Parceria Nacional - Sergio Mattos

Olá, tudo bem com vocês?

Hoje venho anunciar mais uma parceria fechada, dessa vez com o autor Sergio Mattos.

Recentemente eu fiz uma resenha de umas das obras do autor, do conto Uma Noite de Insônia, e o blog  foi um dos selecionados para entrar no time de parceiros do autor.

Sem mais delongas, vamos conhecer mais sobre o autor, e sobre seu ultimo lançamento na Amazon.


Sergio Mattos. É autor de histórias de horror e suspense. Dentre seus trabalhos, estão os contos de suspense e horror, publicados em inúmeras antologias, como Noah, Et's não existem só na televisão (lançados pela editora Illuminare), O Horóscopo (lançado na antologia zodíaco), O vampiro do Leblon (lançamento em 2018 pela editora coerência), A morte não se atrasa (lançamento em 2018 na antologia, 31 contos assombrados, da editora Rouxinol). O corpo que fala (Editora Illuminare). Uma noite de insônia, será relançado em Contos Policialescos da editora Anansi Books. Além de outras plataformas como a Amazon com o conto O dia em que Gordon se foi e O Abismo,  primeiro romance lançado na Amazon.

E aproveitando que o gancho, segue a sinopse do ultimo lançamento do autor.

Até onde você é capaz de ir por vingança?
James Collins, foi o fenômeno da literatura americana, seu rosto estampava jornais e revistas, após se tornar um Best Seller mundial, mas dessa vez terá seu rosto estampado nos jornais, não devido a um novo livro e sim por uma tragédia que o fará seguir por um caminho de auto destruição em busca de vingança. "Quando perceber não será você a se alimentar de vingança, mas ela a se alimentar de você. "
Espero que gostem e até a próxima!

Resenha #502 - A Garota dos Pesadelos - Kendare Blake


Título: A Garota dos Pesadelos #2
Autor(a): Kendare Blake
Editora: Verus
Páginas: 266
Nota: 2/5
Gostaria que ela não tivesse feito isso. Há uma sensação instantânea  de estarmos sendo observados, como se a luz tivesse acabado de revelar todos os nossos segredos.
Olá pessoas, tudo bem?

Desde que li Anna Vestida de Sangue, primeiro livro desta duologia, fiquei ansiosa para saber o desfecho, mas a leitura deste livro, foram páginas e mais páginas de frustração e uma leitura bem arrastada. 

Para quem  leu o primeiro livro, que no final deixou algumas pontas soltas, como gancho para esta continuação e gostou, nesta sequência, Cas vem com alguns pesadelos após os últimos acontecimentos  e sempre com Anna, ele acredita que ela precisa de ajuda, como se ela não estivesse em paz.

Cas é um caçador de fantasmas, e eu amei conhecê-lo no primeiro livro e toda a sua narrativa em primeira pessoa, mas neste livro, foi excruciante acompanhar seus pensamentos egoístas. Sério, pensa em um personagem que caiu muito no meu conceito e que me irritou demais. 

É compreensível tentar entender seus lamentos e suas crenças, mas transformar toda a história, por conta de seu egocentrismo, foi demais pra mim.

O que Kendare acertou no primeiro livro, pecou neste segundo. Foi um muro de lamentação, e não sei porque não desisti, mas várias vezes me deu esta vontade durante a leitura, acredito que fui vencida pela minha curiosidade, mesmo que a leitura tenha se arrastado por quase dois meses. Fiquei lendo outras coisas, quando esta me deixava desanimada.

Bom essa é a minha opinião pessoal, quanto a leitura, sempre aconselho que o leitor leia para que tire a sua própria conclusão, o que não foi bom pra mim em determinado momento, pode ser para você.

Claro que o livro tem seus pontos fortes e as partes finais até que compensaram um pouco a frustração de toda a leitura. Mostrou que amigos que são amigos estão com você independente do que te aconteça, até em seus momentos de extremo egoísmo. 

Os amigos de Cas, são leais e lutaram com ele em todo os momentos do livro, mesmo quando ele não merecia que eles estivessem lá para ele. Isso suavizou um pouco toda a trama, que se encerrou fechadinho e até que eu gostei de como ficou.


A diagramação da Verus está simples, mas bem feita. Eu gosto da capa, ela representa bem o que esperar da história. Infelizmente a história não funcionou tanto pra mim e minha frustração, foi exatamente essa, altas expectativas, por conta do primeiro livro e caí na maldição do segundo. Faz parte rs.
Parece impossível que alguém possa querer passar seus últimos momentos neste lugar , e eu me pergunto se o bosque os atrai para dentro  com falsas brisas e luz solar, vestindo uma máscara de paz, se é todo um amaldiçoado sistema de raízes e galhos caçando as pessoas como uma aranha. 
Um xero!!

Dia de Quotes #15 - O Vale dos Mortos - Rodrigo de Oliveira



Olá meus amores, tudo bem com vocês?

Como estou lendo o segundo do livro da saga As Crônicas dos Mortos, resolvi trazer quotes do primeiro livro - O Vale dos Mortos.

Relembrando como tudo começou, após a visita do planeta Absinto, no dia 14/07/2018, o planeta Terra mudou, pessoas desmaiaram e acordaram transformadas em mortos vivos. Ivan e Estela, um casal com dois filhos se deparam com pessoas enlouquecidas atacando uns aos outros e precisam se salvar e salvar seus filhos. E a força que esse casal possui, meus amigos, é admirável.

Vamos para os quotes

"Foi quando, sem nenhum aviso, o espetáculo mais bizarro da Terra teve inicio. Centenas de pessoas caíram estateladas no chão, quase simultaneamente. Homens, mulheres, crianças, idosos, seguranças do shopping, faxineiras, lojistas, balconistas das lanchonetes. Algo em torno de oitenta, talvez noventa por cento dos presentes foram acometidos por um mal repentino."

"Lentamente, pessoas das mais variadas idades, cores e classes sociais despertaram daquele transe macabro. Mas, daquele momento em diante, tudo o que elas eram, conheciam, amaram e odiaram ao longo de suas vidas estava perdido para sempre."

"Quando Lula a agarrou pelos cabelos e mordeu sua jugular com violência, a presidente gritou de agonia, sem que ninguém aparecesse para ajudá-la."

"Por sua mulher, por seus filhos, pela sua própria vida, ele tinha que derrubar aquele demônio."

"-Eu te amo ... - falou Estela, com o rosto colado ao de Ivan.
-Eu também te amo. Vamos sair daqui.
Em seguida, eles saíram para o meio da praça, cada um puxando uma criança com uma das mãos e empunhando uma arma com a outra.
A sorte estava lançada."

"-Não tenho medo de lutar contra mil feras. Tenho medo mesmo é de pensar no que vai acontecer com os que eu amo se eu não tentar. E por mim, o reinado dessas criaturas começa a desabar a partir de agora."

Espero que gostem e até a próxima.

Livros lidos até a página 100 #38 - Krystallo - Jornadas para além das fronteiras




*Primeira frase da página 100:

Tomé não passou muito tempo na vila de Stae. O resto do Esquadrão Delta, já estava esperando junto com o carregamento.

*Do que se trata o livro?

Dois países estão em guerra há mais de 100 anos, Tomé é morador de Econ e Gray moradora de Ópus. Porém ambos são raptados e levados para fora de seus países e começam a descobrir muitos segredos escondidos por detrás desta guerra.

*O que está achando até agora??

O livro é bastante interessante, na realidade eu já passei bem mais da página 100, mas como ando lerda para ler fantasias, resolvi trazer um pouco sobre a leitura, enquanto não a finalizo.

*O que está achando da protagonista?

Os protagonistas são bem jovens e ainda estão tentando entender a sua real importância dentro das mudanças históricas que estão acontecendo. Os capitulos são intercalados e minha favorita é a Gray.

*Vai continuar lendo?

Com certeza.

*Melhor quote até agora:

Fala como se nós fôssemos melhores só por termos nascido aqui. Tratar diferente só por conta do pais de nascimento é descriminar. É segregar.

*Última frase da página:

Novas instruções em breve.

Espero que gostem e até a próxima!!

Resenha #501 - A Conquista - Elle Kennedy


Título: A Conquista
Autor(a): Elle Kennedy
Editora: Paralela
Páginas: 336
Nota: 4/5
Classificação +18
Resenhas: O Acordo | O Erro | O Jogo
Tá bom, esnobe. Reservada é só uma palavra bonita para esnobe. E, embora não goste muito da ideia de que meus colegas me achem uma bruxa, não tem muito o que eu possa fazer sobre isso. Não tenho tempo nem energia  para conversa fiada, nem para tomar um café depois da aula ou fingir  que tenho alguma coisa em comum com os jovens ricos e elitistas que compõem a maior parte dos alunos desta faculdade.
Olá pessoas, tudo bem?

Hoje eu venho com a resenha de A Conquista, amo esta série de todo o meu coração. Elle conseguiu me conquistar desde O Acordo, então sempre quero ler algo dela. Pois ela tem uma ótima imaginação, para construir uma história forte, mesmo com o teor hot. Fica complicado não ficar viciada em sua escrita.

Para quem ficou curioso, tenho as resenhas dos três primeiros livros lá em cima nos links. Mesmo que a história seja independente, pode correr pequenos flashes de spoilers dos livros anteriores, no decorrer da história, nada que atrapalhe, mas eu aconselho a leitura em sequência. Esta resenha não contem spoilers dos livros anteriores.

Tucker era o mais centrado de todos os jogadores de Hóquei da faculdade Briar. Ele se destacava por ser o mais gentil, sensato e amável. John Tucker é bem diferente de seus amigos mulherengos, ele é um cara tranquilo e quer uma vida sossegada. Quer uma esposa e filhos Quer uma família para que ele possa cuidar. Quer um negócio próprio, um trabalho que ele se empenhe e goste do que faz. E eu gosto muito dele por tudo isso.

Sabrina, é uma mulher decidida. Ela é uma batalhadora e sobrevivente. Não tem muito tempo a perder com distrações. Com seus planos de futuro muito bem elaborados, ela estuda  e trabalha muito para entrar e Harvard, seu maior sonho. Esta idealização a tirará da vida ruim que leva. As dificuldades que passa e por tudo de ruim que já aconteceu em sua vida. Se formar nesta universidade abrirá as portas para uma vida melhor. Ela não tinha tempo a perder com relacionamentos e nem acreditava no amor.

Tucker a calmaria em pessoa, não sabia o turbilhão de sentimentos que iria enfrentar. Sabrina, a mulher interpretada como fria e antipática, não sabia que seus sentimentos iriam passar por vários testes.

Eles se encontram casualmente e quando menos percebem, o destino prepara algo inesperado para as suas vidas, fazendo com que eles se unam e desafiem vários obstáculos, será que estão preparados?

Eu curti muito está história. Fiquei completamente apaixonada pelo Tucker  e sei que não é apenas um personagem, pode existir homens assim em nossa vida real, são raros, mas existem. Ele é um encanto e tem um coração tão grande que me senti em paz em cada página que era narrada por ele. Sabrina também me ganhou. Ela passou por muitas dificuldades e isso a deixou com coragem para enfrentar qualquer obstáculo e lutar vorazmente pelos seus objetivos e sonhos. Por se manter focada no que quer, ela era considerada uma mulher fria e chata, um rótulo mais fácil de se jogar em alguém, que é fechado e tem objetivos bem claros sobre o que quer. 

As pessoas não estão acostumadas com pessoas assim, por isso fica mais fácil julgar e no decorrer das páginas fui conhecendo uma Sabrina, que tinha fortes objetivos, mas que era carente de afeto e  tinha produzido um escudo bem forte, para não cair na ilusão que o amor era para ela.

Ao entrar em sua vida, Tucker, trouxe algo que ela jamais imaginou sentir, pois amar era ser vulnerável. E para ele, amá-la era transformador. Se eu amei O Jogo, posso dizer que este livro também entrou para o meu coração. Nunca imaginei que pessoas tão diferentes pudessem se encontrar e transbordar e torcer para este casal preencheu o meu coração.


As vezes precisamos de alguém do nosso lado, não para nos completar, mas para nos transbordar.

Este livro fechou a série Amores Improváveis com chave de ouro.
Meu sol nasce e se põe no seu sorriso.
Meu coração bate porque o seu bate.
Um xero!

Prêmio Brasil Entre Palavras!! - 3º Edição 2018

A imagem pode conter: texto
Olá, pessoal! Mais um ano se passou e é com muita alegria que estamos caminhando para a terceira edição do Prêmio Brasil Entre Palavras.

Para quem ainda não conhece, o Prêmio Brasil Entre Palavras tem como objetivo premiar (de forma simbólica) através de votação popular os melhores livros/e-books nacionais lançados entre 01 de novembro de 2017 e 31 de outubro de 2018.

O Prêmio foi idealizado pelos blogs CuraLeitura e As 1001 Nuccias e este ano conta com o apoio dos blogs: Eu meus livros e você, Minhas Escrituras e Cantinho para Leitura.

E como funciona esse Prêmio?

É bem simples: a primeira fase é a de inscrição - que vai do dia 01 ao dia 30 de dezembro - e nela os autores poderão inscrever seus livros lançados dentro do período citado acima. Cada livro poderá participar de até duas categorias (gêneros literários). Por exemplo: o livro pode estar concorrendo na categoria #Drama e na categoria #Romance.

Leituras de Novembro!


Olá pessoas, tudo bem?

Hoje eu venho com as minhas leituras de Novembro. E estou passada com a quantidade de livros haha. No total 7 e tive meus momentos rs. 

Eu curti a história deste mês e Mia teve grandes descobertas em sua vida e acredito que vem mudanças no mês de setembro. 3/5

Uma grata surpresa ler este conto, a autora tem uma escrita poética e a história aquece o coração. 3/5

Fiquei impressionada com o enredo deste livro. É totalmente diferente das histórias que estamos acostumados a ler da Colleen por exemplo e eu não vejo a hora de ler o livro 2. 4/5

Meu livro favorito do ano, como eu amei demais a leitura dele, estou transbordando amor. É sério. 5/5 - Favorito!

Série fechada com chave de ouro, adorei a história de Sabrina e Tucker, recomendo demais. Não é somente um hot, temos toda uma história por trás em todos os livros. 4/5

Finalizei por esses dias e jurava que iria gostar da história, mas foi mediana. Foi melhorar lá pelos momentos finais. E breve teremos resenha. 3/5

Uma história que li sem muitas pretensões, até porque não conheço a autora, mas gostei. Outra história de amor para coleção. Em breve resenha também. 3/5

Estas foram as minhas leituras, já leram algum destes ou pretendem ler?

Um xero!