode esperar.

AV: Não espere nada de ninguém! Se você não correr atrás de seu sonho, do céu não cairá. Foi-se o tempo de uma editora trazer tudo na boca do autor. A era mudou, se você não acompanhar o ritmo, ficará para trás.

Aqui estão alguns lançamentos da autora:

Obs: Gostaria que se atentassem às estrelas dadas pelas resenhistas aos livros expostos no SKOOB, e não não às estrelas dadas por pessoas que não leram a obra, mas que infelizmente tentam negativar seu livro, valendo-se da antiliteratura para denegrirem a imagem do autor, atrasando a ascensão literária no País ao invés de fazerem algo por ela. Somente algo poderoso poderia libertá-la... Seu destino era a morte para salvar o mundo da terceira guerra mundial, fruto de uma maldição que comandava toda a Espanha. Década de 60 - rock in roll, revoluções e um amor impossível – Analy se apaixona por Vidal, militante rebelde, meio às crises políticas que assolavam a Espanha durante a ditadura dieguista, porém, ela não esperava que sua família guardasse um segredo tão maligno, capaz de separá-la definitivamente de seu grande amor. Consequências de um passado tenebroso, vinganças sombrias, vozes, visões e uma maldição cigana – estão por todos os lados, do começo ao fim. O mais forte vencerá num cenário de lutas, sangue, perdas, mistérios e o sobrenatural.



Obs: Gostaria que se atentassem às estrelas dadas pelas resenhistas aos livros expostos no SKOOB, e não não às estrelas dadas por pessoas que não leram a obra, mas que infelizmente tentam negativar seu livro, valendo-se da antiliteratura para denegrirem a imagem do autor, atrasando a ascensão literária no País ao invés de fazerem algo por ela. Sinopse - Para reencontrar seu grande amor, Klaus, Clarice deveria antes, apaixonar-se por Enzo, um francês incomum que lia pensamentos e conversava com seres invisíveis. Tudo acontece entre a paixão sórdida por Enzo em 2012, e o amor torrencial por Klaus, nos anos loucos glamourosos de 1920. Um romance sedutor com foco no sobrenatural, que viaja pelo tempo, deixando marcas profundas em quem se permitir ser conduzido para dentro da trama.





Adriana, muito obrigada por receber a entrevista, acredito que os leitores poderão te conhecer melhor e eu também, pois assim que me deram a listagem dos autores, minha opção foi primeiro você, porque adorei alguns livros seus pela sinopse... e alguns foram para a minha listinha interminável. Muito sucesso para você e espero que possamos nos conhecer mais. Xero!!!

 E ai galera o que acharam??? Deixem seus comentários... Xero no coração!!!

top photo participedotopcomentarista1.png

34 comentários

  1. Oie:)
    Adorei a entrevista*-*
    Amei as sinopses dos livros. Fiquei super curiosa em saber mais da história.

    Beijoss
    http://cupcakedeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu quero esses dois livros demais rsrsrsr xero!!!!

      Excluir
  2. Muito legal quando ela afirma que não divulga muito os próprios livros , pois está sempre ajudando os anônimos. E Isso é bem verdade. Parabéns Adriana. Sucesso sempre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso me chamou muito atenção também... Achei um máximo isso que ela faz... Xero!!!

      Excluir
  3. Oi Diana,
    Gostei das suas perguntas bem elaboradas. As respostas da Adri nos fazem conhecer sempre um pouco mais sobre ela. Adorei ter a oportunidade de ler....\o/...desejo sucesso a Adri que está sempre na batalha e ao blog....beijokas elis!!!

    http://amagiareal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah muito obrigada Elisandra... Fico feliz por ter gostado... eu também adorei as respostas dela... Foram bem precisas e diretas... adoro isso... Xero!

      Excluir
  4. Acho sempre demais conhecer sobre os autores e os livros!! Parabéns pela entrevista!!

    ResponderExcluir
  5. Não conhecia a autora, mas adorei saber mais sobre ela e o que ela pensa. A entrevista está bem legal também, super dinâmica, e as perguntas pertinentes.
    Desejo sucesso à autora!
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é demais... já gostei dela pelas respostas diretas que ela respondeu... Xero!!

      Excluir
  6. Olá! Adorei a entrevista, conhecer um pouco mais a Adriana só me fez admira-la ainda mais. Sucesso para as duas.

    ResponderExcluir
  7. Boa parte dos autores nacionais de nome hj devem muito a Adriana ♥ É nossa diva

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh super legal esse reconhecimento... Acho isso muito lindo... só mostra o quanto a Adriana é especial para os autores brasileiros e por nós leitores... :)

      Excluir
  8. Muito legal a entrevista, juro que não conhecia a Dri tão bem assim ...
    Parabéns pelo blog que eu já adorei e estou seguindo :D
    Beijinhoss
    T.P
    http://www.4youbooksmania.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhhh muito obrigada linda... correndo lá para conhecer o seu... Xero!!

      Excluir
  9. Olá, adorei a entrevista com a Dri, confesso que não conhecia tanto dela assim (rsrs), aprecio o trabalho dessa excelente autora já faz algum tempo, mesmo que não tenha lido muitos livros dela....
    Adorei o blog e já estou seguindo *-*
    Beijinhoss
    T.P
    http://www.4youbooksmania.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Eu não conhecia a obra da autora, mas gostei das capas dos livro e curti muito a entrevista.
    Eu sempre fico animada quando leio entrevista de autores nacionais.
    beijos
    http://www.letrasdanana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. AMEI,simplesmente amei a entrevista.Nossa a Adriana é uma excelente escritora,ainda não tive o tempo para ler,mas estou contando os dias,ou melhor, devorando alguns livros para poder ler os delas.Hahahahahaha
    Realmente ser escritor não é fácil,mas acredito que muitos autores e historias novas nacionais são tão boas quanta as estrangeiras.E acredito também que nosso País ira mudar.
    Como disse amei a entrevista!

    Beijokas Ana Zuky

    Blog Sangue com Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai que bom flor que gostou, eu também gostei muito... as respostas da Adriana foram diretas e intensas, gostei muito... Xero!!!!

      Excluir
  12. A Adriana é uma escritora bem versátil, hein, Dih. Adorei a entrevista, as respostas e com certeza algumas dicas guardarei comigo... para quando eu escrever meu romance, sabe. :3

    Xero! :D

    Uma dose de palavras.
    http://uma-dose-de-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Nossa escreveu o primeiro livro com 8 anos! Ela devia ter um talento nato! Eu não conhecia a obra da autora, mas já me deixou curiosa pra conhecer um pouco mais. Gostei da capa dos livros e das sinopses, vou arrumar um tempinho pra ler! ((:
    Adorei a entrevista, como eu disse em uma outra entrevista de um outro blog, acho que deixa os leitores mais próximos dos gênios por trás dos livros que amamos!
    Beijos (:

    ResponderExcluir
  14. Nossa,e la começou nova hein? 8 anos! Meu Deus hehe. Muito simpatica ela, a capa dee O tunel do tempo é maravilhosa, to babando aqui...

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ela é mesmo flor.... super simpática e atenciosa...xero!!!!

      Excluir
  15. Adorei a entrevista. A Adriana é uma simpática mesmo.
    É incrível, quando as pessoas tem o dom de escrever realmente começam cedo, a Adriana começou com 8 anos, isso é dom!
    Ah, ela tem toda razão quanto a literatura nacional aqui no brasil.

    ResponderExcluir
  16. Oi Dih,
    Que entrevista legal! Adorei conhecer mais da Adriana (minha xará é mega talentosa!) Penso que é o nome que traz tanto talento!! hahahaha :P

    Acho as premissas dos livros dela, incriveis e morro de vontade de ler! Quem sabe um dia não tenho a oportunidade?!

    Jurava que já havia comentado nessa entrevista!! rs

    Abraços
    Adriano || GeraçãoLeitura.com
    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Adoro conhecer sempre mais sobre os autores. Apesar de não ter lido nada dela, mas fiquei curiosa. Se eu morasse no Rio eu com certeza iria para o lançamento dos seus dois livros.
    Beeijinhos!

    ResponderExcluir
  18. Own^^ Adoro essas entrevistas, é com elas que passamos a conhecer nossos talentosos autores nacionais. É muito gratificante ver o talento deles e sua trajetória. Parabéns Dih!

    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Adriana é mega simpática mesmo, já li um livro dela. Gostei bastante =D
    Quero ler outros dela, quando surgir uma oportunidade irei comprar, com certeza.
    Sucesso sempre para ela.

    ResponderExcluir
  20. Para quem conhece a Adriana, sabe como ela é direta em suas respostas. Gostei bastante da entrevista.
    Parabéns!
    Já li todos os livros dela, são bons!

    Beijinhos

    As Leituras da Mila

    ResponderExcluir
  21. Ainda não conhecia a escritora, nem suas obras, mas é bem interessante saber pelo que um escritor tem que passar para conseguir publicar seus livros e conseguir chegar onde está. Não é fácil, mas nem por isso eles desistem ou desanimam.
    Imagina o quanto seria ruim se muito dos nossos escritores favoritos desanimassem ao receber o primeiro "não" de uma editora? Imagina quantos livros bons deixaríamos de ler.

    ResponderExcluir

Bem vindo ao blog Minhas Escrituras...
Fique a vontade para comentar aqui a sua opinião pessoal, sempre com respeito é claro!!! ;)
Você pode deixar o link de seu blog, que faço a retribuição com o maior prazer, mas não retribuo em postagens de promoção, ou seja, não comento.
Mensagem pra pedir que siga o blog, são automaticamente deletadas. Comenta no blog e deixa o link,farei uma visita no seu ok.
Quero agradecer a vocês que passam por aqui e deixam suas marquinhas, isso é muito importante... sintam-se a vontade...
Xero!